sexta-feira, 31 de julho de 2015

Brasil não reconhece mais Jerusalém como capital de Israel


Governo Dilma tenta apagar decisão histórica de Oswaldo Aranha

O moderno Estado de Israel reconhece que a articulação do diplomata brasileiro Oswaldo Aranha foi fundamental. Ele foi nomeado Presidente da Assembleia Geral da ONU, quando foi votada e aprovada a independência do Estado Judeu, após quase dois mil anos. A gratidão dos judeus é grande até hoje, sendo que existe uma rua em Tel Aviv com o nome dele.
Durante muitos anos os dois países tiveram boas relações. Contudo, desde o primeiro mandato de Dilma, isso foi se deteriorando. Ano passado, o Brasil foi um dos 29 países no Conselho de Direitos Humanos da ONU que votaram para a ONU investigar as ações de Israel contra terroristas islâmicos em Gaza (17 países se abstiveram, e apenas os EUA se opuseram).
Além disso, o Embaixador do Brasil em Tel Aviv foi chamado a Brasília para consultas. Cogitou-se que os países poderiam romper as relações diplomáticas. Após o imbróglio, o porta-voz do Ministério do Exterior, Yigal Palmor decretou: “Esta é uma demonstração lamentável porque o Brasil, um gigante econômico e cultural, continua a ser um ‘anão diplomático’”.
Agora, o portal Gospel Prime teve acesso ao passaporte de crianças brasileiras nascidas em Jerusalém. Estranhamente, cita-se a cidade, mas o espaço para o país é deixado em branco. Trata-se de um documento oficial, o que revela ser essa uma decisão federal.
Embora não tenha afirmado isso publicamente, o Brasil parece estar seguindo os passos dos Estados Unidos, que no mês passado parou de emitir passaportes de filhos de americanos nascidos em Jerusalém com a identificação que a cidade, de fato, fica em Israel.
Conforme previam analistas, essa decisão parece ter criado um efeito dominó, influenciando outras nações. Desde sua vitória na Guerra dos Seis Dias (1967), Israel reivindica Jerusalém como sua a capital “histórica e indivisível”. Os palestinos consideram a parte oriental da cidade como “território ocupado” e objeto de disputa.
Existem fortes indícios que o Conselho de Segurança da ONU deverá votar uma resolução para estabelecer definitivamente um Estado palestino. A atitude do Itamaraty indica que desta vez, o povo de Israel não poderá contar com o apoio dos diplomatas brasileiros.
A denúncia foi encaminhada ao Gospel Prime pela pastora Jane Silva. Ela conta que ligou para a Embaixada do Brasil em Tel Aviv e falou com o Conselheiro Sergio Pena. Ele confirmou a ordem do governo brasileiro e justificou que Jerusalém não pertence ao Estado Israel.
Fonte: CPADNEWS

Assembleia de Deus Madureira recebeu dinheiro de propina da Petrobras, segundo delator


Nos últimos meses o Brasil vem sendo sacudido por uma série de escândalos relacionados ao desvio de dinheiro da Petrobras, revelada pela operação “Lava Jato” da Polícia Federal.
Além de uma série de políticos de alto escalão, muitas empresas tiveram seus sigilos bancários quebrados, mostrando quem recebeu dinheiro vindo do desvio de verbas federais.
O jornal O Estado de São Paulo, na sua edição de sexta (31) mostra que as empresas do lobista Júlio Camargo entregaram R$ 125 mil a uma igreja ligada ao ministério Assembleia de Deus Madureira, por indicação do presidente da Câmara dos Deputados
A igreja fica em Campinas (SP). Os documentos apresentados pela empresa Treviso, utilizada por Camargo para repassar propinas no esquema de corrupção. Até o momento, nem o pastor da igreja nem a defesa de Júlio Camargo deram explicações sobre o repasse.
As empresas do lobista também fizeram doações para campanhas de políticos no total de R$ 1 milhão. Entre os citados estão o líder do governo no Senado Delcídio Amaral (PT), que recebeu R$ 200 mil em 2010, e a senadora Marta Suplicy (sem partido), com R$ 100 mil também em 2010. Também foi realizado um depósito de R$ 150 mil ao diretório nacional do PMDB.
Camargo tem sido delator na tentativa de ser beneficiado pela justiça. A Polícia Federal comprovou que a quantia foi repassada entre 2008 e 2014. A movimentação é a única que beneficiou uma instituição religiosa. O delator disse à Justiça que fez o depósito após ser “pressionado” pelo presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) a pagar propina de US$ 5 milhões.
O deputado, um dos líderes da bancada evangélica, frequenta cultos da Assembleia regularmente. Em fevereiro deste ano, Cunha esteve em um culto de ação de graças por sua eleição para a Presidência da Câmara na sede da Assembleia de Deus Madureira, no Rio de Janeiro. Cunha era ligado à igreja Sara Nossa Terra há 20 anos, mas durante o culto afirmou que trocou de denominação e agora é membro da AD.
Na ocasião, o presidente do ministério Madureira no Rio, pastor Abner Ferreira, afirmou: “Satanás teve que recolher cada uma das ferramentas preparadas contra nós. Nosso irmão em Cristo é o terceiro homem mais importante da República”.
Abner é irmão do pastor Samuel Ferreira, que lidera a Assembleia de Deus no Brás, em São Paulo. É o nome de Samuel que aparece no registro da Receita Federal como presidente da Assembleia de Deus Madureira em Campinas, que recebeu o dinheiro da empresa de Júlio Camargo.
Segundo O Estado de São Paulo, a assessoria do pastor Samuel Ferreira informou que ele não iria se manifestar sobre o caso. Eduardo Cunha não foi encontrado para comentar o episódio.
Fonte: Gospel Prime

3º SEMINÁRIO PARA ESCRITORES E ARTICULISTAS da CPAD - Saiba tudo aqui


3º SEMINÁRIO PARA ESCRITORES E ARTICULISTAS


Como desenvolver os talentos de um escritor? E como escrever um texto relevante? Estas e outras perguntas serão respondidas no 3º Seminário para Escritores e Articulistas, que acontece nos dias 07 e 08 de agosto de 2015 na Igreja Assembleia de Deus em Curitiba - PR.   
 
No transcorrer das palestras, você descobrirá os pequenos segredos que poderão transformá-lo num autor de sucesso.Os seminários serão ministrados por alguns dos melhores profissionais da área editorial evangélica. Entre os palestrantes estão: Pr. Alexandre Coelho, Pr. Ciro Zibordi, Pr. Claudionor de Andrade, Pr. Elinaldo Renovato e Pr. Silas Daniel. Além das participações especiais: Pr. Wellington Junior, Ir.Ronaldo Rodrigues de Souza e Pr. Wagner Gabi. 

VAMOS APOIAR O AUTOR NACIONAL
Uma das principais vocações da CPAD sempre foi apoiar o autor nacional. Pois acreditamos que sem ele jamais teríamos alcançado as metas que o Senhor Jesus estabeleceu-nos na Grande Comissão:  evangelizar e fazer discípulos até aos confins da terra. Aliás, nossa editora é o resultado do abnegado esforço de homens e mulheres que, movidos por um amor, que só o amor de Deus pode explicar, deixaram-nos uma inestimável contribuição em artigos, ensaios, revistas e livros.
 
Emílio Conde foi um dos primeiros frutos de nossa Casa Publicadora. Apareceu ele num momento em que as letras evangélicas ensaiavam os primeiros passos, e ainda lutavam por se firmar num solo que era propriedade exclusiva da Igreja Católica. O irmão Conde fez literatura e da melhor qualidade, apesar de não ser reconhecido como literato. Em virtude de seu pioneirismo, passou a ser conhecido como o apóstolo da imprensa evangélica brasileira. Devido ao pioneirismo de Emílio Conde, o Conselho Administrativo da Casa Publicadora das Assembléias de Deus resolveu criar uma academia que não se limitasse às atividades acadêmicas, mas que funcionasse como uma oficina para os novos valores. Foi assim que nasceu a Casa de Letras Emílio Conde, cujo principal objetivo é apoiar o autor nacional.
 
Neste Seminário de Escritores e Articulistas, esperamos que os seus talentos multipliquem-se e venham a redundar em maior glória àquele que, embora nenhum livro houvesse escrito, inspirou as maiores obras da literatura universal.
 
Inscreva-se e torne o seu sonho realidade!
 



PALAVRA DO PR. JOSÉ WELLINGTON BEZERRA DA COSTA
De boas palavras transborda o meu coração. Ao Rei consagro o que compus; a minha língua é como a pena de habilidoso escritor (Sl 45.1). A Assembleia de Deus no Brasil tem um forte compromisso com a literatura evangélica. Desde a sua fundação, nossa igreja vem trabalhando incansavelmente na promoção da página impressa. Mesmo quando não tínhamos uma editora, já publicávamos jornais, hinários e revistas de Escola Dominical. E damos graças a Deus porque jamais nos faltaram homens e mulheres consagrados às letras.Em cada geração, o Senhor nos tem levantado escritores e autores, a fim de promovermos o Evangelho de Cristo através de artigos, lições bíblicas e livros. 
 
Se hoje nos encontramos na vanguarda da literatura evangélica em nosso país é porque o Senhor tem levantado pessoas dedicadas a esse ministério. Por isso, damos as boas-vindas aos participantes do 3º Seminário para Articulistas e Escritores. Tenho certeza de que, no final destes trabalhos, muitas vocações adormecidas serão despertadas e muitos talentos serão refinados. E, assim, daremos continuidade à tradição literária da Assembleia de Deus em nossa pátria.
 
Em Cristo,
Pr. José Wellington Bezerra da Costa
Presidente da CGADB



CURRÍCULO DOS PALESTRANTES

Pr. Alexandre Coelho
Formado em Letras e Direito, pastor auxiliar na AD em Bonsucesso e trabalha na CPAD há 15 anos, como Gerente de Publicações. Co-autor dos livros Davi - as Vitórias e Derrotas de um homem de Deus, Vencendo as Aflições da Vida e Profetas Menores.
 
Pr. Ciro Zibordi
Pastor, professor de Hermenêutica, Exegese e Teologia Sistemática, autor e articulista, Bacharel em Teologia, formado em Letras e  RelaçõesInternacionais. Membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil e da Casa de Letras Emílio Conde; colunista do CPAD News; articulista do articulista do Mensageiro da Paz, autor dos livros: Erros que os Pregadores Devem Evitar (3 volumes); Procuram-se Pregadores como Paulo, entre outros. 

Pr. Claudionor de AndradeBacharel em Teologia; Membro da Casa de Letras Emílio Conde; Consultor Literário da CPAD; Comentarista da Revista Lições Bíblicas para Jovens eAdultos da CPAD.

Pr. Elinaldo RenovatoComentarista das Lições Bíblicas e autor de diversos livros, como Perigos da Pós-Modernidade, Deus e a Bíblia e Colossenses,todos publicados pela CPAD. É também pastor da Assembleia de Deus em Parnamirim – RN e membro fundador da Casa de Letras Emílio Conde.
 
Pr. Silas Daniel
Pastor, jornalista, conferencista, editor-chefe de Jornalismo da CPAD e autor dos livros "A Sedução das Novas Teologias", ganhador do Prêmio Areté da Associação de Editores Cristãos (ASEC) como melhor obra de apologética cristã lançada no país em 2008; "Habacuque - A Vitória da Fé em Meio ao Caos", "Como Vencer a Frustração Espiritual" e "A História dos Hinos que Amamos", dentre outros.
 
Pr. Wagner Gabi
Pastor, mestre em Teologia e Educação; Licenciado em Direito e Major Capelão R/1 do Exército Brasileiro; Presidente do Conselho Deliberativo do Instituto Betânia de Ação Social; Membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil; Membro Fundador da Casa de Letras Emílio Conde; Escritor: “Manual Cívico Jurídico do Cristão” (CELUZ), “Relações Públicas e  Humanas para Líderes Cristãos” (CPAD), “Teologia Sistemática Pentecostal” Tema: Angelologia (CPAD), “As Doenças do Século” (CPAD), “Planejamento e Gestão Eclesiástica” (CPAD).

 


 
3º SEMINÁRIO PARA ESCRITORES E ARTICULISTAS
Dia 07/08 (sexta-feira)Programação
19h30 Culto de abertura
20h00 Como apresesentar seu livro a uma editora - Pr. Alexandre Coelho
Dia 08/08 (sábado) Programação
09h00 às 09h30A editora e o autor - Ronaldo Rodrigues de Souza
09h30 às 10h30A Bíblia Sagrada como Livro-texto do Escritor - Pr. Wagner Gabi
11h00 às 12h00 O Perfil do Escritor e os Estilos Literários - Pr. Claudionor de Andrade
12h00 às 14h00 Almoço
14h00 às 15h00 O escritor na Era Digital - Pr. Ciro Zibordi
15h00 às 16h00 Como Escrever Artigos Jornalísticos - Pr. Silas Daniel
16h30 às 17h30O escritor como Autoridade Espiritual - Pr. Elinaldo Renovato
18h00 às 19h30 Jantar
19h30Culto de Encerramento

Serviço
Evento: 3º Seminário de Escritores e Articulistas 
Local: Igreja Assembleia de Deus Curitiba - PR
Avenida Cândido de Abreu, 367- Centro Cívico - Curitiba - PR

Incrições
Telefone: (21) 2406-7352 ou 2406-7400
E-mail: eventos@cpad.com.br

quinta-feira, 30 de julho de 2015

CGADB - Pr. Ival Teodoro assumirá 1a. Vice Presidência com a renúncia de Ubiratã Job



Fontes fidedignas que colaboram com este blog, dão conta que o Pr. Ubiratã Job, Primeiro Vice-Presidente da CGADB - Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil, entregou sua carta de renúncia do cargo, ao Pr. José Wellington Bezerra da Costa, Presidente da instituição, na tarde de hoje.

Ubiratã Job que recentemente fora jubilado da Presidência da AD em Porto Alegre/RS, bem como licenciado da Presidência da CIEPADERGS (Convenção AD Gaúcha), define sua situação de liderança junto a denominação assembleiana, ao renunciar seu posto de maior visibilidade em nível nacional.

Por outro lado, em reunião de Comissão da Convenção paranaense, também no dia de hoje, foi avisado aos presentes que o Pr. Ival Teodoro, Presidente daquela convenção (CIEADEP), foi comunicado do fato pela Secretaria Geral da CGADB e, na condição de segundo colocado na Eleição da CGADB em 2013, realizada em Brasília/DF, com 7.558 votos, será convocado para tomar posse no cargo de Primeiro Vice Presidente da instituição, na próxima reunião da Diretoria a ser convocada pelo Presidente.

Oremos e aguardemos o desenrolar dos fatos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...