segunda-feira, 3 de agosto de 2020

GRAVE: Justiça proíbe livro cristão sobre educação infantil de Simone Quaresma

Uma polêmica foi gerada contra a educadora cristã Simone Quaresma, que aborda em seu livro "O que toda Mãe Gostaria de Saber sobre Disciplina Bíblica", a possibilidade de que crianças sejam educadas com castigo físico.
A interpretação errada da obra fez com que a 1° Vara da Infância, da Juventude e do Idoso, do Rio de Janeiro, proibisse a venda do livro em todas as lojas, além de publicações em sites e palestras sobre o conteúdo em questão, segundo o juiz Sergio Luiz Ribeiro de Souza.
Em sua sentença, o magistrado entendeu que o livro incita a violência contra crianças e adolescentes.
"A ré tem plena ciência de que o que prega é contrário à lei, tanto assim que ensina os pais a baterem em locais que não sejam visíveis, bem como a orientar seus filhos a não delatar as agressões. O perigo de dano é evidente, haja vista que os livros e vídeos incitando os pais a agredirem seus filhos estão acessíveis ao público, colocando em risco a integridade física de crianças e adolescentes", afirmou Souza, segundo a Conjur.
À Associação Nacional de Juristas Evangélicos (ANAJURE) entrou em cena para avaliar a questão, e concluiu que a decisão judicial viola a liberdade intelectual e de expressão de Simone Quaresma, visto que o seu livro é de caráter doutrinário cristão, além de que, na prática, o castigo físico em questão não diz respeito aos abusos contra crianças e adolescentes.
"Respeitamos a decisão judicial, mas afirmamos, categoricamente, que não há qualquer ilegalidade nas ações orientadas pela Sra. Simone Quaresma, respeitada escritora e conferencista no meio cristão evangélico", diz Edmilson Almeida, advogado e assessor Jurídico da ANAJURE.
"A nosso juízo, uma decisão liminar, dada num contexto em que sequer se ouviu os argumentos da escritora, proibindo-se o livre exercício da sua atividade intelectual, a própria liberdade de expressão da autora, é temerária e impactante", ressalta Almeida.
Simone Quaresma é casada com Orebe Quaresma, pastor da Igreja Presbiteriana Ponta D’Areia, no Rio de Janeiro. Ela possui quase 30 anos de dedicação ao ensino cristão. Em seu site oficial, a escritora explica que o livro trata da educação segundo à perspectiva bíblica.
"Simone a aborda a necessidade que os filhos têm da correção com vara. Com farta demonstração de texto bíblicos, ela evidencia como a criação e a correção dos filhos são um reflexo da repreensão de Deus, um Pai amoroso", diz uma sinopse.
O termo "vara" citado é uma linguagem figurativa, também usada na Bíblia para se referir à correção, não necessariamente física, mas podendo ser física dentro de alguns contextos e sob critérios específicos, jamais endossando abusos, mas sim o bom senso dos pais.
Para a ANAJURE, a decisão coloca em risco um direito fundamental de Simone Quaresma, que é o da liberdade de expressão, consciência, crença e de produção intelectual, visto que a sua visão está expressa em uma obra literária.
"Num momento em que a liberdade de expressão é debatida na Suprema Corte e Parlamento do nosso país, é triste reconhecer que não se tem mais receio de violação de liberdade civil fundamental tão básica. Vamos esclarecer os fatos ao Magistrado e recorrer ao Tribunal de Justiça que, certamente, levará em conta esta grave violação de direito humano fundamental perpetrada", conclui a entidade.
Fonte: Gospel+

Obreiros chamados ou presenteados? - Em Podcast



OUÇA AQUI em PODCAST





Obreiros chamados ou presenteados?

Olá meu amigos,
A Paz do Senhor,

Jesus disse: “Grande é, em verdade, a seara, mas os obreiros são poucos; rogai, pois, ao Senhor da seara que envie obreiros para a sua seara”. - Lucas 10:2

Com o número expressivo de pessoas ordenadas na atualidade para as mais diversas funções nas igrejas, ministérios e convenções:

Cooperadores, diáconos, presbíteros, evangelistas, pastores e pastoras, missionários e missionárias, bispos, episcopisas e até mesmo apóstolos, e se olharmos para isso de maneira superficial, parece mesmo um paradoxo, uma contradição, e até mesmo sem sentido a afirmação do Mestre no texto acima.

Porém, na verdade, todos sabemos perfeitamente, que essa afirmação do Senhor Jesus se mostrava  profética e escatológica justamente para a nossa geração.

Nunca, em nenhum outro momento da história da Igreja essa oração foi tão pertinente e necessária.

rogai, pois, ao Senhor da seara que envie obreiros para a sua seara”.

Os púlpitos e tribunas estão lotados de pessoas credenciadas...

Mas porque então faltam obreiros para a seara?

E neste ponto me pergunto: Será que funcionaria um RECALL no ministério da Igreja?

Vale registrar aqui, que o termo Recall, é um termo em inglês, que significa uma solicitação de devolução de um lote ou de uma linha inteira de produtos feita pelo próprio fabricante. Geralmente, isto ocorre pela descoberta de algum defeito ou problema relativo à segurança do produto, mas se o problema estiver na concepção do produto, a questão não é nem mais de Recall, mas até mesmo da retirada total daquele produto do mercado.

No meu entender, este é o real problema em nossa geração, um desvio de finalidade e motivação na concepção da chamada ministerial.

Na minha juventude já ouvia murmúrios de velhos patriarcas em suas conversas particulares quando diziam:

“Existem os “pastores chamados” e os também “chamados pastores”...  eis a diferença.

Termino esta reflexão com um texto do nosso amigo Pr. José Verneques da AD Ministério Paulista, que julguei muito interessante:

Chamada Ministerial não é presente humano

Exigir de alguém que não recebeu a chamada divina a fazer a obra de Deus, é a mesma coisa que tentar colocar o sol dentro da lua.

Só os que realmente receberam a chamada de Deus são capazes de renunciar tudo por amor a Cristo e sua obra.

Estes, não abrem mão de cumprir o ministério nem desistem por vantagem ou dificuldade alguma”.

Um abraço a todos e até a próxima oportunidade.

Pr. Carlos Roberto para o Point Rhema Podcast

Pastor da Assembleia de Deus assume Prefeitura de Santa Tereza do Tocantins


Pr. Valteir Lustosa (PPS) assume como Prefeito Municipal de Santa Tereza do Tocantins (TO) nesta segunda-feira - 03.08.2020


O pastor Valteir Lustosa (PPS), então vice-prefeito de Santa Tereza do Tocantins, assumiu a prefeitura da cidade nesta segunda-feira (3).
O cargo ficou vago após a morte do prefeito José Raimundo (PSD), que sofreu um infarto no último fim de semana e não resistiu.
Com pouco mais de 2,8 mil habitantes, Santa Tereza fica na região central do estado. A posse foi na manhã desta segunda-feira, durante uma sessão na Câmara de Vereadores  da cidade.
Valteir Lustosa, é pastor auxiliar da Assembleia de Deus CIADSETA, em Santa Tereza do Tocantins, casado, tem 48 anos, já foi vereador, secretário municipal e atualmente ocupava o cargo de vice-prefeito.
Morte do prefeito
O prefeito José Raimundo de Souza morreu na noite de sábado (1º) aos 61 anos. O gestor estava em casa, em uma chácara da zona rural, quando começou a passar mal. Ele teria sofrido um infarto e não resistiu.
Raimundo Gordo, como era conhecido, estava no primeiro mandato como prefeito. O enterro foi realizado no último domingo (2).
Fonte: DGospel

Pastor morreu neste domingo enquanto ministrava a Palavra e vidas se rendiam ao Senhor


Segundo a página o Ação Cristão - Portal de notícias do ABC Paulista na rede social facebook, faleceu ontem - domingo dia 02.08.2020 o Pastor Isaac da Igreja Betel na cidade de Ribeirão Pires, na Região metropolitana do Grande ABC.

O Senhor o levou enquanto pregava a Palavra, mais precisamente durante o momento de apelo.

No exato momento em que duas vidas se reconciliavam, o obreiro foi tomado de tamanha alegria pelas vidas voltando ao Senhor, quando caiu já sem vida em cima do púlpito onde ministrava.

Do ponto de vista da vida ministerial de um trabalhador do evangelho, não haveria prêmio maior, ser promovido às mansões celestiais, no cumprimento e exercício do seu ministério, e com vidas se rendendo ao Senhor.

No entanto, oremos pela sua família e também por aquela Igreja, para que recebam o consolo do Espírito Santo.

"Preciosa é aos olhos do Senhor a morte dos seus santos" - Salmos 116: 15


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...