segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Pr. Paul (David) Yonggi Cho da Coréia do Sul foi condenado por fraude - Que lições podemos tirar?



As lições do incrível caso de Paul(David) Young Cho...

- Por Pr. Daladier Lima


Essa não é hora para tripudiar sobre a desgraça alheia, mas é um bom momento para profundas reflexões sobre finanças e igrejas. Leio no Notícias Cristãs que o Rev. David Yonggi Cho, conhecido mundialmente como Paul Yonggi Cho, foi acusado de desfalcar sua congregação por um grupo de membros da Yoido Full Gospel, igreja fundada por ele, em Seul. Em seguida, comprovou-se a fraude e eles foram condenados a pagar multa e três anos de prisão. O crime de Paul, em conluio com seu filho, foi a compra por valores artificialmente elevados de ações, com o dinheiro da Igreja. A brincadeira chegou ao montante de US$ 21 milhões!

Lembro do ano de 1990, quando o Plano Collor foi lançado. Eu era funcionário do Banco do Estado de Pernambuco e ouvi muitas histórias de pastores que aplicaram o dinheiro da Igreja na conta pessoal e de lá em overnight (rendia 3% no final de semana) e outros fundos. De repente, não podiam mais dispor dele imediatamente. Alguns alegaram que o plano Collor prendeu o dinheiro da igreja, na verdade prendeu o dinheiro dela na conta dele! Inclusive, as igrejas, por serem pessoas jurídicas, tinham uma disponibilidade maior segundo as regras do plano. Até hoje muitas histórias nebulosas não foram esclarecidas Brasil afora. Mas como aqui é o país da impunidade e a maioria dos fieis nada sabe das finanças de suas igrejas o assunto caiu no limbo.

Continue lendo no REFLEXÕES SÔBRE QUASE TUDO

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Missões na Índia - Missionário Dimas de Souza e família



Pastor Dimas de Souza, por e-mali

A paz do Senhor, 

"Em tudo vos dei o exemplo de que assim trabalhando, é necessário socorrer os enfermos, recordando as palavras do Senhor Jesus, porquanto ele mesmo disse: Coisa mais bem-aventurada é dar do que receber" - Atos 20.35.  

Queridos, estes dias foi de muitas atividades graças a Deus. Queremos lhes agradecer e compartilhar do que o Senhor Deus tem feito em nosso meio. Ele tem feito prosperar o trabalho aqui na Índia de uma forma maravilhosa, louvado e engrandecido seja o nome de nosso Senhor Jesus! 

Estamos com trabalhos em Haryana (New Delhi), Mumbai (Maharastra), Pune (cidade universitária). 

Recentemente alugamos um lindo salão em Neglish (Pune), onde estaremos realizando os cultos ali naquela região e também trabalho social com deficientes visual. Cuidaremos dos filhos dos deficientes durante o dia, em uma creche. Pretendemos servi-los com café da manhã, almoço, lanche da tarde e os alfabetizando.

Nós os ajudamos com a alimentação. Continuaremos ajudando os pais como temos feito. Eles nos disseram que querem trabalhar com a venda de pipocas. Estamos com o propósito de comprar uma máquina de fazer pipocas para que os irmãos deficientes possam vender e ter seu próprio dinheiro. Por favor orem a este favor! 

Queridos, o salão, além do hall, conta com três quartos bem amplos. Já faz alguns meses que temos dado entrada em nossa documentação, mas até o presente momento não temos tido uma resposta por parte das autoridades, e sempre que vamos até a migração eles sempre nos dizem para ficar tranquilos etc. Mas isto nos preocupa pois teremos que deixar o pais para voltarmos com novos visto, tendo em vista que a nossa documentação já estão vencidas, tanto a documentação internacional como algumas brasileiras e por este motivo teremos uma certa urgência em irmos para o Brasil.

Rogo a vocês que orem.

__________ 

Dimas de Souza e família são missionários enviados pela Assembleia de Deus matogrossense, vinculados a Secretaria de Missões Semad MT

Fonte: Blog da UBE

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

CGADB - Pr. Samuel Câmara é mantido reintegrado pela Justiça do Amazonas



Através de  novo despacho, conforme fac simile abaixo, a Justiça doAmazonas mantém o Pr. Samuel Câmara reintegrado CGADB.

Muito embora tentem alegar contradição nas informações veiculadas em blogs, são apenas o desenrolar dos fatos, com a concessão e derrubadas de Medidas  Liminares, julgamento de méritos e recursos à instâncias superiores.

No último dia 14 do corrente quando aqui veiculei que o Pr. Samuel Câmara continuava desligado, foi com base na no despacho do MM. Juiz de Direito Dr. José Renier da Silva Guimarães, do dia anterior, ou seja, 13.02.2014.

Agora, o despacho de 17 do corrente do mesmo Juiz, volta o Pr. Samuel Câmara à condição de reintegrado. Isso  é notícia e, abaixo referido despacho, como o faço em todas as ocasiões.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...