domingo, 24 de setembro de 2017

Netflix compra direitos de exibição de filme de Edir Macedo



Depois de três meses no cinema, filme da vida do Bispo Edir Macedo será disponibilizado na Netflix

O filme Nada a Perder, cujo lançamento nos cinemas está previsto para o primeiro trimestre de 2018 teve seus direitos de exibição comprados pela Netflix. A obra contará a biografia do líder Edir Macedo.
A negociação envolveu a participação direta de Douglas Tavolaro, vice-presidente de jornalismo da Record TV, durante uma viagem feita a cidade norte-americana de Los Angeles.
O jornalista Flávio Ricco, da UOL, afirma que não há números oficialmente divulgados acerca da negociação, mas que supostamente é o valor mais alto pago pelo Netflix em uma produção que não é de língua inglesa.
Depois de três meses que o filme for lançado nos cinemas nacionais e internacionais, a produção audiovisual estará disponível no catálogo da Netflix, sob uma licença de cinco anos. Os planos de distribuição estarão válidos em diferentes países do mundo em que o serviço é ativo.

Produção


A obra, que já possui continuação confirmada para o ano de 2019, se baseia nos três livros da série Nada a Perder, best-sellers de Edir escritos por Douglas Tavolaro. Ao contrário dos três livros, a abrangência dos filmes é mais modesta e as obras serão condensadas em duas produções audiovisuais.
Petrônio Gontijo, que também participou em Os Dez Mandamentos, interpreta Edir Macedo em idade adulta e será, assim, o protagonista da trama do líder da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd). A versão mirim será de responsabilidade do ator Enzo Barone.
Além de Petrônio, o elenco envolve nomes como Dalton Vigh (Pérola Negra, O Clone), André Gonçalves (Alma Gêmea, Caminho das Índias), Eduardo Galvão (Malhação, Paraíso Tropical), Beth Goulart (Vidas em Jogo, A Terra Prometida), além de mais 130 atores.
A produção é uma parceria entre a Record e a Paris Filmes e conta com um recorde histórico no cinema nacional antes mesmo de sua estreia. Cerca de 80 países, até agosto deste ano, fecharam acordo de exibição e distribuição.
Fonte: Gospel Prime

sábado, 23 de setembro de 2017

Padre proíbe decote, saia curta e uso de celulares durante a missa e revolta fiéis

As recomendações têm dividido a opinião de católicos e moradores da região

A missa na Paróquia Nossa Senhora da Glória, no bairro Eldorado, em Contagem, na região metropolitana da capital, começa pontualmente às 19h. No entanto, logo durante a leitura com as intenções da celebração – antes mesmo da entrada do padre, dos ministros da eucaristia e de coroinhas – surge o primeiro aviso: um pedido para que todos desliguem os celulares.
As restrições não param por aí. Um cartaz afixado na porta da igreja desde o ano passado pede para que mulheres evitem usar decotes, minissaias e vestidos curtos quando forem às celebrações. Além disso, ele solicita que as pessoas não fumem nos arredores da igreja. As recomendações têm dividido a opinião de católicos e moradores da região.
Um segundo cartaz ainda informa: "não temos banheiro público". De acordo com o sacerdote, essa foi uma maneira de dar orientações básicas às pessoas. "Em qualquer lugar público, tem que colocar algumas normas para as pessoas que vêm despreparadas. Depois que melhoraram a praça (da Glória), vem gente de todo tipo aqui, e com a roupa que está. Isso assusta quem está na missa", disse o padre."A gente cobra, porque se não cobrar, as pessoas esquecem. Assim, como um pai educa o seu filho", justifica o padre Gustavo Nascimento, 67, que teve a ideia de fazer o cartaz para recomendar o que acredita ser uma conduta mais adequada para os frequentadores da paróquia, onde trabalha há 38 anos.
Recentemente, cerca de 20 pessoas assistiram à missa na paróquia. Três delas desobedeceram a recomendação, já que seus telefones tocaram durante a cerimônia religiosa. Uma das pessoas chegou a atender e sair da igreja falando ao telefone. O padre, por sua vez, manteve-se inerte sentado em frente ao altar, com os braços cruzados. Muitos se sentiram incomodados, mas disfarçaram.
O estudante Ramon Fernandes Viana, 18, era um dos presentes. Foi a primeira vez que ele participou de uma celebração na igreja do bairro Eldorado. Viana concordou com a necessidade das recomendações. "Não sei se as pessoas entendem a importância de seguir essas regras (do cartaz), já que o que mais tem é telefone tocando durante as missas", afirmou.
Um segundo aviso ainda é dado pouco antes do momento da comunhão – quando a hóstia é distribuída aos fiéis. Todos foram orientados a só comungar se estivessem com "veste digna".
"O padre é muito conservador. Se tiver de decote, ele não dá a hóstia sagrada", disse a dona de casa Raimilda Medeiros, 60.

Arquidiocese

Autonomia. A assessoria da Arquidiocese de Belo Horizonte informou que a orientação da Igreja Católica aos párocos é de que tomem decisões levando em conta o bom senso e os valores cristãos.

(FilhosdeDeus) via Gospel Geral

Por que esfriou tanto o fervor missionário no Brasil?

Por que esfriou tanto o fervor missionário no Brasil?

Tema da edição abaixo do Programa VEJAM SÓ, transmitido pela RIT TV

ASSISTA AQUI


Meio milhão de pessoas se reúnem nas ruas da Ucrânia para louvar a Deus



Cerca de 500 mil evangélicos se reuniram na praça central de Kiev para celebrar os 500 anos da Reforma Protestante.


Enquanto a Ucrânia continua em conflito com a Rússia, os cristãos do país têm se movido para estabelecer a paz. No último domingo (17), cerca de 500 mil evangélicos se reuniram na praça central de Kiev para celebrar os 500 anos da Reforma Protestante e louvar a Deus.

"Muitos viajaram de outras províncias apenas para fazer parte dessa celebração, agradecer a Deus pela liberdade de pregar o Evangelho em seu país e celebrar a fidelidade de Deus", disse Sergey Rakhuba, da organização Mission Eurasia.

A celebração aconteceu após uma ordem ser assinada pelo presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, para celebrar os 500 da Reforma Protestante.

Sergey observou que embora meio milhão de pessoas tenham ido para as ruas, o fato não foi noticiado pela imprensa internacional. "Poucos gostam de reconhecer que o movimento evangélico está dando um passo poderoso. A Igreja Evangélica está crescendo nessa nação, mas a mídia não relata nada".

Ainda assim, a Mission Eurasia celebra com a Igreja Ucraniana e incentiva os cristãos em todo o mundo a apoiá-los em oração, para que eles saibam que não estão sozinhos e podem contar com o Corpo de Cristo.

Igreja persistente

Sergey conta que os ucranianos estão ampliando suas atividades missionárias para além de suas comunidades. Para ele, a Ucrânia está se tornando potencial “celeiro” missionário para países vizinhos.

"Ore para que a Mission Eurasia possa levar estas iniciativas para outras nações e para que possamos equipar a próxima geração", pede o missionário.

Ele ainda pede orações pela paz entre Rússia e Ucrânia. "Enquanto a Ucrânia está comemorando a fidelidade de Deus, a Rússia está oprimindo muitos grupos evangélicos, tentando politizar o campo espiritual e limitar muitos evangélicos de realizarem suas atividades".

Fonte: Guiame
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...