sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

[CGADB - Eleições 2017] - Pr. Natanael Feliciano apóia Equipe CGADB PARA TODOS


ASSISTA AQUI



Pr. NATANAEL FELICIANO ALVES, Bacharel em Direito, Diretor e Apresentador de TV, ex vice presidente da AD Ministério de Santos, da Rede Alpha de Comunicação, ex-Diretor da Rádio Cacique de Santos - AM 1510, atual Pastor Presidente da Assembleia de Deus Ministério do Calvário em São José do Rio Preto e Terceiro Secretário da COMADESPE - Convenção dos Ministros das Assembleias de Deus no Estado de São Paulo e Outros, em comum acordo comeus companheiros de Diretoria, DECLARA seu apoio ao Pr. Carlos Roberto Silva, como Quarto Secretário nas Eleições da CGADB em 2017, bem como ao Pastor Samuel Câmara e todos os candidatos da Equipe CGADB PARA TODOS.

Ciência comprova o dia e a hora que “o sol parou”, como diz a Bíblia

Os pesquisadores afirmam ter identificado a data exata que "o sol parou" - 30 de outubro de 1207 antes de Cristo. A descoberta é mais uma comprovação que dá autoridade histórica ao texto bíblico


Já passou a época em que se acreditava que a fé e a ciência não podiam caminhar juntas. Esse equívoco ultrapassado começou a ganhar cada vez mais força, conforme a tecnologia humana foi avançando e descobertas que até então esperava-se banir as religiões, serviram mesmo para fundamentar e dar ainda mais autoridade ao que a Bíblia, por exemplo, afirma há milhares de anos. Dessa vez, três cientistas israelenses descobriram que o relato bíblico de que “o sol parou”, de fato, aconteceu.
Com base em nados obtidos da NASA, cientistas da Universidade Ben-Gurion do Neguev, em Berbesá, Israel, descobriram não apenas que o relato bíblico descrito em Josué 10:12-14 realmente aconteceu, como também o dia e a hora exatos do fenômeno.
Veja o trecho bíblico:
No dia em que o Senhor entregou os amorreus aos israelitas, Josué exclamou ao Senhor, na presença de Israel: ‘Sol, pare sobre Gibeom! E você, ó Lua, sobre o vale de Aijalom!’ O Sol parou, e a Lua se deteve, até a nação vingar-se dos seus inimigos, como está escrito no Livro de Jasar. O Sol parou no meio do céu e por quase um dia inteiro não se pôs”. 
A equipe de cientistas, chefiada por pelo Dr. Hezi Yitzhak, afirmou que o acontecimento se trata de um eclipse, e ele aconteceu exatamente em 30 de outubro de 1207 antes de Cristo, às 16:28 horas da tarde. Com base nos dados obtidos, eles descobriram que apenas um eclipse aconteceu entre os anos 1500 e 1000 a.C, o que coincide com a chegada dos israelitas no local onde ocorreu a batalhe descrita na bíblia.

Se o sol parou, não deveria haver luz?

Um pequeno detalhe na tradução do texto bíblico tem confundido os leitores, o que rendeu algumas dúvidas e críticas sobre a descoberta, já que no eclipse a lua bloqueia a luz do sol, trata-se do termo “o sol parou”, ou “se deteve” (depende da tradução). Segundo os cientistas, no texto original a palavra equivalente seria “dowm”, cujo sentido correto é “tornar-se escuro”.
Ou seja, segundo o estudo publicado em uma edição da Beit MikraRevista para o Estudo da Bíblia e seu Mundo, o relato bíblico não se refere a um dia iluminado, mas sim escuro. Se essa compreensão for a correta, significa então que os israelitas venceram a batalha favorecidos pela escuridão e não pela claridade do sol.
Fonte: Gospel+

Brasil reforça relações com Israel e reconhece novo embaixador


Em nota oficial, o Itamaraty informou que Yossi Shelley será o embaixador de israelense no Brasil e alegou ter `satisfação´ em poder transmitir o comunicado

Na manhã da última terça-feira (17), o Itamaraty (Ministério das Relações Exteriores no Brasil) comunicou a concessão do agrément - autorização oficial para atividades - à embaixada de Israel em território brasileiro.
Em nota oficial, o Itamaraty informou que Yossi Shelley será o embaixador de israelense no Brasil e alegou ter "satisfação" em poder transmitir o comunicado.
"O governo brasileiro tem a satisfação de informar que concedeu agrément ao senhor Yossi Shelley como embaixador extraordinário e plenipotenciário de Israel no Brasil. Brasil e Israel estabeleceram relações diplomáticas em 1949", informou a nota oficial.
O comunicado veio poucos dias depois de o Brasil conseguir a mesma autorização em Israel, com a nomeação de Paulo César Meira de Vasconcellos como embaixador extraordinário e plenipotenciário do Brasil naquele país.
Relações diplomáticas reforçadas
Os recentes acontecimentos envolvendo as embaixadas do Brasil e de Israel nos territórios de ambos os países vem marcando um grande passo para o reforço de seus laços diplomáticos.
Esta relação já correu sérios riscos, após decisões controversas por parte do governo brasileiro, durante a gestão de Dilma Rousseff, que recusou a indicação de Dani Dayan como embaixador de Israel no Brasil em setembro de 2015.
Outro fato que também colocou em risco a relação diplomática entre o Brasil e Israel foi o seu voto favorável a uma resolução apresentada na ONU, para negar a conexão entre judeus e locais considerados sagrados, em Jerusalém, como o Monte do Templo e o Muro das Lamentações.
O comunicado de reconhecimento do novo embaixador de Israel no Brasil está também no site oficial do Itamaraty
Fonte: CPAD News

TEORI ZAVASCKI - Brasil perde Ministro do STF relator da Lava jato e investiga acidente aéreo



O Brasil perdeu ontem, 19.01.2017 - Quinta-feira, Teori Zavascki , Ministro do STF - Supremo Tribunal Federal e Relator Lava Jato, operação qe investiga o maior caso de corrupção do país, envolvendo os principais empresários e autoridades políticas e governamentais da nação.

O acidente aéreo que vitimou fatalmente, alem do ministro, um grande empresário da rede hoteleira, sua massoterapeuta e mãe, alem do piloto da aeronave, um competente profissional da aviação civil com 30 anos de experiência, respeitado por todos seus colegas de profissão, e que atuava na mesma rota e aeroporto pelo mesmo tempo.

A surpresa e comoção tomaram conta da nação desde ontem, que vive agora as expectativas, tanto das investigações, como dos destinos da relatoria da operação Lava jato no STF, uma atribuição de competência da Ministra Carmem Lúcia, Presidente da Suprema Corte, bem como do seu substituto a ser indicado pelo interino Presidente da República, Michel Temer.

O "suspeito" acidente que ceifou a vida de um dos juristas mais competentes e respeitados da nação, elogiado por toda a classe jurídica, chama atenção, acima de tudo, pela responsabilidade da qual estava imbuído Teori Zavascki.

Oremos pelas autoridades que investigam o caso, pela Presidente do STF, Ministra Carmem Lúcia, a qual determinará o destino da relatoria que estava sob a responsabilidade de Zavascki, bem como por Michel Temer, Presidente da República aquem cabe indicar o sucessor do ministro que morreu.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...