domingo, 25 de março de 2018

Pré-candidato a presidente, o evangélico Flávio Rocha diz defender “valores da família e da Bíblia”

Flávio Rocha era um nome desconhecido do público em geral até o final de 2017, mesmo já tendo sido deputado federal décadas atrás. O empresário de sucesso, no entanto, enxergou nas eleições de 2018 uma oportunidade de se apresentar ao público, e tentar concorrer ao Palácio do Planalto.
Flávio Gurgel Rocha (1958) é um empresário e político brasileiro, presidente das Lojas Riachuelo, terceira maior rede de moda do país, integrante do conselho do Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV) e vice-presidente de relações com investidores do Grupo Guararapes, empresa familiar que detém o controle da Midway Financeira, Confecções Guararapes Transportadora, Casa Verde e Shopping Midway Mall, maior shopping center do Rio Grande do Norte. Na carreira política, Rocha foi eleito por dois mandatos como deputado federal - o primeiro pelo PFL (atual DEM), transferindo-se na sequência para o PL; e o segundo via PRN pelo Rio Grande do Norte.
Para se tornar conhecido, Rocha criou o movimento Brasil 200, que reúne empresários com experiências e ideias para contribuir com o crescimento do país. O nome, intrigante, é uma referência aos 200 anos da independência do Brasil, que serão completados em 2022.
Casado com Anna Cláudia Klein Rocha desde 1990, com quem teve três filhos, o empresário anunciou que é pré-candidato à presidência da República, e despertou o furor de setores da extrema esquerda por defender um Estado que atue com o mínimo necessário, a fim de evitar a corrupção. Cerca de 800 ativistas do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) e da Marcha Mundial das Mulheres (MMM) invadiram uma de suas fábricas recentemente, no Rio Grande do Norte.
Sua esposa, Anna Cláudia, concedeu uma entrevista à revista Época e contou que ela e o marido são frequentadores da igreja Sara Nossa Terra desde 2003, e que apesar das contribuições feitas no âmbito da geração de emprego e receita para famílias carentes através do trabalho, eles enxergam que estão prontos para trabalhar pelo país de forma mais abrangente.
Motivado pela "vontade de reconstruir o Brasil", segundo sua esposa, Flávio Rocha estaria negociando a filiação partidária com duas legendas: o MDB, do presidente Michel Temer, e o PRB, ligado à Igreja Universal, de acordo com informações do jornalista Lauro Jardim, de O Globo.
Com informações Gospel+ e Wikipédia

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...