domingo, 24 de maio de 2020

Médica se nega a assinar óbito sem ver o corpo e é demitida


Profissional denunciou perseguição da prefeitura de Manaquiri, no Amazonas

Uma médica que atuava na cidade de Manaquiri, no Amazonas, foi demitida após se recusar a assinar um atestado de óbito sem ver o corpo. Em seu relato, a médica comunitária Maria Conceição Saraiva da Silva, que trabalhava na cidade pelo programa Mais Médicos, denunciou que sua demissão aconteceu porque ela se negou a seguir ordens da irmã do prefeito Jair Souto, a secretária de saúde Maria Luíza Souto.
Tudo começou quando me pediram para assinar um atestado de óbito sem que eu pudesse ver e atestar a morte, o que é ilegal, e eu me recusei. Desse momento em diante teve início uma série de perseguições e boicotes – escreveu a médica em suas redes.
Maria conta que após esse episódio, se tornou alvo de perseguições, como ser transferida de local de trabalho, ter receitas médicas adulteradas por enfermeiras e até mesmo ter a folha de ponto alterada de forma que ela fosse prejudicada.
Às vezes que tive que ir fazer atendimento nas comunidades ribeirinhas me mandaram em botes sem o mínimo de condições, sem colete salva vidas, correndo perigo, sem toldo e no sol quente – afirmou.
Apesar disso, o que colocou fim em sua atuação em Manaquiri foi uma série de erros burocráticos que culminaram em seu afastamento pelo governo.
Estive nas últimas semanas em quarentena, obedecendo o que determinava um atestado médico que recomendava isolamento, por conta do meu filho que mora comigo ter ficado doente com suspeita de contaminação por Covid-19 e eu ter tido contato direto com ele. Os atestados foram enviados imediatamente tanto para a Secretaria de Saúde quanto para o Mais Médicos – declarou.
Ao retornar ao trabalho, ela soube de sua demissão.
Já encaminhei para o Mais Médicos os comprovantes da entrega dos atestados para a senhora Maria Luíza Souto, secretária de Saúde, tão logo soube que deveria me isolar. […] Além disso, aconteceram muitas outras situações que não valem nem a pena serem relatadas, e todas elas me forçaram a deixar Manaquiri na manhã desta quinta-feira, dia 14 de maio de 2020 – disse a médica.
A médica encerra o texto afirmando que aguarda um posicionamento do Ministério da Saúde sobre em qual cidade irá atuar. Ela também agradece ao povo de Manaquiri.
Por fim, quero dizer ao povo desse município que aprendi a amar sobre a minha gratidão por cada gesto de carinho, cada sorriso, cada olhar que carregarei comigo em meu coração para sempre. Se cuidem – escreveu.
Em nota, a Prefeitura de Manaquiri afirma que a médica não justificou sua ausência e que os médicos do programa Mais Médicos são contratados pelo governo federal e não pelas prefeituras. Já sobre as denúncias, a prefeitura afirmou que registrou um boletim de ocorrência contra a médica e que irá também abrir um processo judicial contra a mesma.
Fonte: Pleno News

Pr. Mário Rocha, do Voz da Verdade, morreu hoje de Covid-19

Mário Rocha era membro do ministério e morreu após ser infectado pela doença causada pelo coronavírus

O pastor Mário Rocha, membro do Ministério Voz da Verdade, morreu na madrugada deste domingo (24) após sofrer complicações da Covid-19. Em uma homenagem feita ao pastor nas redes sociais, o ministério lamentou o falecimento e afirmou que ele era um "homem fiel, íntegro e com uma lealdade sem tamanho".
Nunca esqueceremos suas lindas mensagens e, nesse momento de dor e separação, pedimos ao nosso Deus que conforte sua família, Mário nos alimentava com suas maravilhosas pregações do evangelho, deixando um legado de honestidade, lealdade e submissão que estará sempre enraizado em nossos corações – escreveu o grupo.
Em sua conta no Instagram, a pastora Liliani Moyses, uma das líderes do ministério, também lamentou a morte de Mário e declarou que as pregações dele marcaram a vida de todos que conheceu.
Vai fazer muita falta para nós, um servo de Deus fiel, leal ao ministério e igreja Voz da Verdade. Sempre podíamos contar com ele em tudo, sempre disposto à ajudar, pregações que marcaram nossas vidas. Um homem íntegro, de caráter, construiu uma família linda – escreveu.
O tecladista da banda Voz da Verdade, Evaristo Fernandes, também deixou sua homenagem ao pastor, e classificou o momento como "dor imensa".
Ele foi para mim um exemplo e seguirei este exemplo. Dor imensa… Pr. Mário Rocha. Humildade, Sabedoria… Saudade – escreveu.
Fonte: Pleno News

Estados Unidos irão doar mil respiradores ao Brasil


Informação foi dada pelo chanceler Ernesto Araújo


O ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo anunciou, neste domingo (24), que os Estados Unidos irão doar 1 mil respiradores ao Brasil. Araújo comemorou o gesto.
Em conversa hoje com representantes da Casa Branca, dentro da ótima cooperação Brasil-EUA no combate ao Covid-19, recebi a notícia de que o presidente Donald Trump determinou a doação de 1.000 respiradores ao Brasil. Parceria produtiva entre duas grandes democracias – escreveu.
Nesta semana, a Organização Mundial da Saúde afirmou que a América do Sul é o novo epicentro da pandemia da Covid-19. A OMS destacou ainda a situação do Brasil, que é o país mais atingido da região, com mais de 22 mil mortos e 350 mil infectados.
Fonte: Pleno News

Culto da Familia On Line - AD CUBATÃO (SP) - 24-05-2020 - ASSISTA AQUI

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...