segunda-feira, 23 de julho de 2018

Muitos muçulmanos estão sonhando com Jesus e se convertendo, relata pastor

Milhões de muçulmanos estão se tornando cristãos nos países de predominância islâmica, relatou um pastor que abandonou a religião de Maomé e se entregou a Jesus anos atrás. Segundo ele, Deus tem falado com muitos muçulmanos através dos sonhos.
M El Masih atualmente vive nos Estados Unidos, onde lidera a Cry of The Persecuted Church ("O Choro da Igreja Perseguida", em tradução livre). Antes, ele já havia plantado centenas de igrejas no Paquistão e recebe relatos de que muitos muçulmanos estão se entregando a Jesus após terem sonhos ou testemunharem curas.
Em entrevista ao portal The Christian Post, Masih revelou que nasceu em uma família cristã, mas decidiu seguir o islamismo, e estudou sobre a religião no Paquistão, onde posteriormente se tornaria professor em uma escola secundária islâmica.
Ao longo da vida, Masih não se sentia em paz e tinha consigo um desespero constante. A ajuda recebida de cristãos e de um pastor, que o evangelizou, foram essenciais para que ele se voltasse a Jesus, em 1993.
Quando revelou que havia se tornado um cristão, Masih passou a enfrentar forte perseguição, passando a ser tratado como um cidadão inferior, situação bastante comum e imposta pela maioria muçulmana no Paquistão.

Boa Nova

No entanto, Masih disse que o Evangelho está atingindo muitas pessoas no mundo muçulmano, com aproximadamente seis milhões de muçulmanos entregando suas vidas a Jesus a cada ano. Segundo o pastor, esses dados são omitidos na grande mídia, que destaca apenas as altas taxas de natalidade das famílias muçulmanas e imigrantes.
As decisões de conversão têm acontecido, segundo o pastor, de formas inusitadas, pois muitos deles se entregam a Jesus sem que tenham sido alcançados por um pregador, por causa dos sonhos e visões com o próprio Filho de Deus.
Outros missionários relatam testemunhos similares sobre as conversões de muçulmanos ao Evangelho mundo afora, ao longo dos últimos anos. Nesse contexto, Masih publicou um livro contando o crescimento de seu ministério e o trabalho de plantar igrejas, vivenciando muitos casos de curas e milagres em nome de Jesus.
O pastor, porém, advertiu que a perseguição religiosa é uma realidade, com muitos cristãos se tornando mártires do Evangelho na mão do extremistas islâmicos. "Não é fácil compreender a dor que os cristãos passam em qualquer lugar em que vivam, como uma minoria em sua nação", concluiu.
Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...