quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Polícia identificou homem que teria sido contratado por pastor para matar nora - COMENTO

Caso Mirele: Matador contratado por pastor é identificado


A investigação do assassinato da jovem Mirele Peixoto Souza Teodoro, de 22 anos, teve um novo desdobramento, e a Polícia Civil acredita ter identificado o autor dos disparos. Ela era nora do pastor Adir Neto Teodoro, que é suspeito de ter encomendado o crime.
Os policiais já apreenderam o carro usado no dia em que a jovem foi assassinada, e estão no encalço do executor, que seria ligado à mesma igreja que o pastor Adir liderava (Assembleia de Deus Ministério do Belém, também conhecida como AD Belenzinho) e teria envolvimento com o crime organizado.
De acordo com informações do telejornal Brasil Urgente, da Band, o delegado Rubens José Ângelo aguarda apenas detalhes para solicitar o mandado de prisão à Justiça. "Nós já o identificamos. Agora, o próximo passo da investigação é analisar o conjunto probatório, que tem em desfavor dele, pedir sua prisão temporária e prendê-lo", declarou o titular do Setor de Homicídios de Mogi das Cruzes.

O crime

Adir Neto Teodoro, que também é advogado, foi preso por supostamente ter ordenado a morte da jovem após os investigadores descobrirem seu envolvimento no crime através de imagens gravadas por câmeras de segurança. Ele foi visto com Mirele antes de seu desaparecimento em um posto de combustíveis.
O delegado Ângelo explicou que o pastor levou a vítima ao encontro do carrasco. Mirele morava em Vila Bancária, em São Paulo, e antes de seu desaparecimento tinha saído de casa para uma entrevista de emprego. Ela era casada com o filho do pastor, mas estavam separados de maneira informal há seis meses
Após o desaparecimento ter sido informado à Polícia, buscas foram iniciadas e seu corpo foi achado com um ferimento a bala na nuca, em uma área de mata à beira da Estrada do Taboão, em Mogi das Cruzes, no dia 15 de janeiro. Mirele foi identificada por meio de exame de impressões digitais.
"O pastor é um sujeito doutor em filosofia, formado em direito. Ele é um palestrante conhecido no universo evangélico, fazendo palestras sobre como se deve proceder para se chegar ao céu ou à vida eterna, de forma pacífica. Enfim, isso chamou atenção porque trata-se de um lobo em pele do mais absoluto cordeiro", comentou o delegado seccional Jair Barbosa Ortiz.
Fonte: Gospel+



MEU COMENTÁRIO:

Episódio lamentável, porém, são máscaras caindo, uma vergonha para o evangelho, mas é Deus promovendo juízo a partir da Sua Casa.

Em que pese, por enquanto o acusado seja um suspeito, as evidências são inequívocas, a partir das imagens que o comprometem e suas próprias palavras praticamente uma confissão de ser o mandante do crime.

O certo é que nada fica encoberto aos olhos de Deus e no tempo certo aos olhos dos homens também.

"Por isso os ímpios não sobreviverão ao Julgamento, nem os pecadores na congregação dos justos." - Salmos 1: 15

"Pois chegou a hora de começar o julgamento pela casa de Deus; e, se começa primeiro conosco, qual será o fim daqueles que não obedecem ao Evangelho de Deus?" I Pedro 4: 17

Um comentário:

PB. João Eduardo Silva disse...

Esse fato é uma vergonha para o evangelho, e especialmente para o ministério do Belém.
É sabido que o referido ministério é legalista, e tem como santidade os "usos e costumes", ou seja, coam o mosquito e engolem o camelo!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...