terça-feira, 6 de junho de 2017

RELAÇÃO SEXUAL EXTRACONJUGAL É PECADO



Publicado originalmente em 16.11.2007
Antes de qualquer coisa, quero salientar que esse artigo não tem a incumbência de ser condenatório, acusador nem amaldiçoador, muito pelo contrário, o verdadeiro desejo do profundo do meu coração é edificar vidas, principalmente de jovens que têm sido ludibriados por falsos obreiros, os quais no afã de aumentarem sua “clientela”, ou “membresia”, seja lá o que for não os alertam para os perigos do pecado.

Parece ser esse título muito CARETA, principalmente nos dias atuais, quando todo tipo de relação sexual é incentivada.

As tradicionais fases do relacionamento, ou seja, NAMORO, NOIVADO e CASAMENTO, ficaram fora de moda. Primeiro surgiu a tal ALIANÇA DE COMPROMISSO, uma espécie noivado informal entre as partes interessadas, sem o consentimento de pais e familiares, e por último o famigerado FICAR. Pelo que se conhece através das reportagens, nesse tal FICAR vale tudo ou quase tudo, desde que seja por uma festa, um momento, um dia, uma mesmo uma única noite.

Lamentavelmente não se pode calar, é necessário dizer-se a verdade, isso não é nada mais do que promiscuidade, prostituição, fornicação e adultério. Não é mais politicamente correto se pregar sobre esses temas, no entanto nosso povo está errando por falta de conselho profecia e exortação.
A Bíblia diz:
Não havendo profecia, o povo se corrompe; mas o que guarda a lei, esse é bem-aventurado. Provérbios 29: 18.

Essas modernidades em tipos de relacionamento sexual, não são bíblicas, muito menos inerentes aos servos de Deus. Essas são invenções implantadas, pelo que o Apóstolo Paulo chama de “espírito mundano”, ou seja, o espírito que impera no mundo secular, o qual, por nossa própria falha e falta de vigilância está se infiltrando nas Igrejas. São na verdade, conselhos de ímpios implantados na sociedade pelas novelas, filmes de literatura mundana.

Vejamos o que diz a Bíblia:

Vede, porém, que o seu bem não está na mão deles; esteja longe de mim o conselho dos ímpios! Jó 21: 16

Bem-aventurado o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Salmos 1: 1.

É preciso que fique bem claro que, o que é bom para o mundo não serve para quem quer ser fiel e quer herdar a vida eterna. A questão é puramente bíblica, nada tendo a ver com costumes ou placas denominacionais, aliás, até mesmo aqueles que não aceitam o conselho do Senhor, pensando por isso estarem livres do que diz a Palavra de Deus, estão completamente enganados.

A Palavra de Deus CONDENA todo tipo de relação sexual extraconjugal. O sexo é divino e santo, porém, dentro do casamento. Relação sexual fora do casamento é PECADO e a condenação é essa: A perca da herança do Reino de Deus.
Vejamos o que diz a Bíblia:

E chegar-me-ei a vós para juízo, e serei uma testemunha veloz contra os feiticeiros, e contra os adúlteros, e contra os que juram falsamente, e contra os que defraudam o jornaleiro, e pervertem o direito da viúva, e do órfão, e do estrangeiro, e não me temem, diz o SENHOR dos Exércitos. Malaquias 3: 5.

Que vos abstenhais das coisas sacrificadas aos ídolos, e do sangue, e da carne sufocada, e da fornicação; destas coisas fareis bem se vos guardardes. Bem vos vá. Atos dos Apóstolos 15: 29

Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o Reino de Deus. 1º Coríntios 6: 10

Venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; porém aos que se dão à prostituição e aos adúlteros Deus os julgará. Hebreus 13:4

Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus. Tiago 4:4

Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre, o que é a segunda morte. Apocalipse 21:8

Será que é preciso dizer mais alguma coisa acerca do que pensa Deus sobre o assunto?

Vejamos a definição do Dicionário Aurélio:

Adultério: Infidelidade conjugal; amantismo, prevaricação. União destoante, aberrante, adulteração.
Fornicar: Praticar o coito; copular. Fazer fornicação com. Chulo: Importunar, apoquentar.

Traduzindo de maneira popular: Adultério é qualquer tipo de relação sexual extraconjugal de pessoa legalmente casada. Fornicação é todo tipo de relação sexual irresponsável entre duas pessoas fora da instituição chamada casamento.

Partindo do princípio da Palavra de Deus, quem quiser se salvar deve abdicar radicalmente dessas práticas, e quem nelas estiver incluído, deve se arrepender, confessar e deixá-las.

Diz a Bíblia:

O que encobre as suas transgressões nunca prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia. Provérbios 28: 13

Siga o conselho de Apóstolo Paulo à Igreja de Corinto:

Mas, se não podem conter-se, casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se. 1º Coríntios 7: 9.

MEU AMIGO, MEU IRMÃO, QUERIDO JOVEM! AINDA QUE TODOS PRATIQUEM E ACHEM NORMAL, SE VOCE QUER HERDAR A VIDA ETERNA E QUER VIVER EM COMUNHÃO COM DEUS, CAIA FORA DESSAS PRÁTICAS. ESCAPA-TE POR TUA VIDA, AFINAL DE CONTAS NO MEU ENTENDER,

CARETA É IR PARA O INFERNO!

Soli Deo Glória

18 comentários:

anderson disse...

Pastor Carlos!
A PAz Do SENHOR!!!
Verdadeiramente assunto pouco falado mais um mal que tem se alastrado, ótima abordagem sobre o assunto pastor, vigilancia, oração, temor no Senhor, firmeza na palavra é indispensaveis nestes dias, a midia até tenta ludibriar os crentes com uma "musiquinha gospel" em suas novelas mais ou vivemos na verdade ou caimos nas astutas ciladas do diabo.
Lembro da ultima reunião da unipec qdo na mensagem foi falado sobre o assunto e tenho certeza que Deus não fala em vão!!!!

Pastor Carlos Deus continue o abençõando!!!!

Pb Anderson O. Assis AD cubatão ct95

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Pb.Anderson!
A Paz do Senhor!
Infelizmente pouco se tem falado sôbre o assunto à Luz das Escrituras Sagradas, enquanto isso a mídia secular faz o seu papel de incutir na cabeça das pessoas de que nada é nada, e está tudo normal.
A Igreja não pode baixar a guarda, pois o inimigo não para.
Me ajude a divugar esse post entre principalmente a juventudes e os obreiros.
Obrigado pela visita ao blog.

Gutierres Siqueira, 18 anos disse...

A Paz do Senhor!
Parabéns pastor Carlos pela sua abordagem sobre um assunto pouco falado!
A liderença evangélica parece que tem vergonha de reunir os seus jovens e orientar na Palavra de Deus sobre sexualidade.
Quando os pastores falam sobre fornicação, normalmente é através de terríveis testemunhos, que eles ouviram. Não há um palavra preventiva, ou seja, orientação para o jovem cristão vencer as tentações à luz da Palavra.
É isso que a juventude cristã precisa: Ser ensinada a vencer as tentações! A ser vitorioso sobre a natureza pecaminosa!
Infelizmente, hoje se ensina os jovens a serem astros, ou melhor, conferencistas internacionais. Também se ensina a como ser vitorioso na vida material, mas nunca diante das tentações.
Como diria o velho ditado: "É melhor previnir que remediar!"
Parabéns pela abordagem bíblica e atual! Um abraço!

Gutierres Siqueira
www.teologiapentecostal.blogspot.com

Joao Cruzue disse...

.
Pastor Carlos,

Uma das missões da Igreja é descer a lenha no pecado. Mas isto apenas não basta.

Além de descer a lenha o "irmãozão" ou irmã que se enrolar no pecado do adultério/fornicação deve ser confrontado em ambiente reservado. Duramente.

Cuidei de alguns casos semelhantes no passado e por alguns anos fui muito criticado por posições duras de confronto.

Acontece que, depois de anos passados fui honrado com convites de casamento deles mesmos.

Falar duro no púlpito mas ao descer dele e racionalizar o evangelho é como discurso de senador brasileiro.

O pastor que não confronta nem corrige - quando Deus manda corrigir - não AMA de verdade, seu amor consiste apenas de palavras.


Ótima abordagem.

.
.

Valmir Nascimento Milomem disse...

Pr. Carlos Roberto,

Parabéns pelo artigo.
Cada dia mais as pessoas têm receio de abordar assuntos sobre sexualidade posto que assuntos como esse são consideradas retrógradas e "puritanas"

A voz do mundo têm sido muito forte no sentido de construir um pensamento no qual o sexo antes do casamento é algo normal, e que o contrário é o certo.

Como o irmão disse, não podemos calar, cabe a nós, falar aquilo que convém à sã doutrina (TT 2.1).

Na paz

Valmir Milomem

Daladier Lima disse...

Prezado Pr. Carlos Roberto, julgo importante frisar que as leis foram modificadas para amparar a nova moral que ora se instala em nosso País. Frases como "abaixo do Equador tudo é permitido" só demonstram nossa permissividade com um tema tão caro. Infelizmente, as pessoas se prestam a isso, sem avaliar as repercussões dos seus atos. É tarefa da igreja alertar para o problema, mesmo com retaliações. Recentemente, por exemplo, tive problemas em minha congregação quando adverti alguns membros que há muitos anos estão "juntos" com suas esposas, mas sem um casamento formalizado.
Como não podemos nos calar...

Pr. Eliseu Lara disse...

Pr. Carlos
Paz seja convosco.

Seu artigo nos traz um esclarecimento bastante pertinente no que referece a este assunto, pois sabemos que hoje em dia o casamento se tornou para muitos uma instituição falida e desacreditada, porém nós sabemos que isso é mentira do inimigo de nossas almas para enganar a muitos como ele tem feito, cabe a nós que temos sobre nossos ombros a resposabilidade de ensinarmos a palavra de Deus, combater e ensinar a palavra como deve ser ensinada, ainda que aparentemente temos que perder, para no final ganharmos a coroa da vida.

Parabéns pelo belo artigo.
fica com Deus.

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro amigo Gutierrez!

Muito obrigado pela sua visita!
Infelizmente, essa falta de coragem da liderança evangélica em ensinar a verdade sobre um assunto tão sério, já está saindo muito caro para a Igreja.
A relativização do assunto já foi tão longe, que em alguns lugares, já não se pode mais corrigir ou mesmo disciplinar.
Que Deus tenha misericórdia de nós.

Caro irmão João Cruzué!

Grato pela sua visita.
Seu comentário deixa bem claro, não basta discurso, é necessário enfrentar a questão de frente, como sempre o foi, tomando inclusive as medidas necessárias para que haja cura do problema.

Caro Valmir!
Grato pela sua visita!

O medo de ser taxado como retrógrado ou puritano, é que faz com que muitos se calem.
É necessário caráter cristão no ministério para se falar a verdade, doa a quem doer, afinal de contas remédio bom é aquele que arde. Um gde. abraço!

Caro Daladier!
Grato pela sua visita!

Não pare, não desista.
Quem te chamou para o ministério foi o Senhor e é a Ele que vc. prestará contas das suas ações.
A questão que vc. abordou sobre pessoas que vivem "juntas" hà muito tempo, é um verdadeiro "calcanhar de Aquiles" por aqui também.
Só o Senhor para ter misericórdia de nós, pois enquanto vc. alerta do púlpito da sua igreja, 100m à frente tem outro dizendo que isso não tem nada a ver.
Ainda assim não podemos calar.

Caro Elizeu Lara!
Grato pela visita!

Ainda que tentem dizer estar falida a instituição casamento, sabemos nós pela Palavra de Deus que não está. Os homens é que estão procurando suas próprias conveniências. É preciso ensinar, a tempo e fora de tempo.

Victor Leonardo Barbosa disse...

Olá pastor Carlos, a Paz do senhor, seu texto é importantissímo e atual, principalmente para jovens e adolescentes, tãio tentados nessa fase e isso inclui tanto eu(20) e Gutierres(19), que lutamos(apesar de eu não conhecer o cotidiano dele, tenho certeza que isso acontece) contra tais dificuldades.
Confesso que fiquei um tanto admirado com a colocação de Gutierres e Anderson, talvez por que aqui em belém os problemas com relação a juventude sejam outros(digo isso no contexto de informação e não prática), ou por eu servir em um missão de adolescentes, esses temas são frequentes.

Abraços pastor Carlos e Paz do Senhor!!!

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Vítor Leonardo!
A Paz do Senhor!
É sempre uma honra receber seus comentários aqui no Point Rhema.
Independente da sua idade, tenho visto seu interesse e zêlo pelas coisas atinentes ao Reino de Deus, sendo que o fato de procurar se especializar em pesquisas, o deixa em situação privilegiada quando se trata de dar opnião sôbre algum assunto.
Quanto aos comentários dos amigos Anderson e Gutierrez, são totalmente pertinentes.
O artigo supra foi escrito por mim, justamente por essa questão, numa tentativa de suprir na net uma lacuna que temos notado em nossas Igrejas, mormente aqui em São Paulo nas regiões urbanas e metropolitanas.
Se puder postar algo aqui nos comentários ou mesmo no seu blog, compartilhando sua experiências com os adolescentes nessa área, estarei divulgando.
Um grande abraço!

Victor Leonardo Barbosa disse...

pastor Carlos, sinto honrado com o seu pedido.
Bom, primeiramente creio que deve se atentar o adolescente. Um dos maiores problemas existentes hoje na igreja é a falta de atenção que ela dá ao adolescente, é necessário atentar para a realidade em que ele vive, suas angústias, seus problemas e frustrações e deve solucioná-las com uma resposta bíblica. Assim é com o sexo. deve-se haver uma explicação bíblica e fiel sobre o porquê lutar contra as tentações carnais. porém a abordagem que se deve ter deve ser objetiva. A linguagem deve ser franca, principalmente com os homens. Para que as meninas não fiquem constrangidas, o ideal é separar os sexos, dando palavras específicas sobre suas dificuldades. É importantissímo associar os principios bíblicos sobre o casamento e aplica-los ao namoro, haja vista que são alianças importantes, porém em nenhum momento essas alianças são equiláteras e muito menos iguais. Certo tipo de relação( como a sexual) só deve haver dentro do casamento.
A posição da liderança não deve ser superiorizada e intocável, os líderes devem mostrar que não estão acima dos demais, e que também já forma e ainda hoje sofrem, em algum momento, essas tentações. As consequências de tais atos não devem passar desapercebidas. Lmbrando: a luta é díficil, mas Deus está no comando e a graça dele nos sustentará.
Bom, pastor, creio que essencialmente é isso. Espero tê-lo ajudado. abraços e Paz do Senhor!!

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Víctor Leonardo
A Paz do Senhor!
Muito obrigado.
Sua contribuição é sempre bm vinda.
Pastor Carlos Roberto

JÚNIOR LIMA disse...

Prezado Pastor Carlos é um prazer poder acompanhar um pouco de seu trabalho. Estou começando meu blog agora e fiquei muito feliz pelo seu comentário.
Meu nome é Ivanildo, mas todos me conhecem como júnior, eu congrego no setor 6, com o Pastor Aroldo. Acho que o Senhor deve lembrar de mim, quando li a Biografia dele.
Meu E-mail é:
ifl_junior@ibest.com.br

Grande abraço na Paz do Senhor

pb.vagnersalvino disse...

a paz no senhor meu querido e amado pastor a cada dia que passo e leio o seu blog fico a acredirar que, bom estar bem pertinho de Deus como diz o salmista Davi.e lendo um artigo sobre a a nova juventude que acreditamos ser a ultima geração venho a analisar e ver que realmete temos que ter uma atenção mais fiel a eles, e me chamou muito a atenção sobre a aliança de compromiço tenho falado sempre com os pais da nossa juventudo,e a maioria deles fasem vista groças fico triste em saber que muitas das veses entregamos os nossos filhos....a alguans joves com outros pensamentos,e nós amprendemos que foi feito o noivado e depois o casamento, seria istó uma forma de tardar uma relação,seria isto o famoso (estou ficando ) em nosso povo desfarçado,entrando de fininho espero que não, ainda creio em Deus que esta bem pertinho de nós para nós orientarmos a encinarmos os nossos filhos no verdadeiro caminho em que deve andar e lembrar que nó passado não tão distante existem irmãs conselheiras para orientar, não estou aqui querendo ser santarrão e nem tão pouco santinho mas dizer que a preocupação de cuidar dos jovens não vem só dos pastor, supervisores e lideres de mocidade mas de todos e enclusives dos pais,quando estão fora da casa do senhor oram jejuam e muitas das veses pedem para nós lideres para irmos a procura(por favor faz uma visita ...)estamos acostumados com isso no nosso cotidiano e vamos nós consagramos fasemos visitas e Deus salva ... e agora Deus fez a parte dele e nós os pais muitas das veses nem ensentiva para ir na escola biblica dominical,e nem tão pouco ir aos ensaios para que nos cultos possamos louvar a Deus com alegria bem.... e cresermos na presença Deus com sinceridade que o todo poderoso possa falar aos nossos corações.. do seu querido a migo Pb.Vagner Salvino Sup.da mocidade de vila Natal

Faculdade Teológica disse...

Que Deus continue abençoando seu trabalho e nos edificando com seus post Fica Na Paz!!!!
Abs!
Faculdade Teológica

Anônimo disse...

pastor to numa situaçao bem contragedora to passando uma grande luta no meu casamento meu esposo é servo mas me maltrata muito me bate e me agride ai no meu serviço conheci um cara ele me disse coisas bonitas e acabei me apaixonando por ele e ele tabem é casado so q não bibi bem com a espoza então depois de ler esse artigo tomei conhecimento de q tudo q ta ocorrendo é laço do inimigo e vou sair fora desse laço no jejum e oração

Pr. Carlos Roberto disse...

Minha prezada irmã Anônima:
Graça e Paz da parte do Mestre Amado.
Entendo perfeitamente a necessidade de preservação da sua identidade.
Louvo a Deus, pelo fato deste artigo e comentários agregados, terem sido usados por Deus para falar ao seu coração.
Ainda que a sua situação seja difícil, continue a confiar em Deus.
Não aumente dor ao seu sofrimento, tentando resolver uma situação errada com outro erro, e nesse caso, que Deus te livre, mas se assim acontecer, aí a irmã perderá toda a razão.
Deus tem todo poder para resolver sua situação, inclusive seu marido vindo a cair em sí e se arrepender.
Lembre-se:
O inimigo jamais apresentará as coisas do jeito que elas são. Sempre as fará apresentar de maneira bonita, saborosa, sensual e apetitosa.
Não caia no laço do inimigo, em nome de Jesus.
Precisando de conselhos, tenha liberdade no Senhor para solicitar.

Fuja da tentação e resista ao diabo.

Para sua meditação:

Sujeitai-vos, pois, a Deus; resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. Tiago 4:7

Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus,
que vos não deixará tentar acima do que podeis; antes, com a
tentação dará também o escape, para que a possais suportar. 1 Coríntios 10:13

Fique na Paz do Senhor.

Pr. Carlos Robrto

Alessandro Cristian disse...

Paz do Senhor, Pastor. Ótimo e esclarecedor texto.
Um dos grandes problemas que percebemos nesse contexto é o famoso "dois pesos, duas medidas". Se acontece com um membro "comum", o mesmo é execrado e escorraçado. Mas se acontece com líderes, panos quentes.
Graças a Deus pela disciplina eclesiástica, a qual quando aplicada à luz da Bíblia surte o efeito necessário: arrependimento e abandono do pecado. Mas, e quando tais pecados são cometidos pelo pastor/"pastora", "donos" do ministério, quem os disciplina?
Me parece que algumas pessoas estão acima do bem e do mal. Ou ao menos assim se julgam.
Abraços, Deus abençoe a todos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...