quinta-feira, 4 de março de 2021

Igreja é multada em R$ 373 mil por realizar culto durante lockdown, no Canadá

Uma igreja foi condenada a pagar C$ 83.000 (o equivalente a R$ 373.300) por realizar culto presencial durante as restrições de combate a Covid-19, no Canadá.

A reunião ocorreu no dia 24 de janeiro na Trinity Bible Chapel, em Waterloo, e violou o limite máximo de pessoas permitido, que é de 10 visitantes.

A sentença, emitida pelo Tribunal Superior de Justiça de Ontário, e determinou que Will Schuurman, pastor da igreja, pague C$ 5.000. Outro pastor da congregação deverá pagar C$ 4.000, e os demais líderes, C$ 3.000 cada. Já a própria instituição foi multada em C$ 15.000, além de C$ 45.000 pelas custas processuais.

A igreja admitiu ser culpada das acusações, mas disse que “Deus apareceu em poder, ofereceu esperança eterna às pessoas e salvou almas” naquele dia, em referência a sete pessoas batizadas e mais quatro que também solicitaram a cerimônia.

O tribunal, por sua vez, considerou que a igreja foi “desrespeitosa” em relação a autoridade judiciária. A Trinity Bible Chapel refutou, dizendo que respeita o tribunal como ordena a Bíblia em Romanos 13: 1, mas considera Deus como sua “Autoridade Suprema”, e acredita que era da vontade Dele que o culto fosse realizado.

A igreja criou uma página na plataforma de financiamento coletivo GoFundMe para aqueles que quiserem cooperar com o pagamento das multas.

Em dezembro do ano passado, as reuniões religiosas foram limitadas pelo governo canadense a, no máximo, 10 pessoas. Até a última segunda-feira (1°), o país registrava 871 mil casos, 819 mil recuperados e 22 mil mortes.

Fonte: Pleno News via Folha Gospel

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...