sexta-feira, 30 de abril de 2010

DEBATE O GALILEO - As sementes de mil - Participação Pr. Carlos Roberto


Com temor ao Senhor e respeito para com todos os envolvidos na questão, aceitei participar desse primeiro debate, concedendo assim, minha singela contribuição ao tema.
Agradeço à editoria do portal O GALILEO, pelo honroso convite para essa participação.

Parte 06/01



Parte 06/02



Parte 06/03



Parte 06/04



Parte 06/05



Parte 06/06

85 comentários:

Alexandre Pitante disse...

Paz do Senhor, Pr. Carlos.

Tomei a liberdade de fazer o mesmo comentário que fiz na vossa postagem passada aqui nesta postagem pois se refere a este assunto, é claro com a vossa permissão.

Quero parabenizá-lo pela forma como respondeu as perguntas que lhe foram feitas no Debate Galileo e pela vossa ética e coerencia.

Isso não posso dizer do outro pastor, Também da Assembléia de Deus que esteve convosco no Debate também, nem convém dizer o nome do cidadão.

Parecia que ele estava em um show comico e ele era o Palhaço. Porque da maneira como ele se referia a Silas e Murdock, logo se vê que é um pastor sem ética e coerencia nenhuma.

Por mais que Silas e Murdock estão errados, ensinando doutrinas erradas eles tem nomes nos quais precisamos respeitar.

Abraço em Cristo, Alexandre Pitante.

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Alexande Pitante,

A Paz do Senhor!

Grato pela sua visita e por acompahar nosso trabalho.

Creio que o assunto é muito sério, motivo pelo qual deve ser levado também com seriedade e lembrando sempre que o assunto se refere à doutrina e não àas pessoas.

Grato pelo incentivo.


pr. Carlos Roberto

Márcia Gizella disse...

Oi Pastor,
Este debate foi excelente, eu sou ouvinte dos debates a Rádio Melodia, vou te dizer,como este ainda não existiu!
Seu posicionamento foi muito firme, e sendo um "assembleiano" foste muito corajoso.
Que Deus possa levantar outros como vc e os demais que participaram, pois ainda teremos muitas campanhas como esta para refutar!

Abraço, Deus te abençoe.

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezada Márcia Gizella,

A paz do Senhor!

Grato pela sua honros visita!

Registro apenas, que é necessário que alguns se disponham a se expor.
Muitos são os que não concordam com tais aberrações doutrinárias, mas preferem o conforto do anonimato.

Ore por nós!

Seu conservo,
Pr. Carlos Roberto

Pr. Luiz Fernando disse...

Prezado colega Pr. Carlos,
acredito que sua presença neste debate foi a coluna sustentadora. Seus posicionamentos foram equilibrados e oportunos. Em momento algum o colega causou estranheza aos participantes e muito menos aos ouvintes. Sua firmeza teológica é digna de menção. Os outros participantes foram muitos bons e responderam com coragem cada pergunta feita. Creio que essa "pequena nuvem em forma de mão" seja o presságio de algo muito bom que se aproxima para a igreja brasileira.
Deus o abençoe ricamente.
um abraço
Em Cristo

Pr. Flavio Constantino disse...

Querido Pastor Carlos Roberto,

A Paz do Senhor,

Quero parabenizá-lo pela brilhante participação no debate como também reproduzir aqui no comentário, o mesmo comentário que fiz em uma refutação em meu blog quando postei um artigo sobre a Teologia da Prosperidade quando um irmão defendia essa prática.

Em 1º lugar a Biblia não diz que prosperidade é pecado. O grande problema é que pregadores estão dando ênfase no ter como objetivo da fé, e não no ser, tendo suas fontes básicas em determinadas ideologias americanas, já entre nós há muitos anos.


Em 2º lugar a Teologia da Prosperidade erra ao associar sucesso à espiritualidade. Pense em Abraão: ele deixou de ter para passar a ser. E em Elias: sempre foi e nunca teve (2Co 8.1,2; 9.8-11). A bênção de Deus sempre é a riqueza do ser, e algumas vezes enriquece também materialmente.

Em 3º lugar a Teologia da Prosperidade só tem chance de ser bênção quando olhamos para 1Tm 6.9-19 e aprendemos o seguinte: a) quando não é buscada obsessivamente (v.9); b) quando não se transforma na segurança da vida (v.17); c) quando existe para estimular a espiritualidade (v.18); d) quando aponta na direção de outra riqueza (v.19).

Há vários outros equívocos na teologia da prosperidade. Se todos fossem relatados este texto seria comprido demais. Os que foram aqui mencionados servem de mostragem e de exortação, para que as Igrejas de Deus se portem como os bereanos e examinem as Escrituras cuidadosamente para não abraçar qualquer novidade, por mais atraente que ela seja.

Termino dizendo que enquanto a Confissão Positiva cria uma maneira irreal de conceber a fé e o Triunfalismo nos faz negar todo o tempo a realidade humana, o Evangelho da Prosperidade confunde uma igreja rica em solidariedade com uma igreja rica e solitária, totalmente desencarnada da dor e dos sofrimentos humanos.

milerfreitas disse...

Meus parabéns pr Carlos Roberto!

Muito coerente sua posição no debate. É interessante, poder ver e ouvir aqueles que admiramos, mas não conhecemos, como é o meu caso. Este debate serviu para aproximar os participantes dos seus leitores. Se eu já gostava do senhor antes, agora então nem se fala.

PS - Apenas uma observação referente ao comentário do irmão Alexandre Pitante: Não concordo com sua posição em relação ao pr José Barbosa, realmente ele brincou com alguns nomes, mas eu realmente acho que eles (Silas e Murdock) pediram isto, ora eles estão brincando com algo muito sério: A Palavra de Deus.

Eles estão nos chamando de bobos, pensam que somos marionetes, subestimam nossa inteligência, sabedoria, senso crítico e tudo mais.

Eu ainda não tinha visto o video do "clube do milhão", só vi hoje no programa do Silas, e fiquei revoltado com a bagunça que eles estão fazendo.

O que o pastor José fez, foi nada, comparado ao que o Silas e Murdock estão fazendo.

Não posso respeitar o nome de quem não me respeita!


Espero que o irmão entenda meu pensamento.

Pastor Carlos, se estou errado, por favor me repreenda.

Deus Abençoe!

Geziel Silva Costa disse...

O pastor Silas Malafaia mudou, e mudou muito. Tenho saudades daquele Silas de bigode, cabelos por cima dos olhos, com voz exasperada vociferando contra:

O movimento G12, que andou causando um deslocamento nas igrejas evangélicas.

A teologia da prosperidade, que desvirtuava o caminho da salvação.
O antropocentrismo, que tentava por o homem no lugar de Deus, e roubá-lo a adoração.

A guerra espiritual, que espiritualizava todas as coisas materiais.

A idolatria que sempre causou a ira de Deus.

Os televangelistas que não se preocupavam com as almas apenas com o dinheiro delas.

Há! Como tenho saudades daquele Silas! Que topava qualquer debate contra a evolução e ensinava as características apropriadas de um verdadeiro cristão, com mensagens bíblicas.

O Silas de Hoje é sem bigode, e os cabelos já não escorregam mais pela cabeça devido à calvície. Mas as mudanças que chocam, não são estas causadas pela lei da antropia.

Mas sim a mudança de posição, não é mais contra a guerra espiritual e a falácia da prosperidade, e sim defensor com sua Bíblia de Guerra espiritual e Vitória financeira.

Não fala mais contra as ganâncias dos televangelistas, mais é sócio de Mike Murdock e Cerullo, defendendo as $emente$.

As suas preocupações agora são com as arrecadações para seu programa e seu novo avião. E para todos os críticos, pastores, doutores e blogueiros, o homem tem uma bomba, o Silas realmente mudou!

(Tiago 3:12) Meus irmãos, pode também a figueira produzir azeitonas, ou a videira figos? Assim tampouco pode uma fonte dar água salgada e doce.

(Tiago 3:11) Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amargosa?

(Efésios 4:22) Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano;

(2 João 1:9 )Todo aquele que prevarica, e não persevera na doutrina de Cristo, não tem a Deus. Quem persevera na doutrina de Cristo, esse tem tanto ao Pai como ao Filho.



Mas estamos orando pelo Silas Malafaia

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro colega Pr. Luiz Fernando,

A Paz do Senhor!

Grato pelas palavras de incentivo, e me uno à sua oração, no sentido de que o Eterno livre a igreja evangélica brasileira dessa nefasta doutrina.

Sua visita aqui é sempre uma honra.

Seu conservo,
pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezado irmão e companheiro,
Pr. Flávio Constantino,

A Paz do Senhor!

Sua participação aqui é sempre muito bem vinda.

Em especial neste post, vc. enriqueceu a matéria em destaque.

Grato e volte sempre!

Um grande abraço!
Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Maximiler Fretitas,

A Paz do Senhor!

Sua participação por aqui é sempre muito importante.
Grato pelas palavras de incentivo.

Quanto a forma de se pronunciar do debatedor Pr. José Barbosa, não tenho procuração para defendê-lo, apenas quero citar aluns fatos:

1 - Os debatedores tinham independência entre si e foram conhecidos na hora. Isso dicou a cargo editoria do portal.

2 - O Pr. Barbosa tratou o assunto dentro do stúdio com a maior seriedade possível, no entanto, a ironia é uma forma de expressão peculiar dele, talvez um contraponto a maneira temperamental do pr. Silas Malafaia.

Não é o meu estilo, pois procurei ter o maior equilíbrio possível, mas na realidade cada um tem seu jeito.

Oremos!

Um grande abraço!

Pr. Carlos Roberto


Os deb

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Geziel Silva Costa,

A paz do Senhor,

Lendo seu comentário, lembro-me da passagem bíblica que nos ensina:

"Melhor é o fim das coisas do que o princípio delas; melhor é o paciente de espírito do que o altivo de espírito."

Oremos para que o nobre companheiro por vc. citado venha mudas, acredito que ainda é tempo. Depende apenas dele mesmo.

Grato pela honrosa visita,

Um grande abraço!
Pr. Carlos Roberto

Marcello de Oliveira disse...

Shalom!

Nobre Pastor e amigo! Foi um prazer estarmos juntos neste debate pela causa do Evangelho. Como sempre, sua experiência e equilibrio foram notórias neste debate.

Que O Eterno seja contigo. Sempre!

Nele, nosso maior TESOURO

Pr. Marcello

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro amigo e companheiro,
Pr. Marcello de Oliveira,

Shalom!

Louvo a Deus pela sua vida, bem como pelo seu zêlo e amor para com as Sagradas Escrituras.

Foi um privilégio podermos contribuir junto para a defesa da fé uma vez entregue aos santos.

Um grande abraço!
Pr. Carlos Roberto

Eliana Penna disse...

A paz do Senhor...
Muito esclarecedor este primeiro debate, ajudando-nos a entender sob a luz do evangelho o que está acontecendo no meio cristão.
Parabéns pela postura ética e coerente do pastor.
Deus continue o abençoando.

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezada Eliana Penna,

A Paz do Senhor!

Que bom que vc. foi edificada.

Ore pelo Pr. SM e também por nós!

Um grande abraço!
pr. Carlos Roberto

Alexandre Pitante disse...

Paz do Senhor, Pr. Carlos.

Venho novamente postar outra observação em relação a este assunto, tendo em vista ao comentário do nobre Pr. Maximiler Freitas em relação a meu posicionamento do Pr. José Barbosa.

Quero aqui afirmar que não conheço o nobre Pr. José Barbosa pessoalmente, logo não posso postar aqui, algo contra o caráter dele. Porém, estou me posicionando a respeito do que vi e muitos virão e verão pela internet. Pois Pr. José Barbosa se postou assim:

1º A começar pela sua postura visual, ir de CHINELO de dedo e CAMISA com os botões de cima desabotoados. Ora, não sou psicólogo, mas, já li algo na psicologia de que somos o que vestimos. Aí já vemos a “tamanha seriedade” com que ele tratou o assunto.
Ou não pararam para pensar ainda que esse Debate ira sem Duvida ser visto por milhares de pessoas no Brasil e por que não dizer no mundo via YOUTUBE, SITE’s e BLOG’s.

2º Não estou aqui querendo desmoralizar o Pr. José Barbosa e nem defender o Pr. Silas eu só penso que assuntos sérios tem que ser tratados com seriedade. Simplesmente estou falando do que vi. E Pr. José Barbosa brincou com o nome de Silas e Murdock e isso não se faz. “Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós” (Mt 7.12). Por mais que Silas chamou alguns blogueiros de tudo quanto é nome ele não expressou nome próprio de ninguém. Disse o que era os blogueiros, mas não disse quem era os blogueiros, entendeu. Ou seja, não citou nome de ninguém, mesmo que digam que pra bom entendedor meia palavra basta.

E em relação ao que disse nobre Maximiler Freitas que Silas pediu pra que isso ocorresse, essas brincadeiras com o nome dele. Sabe, Pr. Carlos nós humanos temos uma facilidade de esquecer acertos de alguém, principalmente quando este é meu desafeto ministerial, porém uma facilidade de lembra erros. Estamos nos esquecendo de tudo o que Silas fez em prol do evangelho. Silas esta errado? Esta! Mas a nossa postura tem de ser de joelhos intercedendo por esses homens que um dia deram trabalho para o inferno, virem a pregar e viver da mesma maneira que viviam e pregavam.

Temos rejeitar e combater tal doutrina errada, a saber, a da PROSPERIDADE, porém o assunto em pauta é a doutrina e não a pessoa do Silas, não posso aproveitar da situação e fazer disso um ataque pessoal.

Sabe Pr. Quando Deus irá abençoar mais as nossas Vidas quando isso ocorrer, Leia:

“Então clamarás, e o Senhor te responderá; gritarás, e ele dirá: Eis-me aqui. Se tirares do meio de ti o jugo, o estender de dedo, e o falar iniqüidade;” Is 58.9.

Temos que rejeitar a Doutrina das Sementes e a da Prosperidade e combate-las. Porém alguns estão de maneira equivocada aproveitando o gancho para fazerem disso uma guerra pessoal e carnal. E nossa luta não e contra carne e sangue e sim contra principados e potestades.

Desculpe o tamanho do comentário, mas era preciso.

Abraço em Cristo, Alexandre Pitante.

Blogueiros Cristãos disse...

Pastor Carlos Roberto. Paz do Senhor!

Achei brilhante a sua colocação. gostei bastante da entrevista e achei que o senhor se saiu muito bem.

Precisamos de pessoas como o senhor na blogosfera para dizer "não" às novas doutrinas que querem distanciar da linhagem bíblica e dos costumes da nossa centenária Assembléia de Deus.

Concordo com o Alexandre sobre o pastor que não procedeu com ética na entrevista, sabendo que o caso deve ser levado mais a sério.

Sabemos que em meio à tantas coisas todo mundo fica querendo saber a sua posição. Mas em todo o lugar onde lhe acompanho, seja aqui no blog ou em comentários de blogs de amigos seus, não tens distanciado de sua forma de pensar.

Deixo aqui o meu apreço à sua pessoa como uma das mais preparadas à atuar nesta área e feliz por ter mais um blogueiro cristão em defesa do evangelho.

Cordialmente,

Lucas M Junior
Editor da CNBC

João Calvino disse...

Muito bom o debate! Parabéns! Exceto pela infeliz e repetida afirmação dos livros de História sobre o calvinismo e o capitalismo.

Veja que as afirmações de Calvino vão na direção contrária ao que é repetido hoje.

Faria bem que os nossos pastores começassem olhar novamente para Reforma Protestante o seus ensinos provenientes da redescoberta das Escrituras:

Seguem trechos das Institutas, a opus magna de Calvino. Bastaria a primeira frase dele, mas outras reforçam a idéia:


“A fé não promete longevidade,nem honra,nem riquezas…nada disto o Senhor nos destinou; Deus no entanto jamais nos haverá de faltar.”


“Nada reconhecessem ser mais oposto ao ofício de pastores que esplender e enfatuar-se nos regalos das mesas…nos palácios magníficos.”

“Que nutram justa preocupação pelos templos vivos, que antes permitam que pereçam de fome muitos milhares de pobres.”


“A liberdade cristã não propicia os excessos da ostentação e do luxo.”

“Que todos se lembrem de que são por Deus alimentados para que vivam, não para que se esbaldem no luxo.”


“Não podes negar aos homens que agora se acham diante de ti carecendo de tua ajuda, não tens motivo algum para que te furtes a assisti-los.”

“…desviando assim o que era para ser distribuído aos pobres.Assim sendo neste sorvedouro são tragadas as esmolas de cada dia.”

“Terão eles vergonha de rejeitar o que Jerônimo adiciona logo a seguir, que a glória do bispo é prover os haveres dos pobres.”


“Que responderão àqueles decretos…nos quais se estatui que o bispo tenha uma habitação não distante da Igreja, mesa e mobília baratas?”

“Portanto, Cristo certificou que na pregação do evangelho nada fosse dos apóstolos, senão o ministério.”

Anônimo disse...

Pr Carlos Roberto
Graça e Paz

Diz a Biblia: "Quanto melhor é adquirir a sabedoria do que o ouro! E mais excelente, adquirir a prudência do que a prata!" Pv 16.16
Infelizmente estamos vendo uma distorção da palavra de Deus. Hoje ouvimos muito sobre a aquisição do ouro e pouco sobre como ser uma pessoa plena por meio da graça.
Que saibamos ter prudência para ganhar almas e povoar o Reino de Deus com homens e mulheres que se aperfeiçoam por aprenderem de Deus o caminho da sabedoria, mais valiosa do que ter, ter e ter...
Parabens, pois prudentemente falou o que todos precisam ouvir.

Pra Graça de Oliveira

Alípio Fernandes disse...

Graça e Paz Pr. Carlos

Parabéns pela sua postura na entrevista (debate é quanto as duas partes estão presentes opondo-se uma a outra opinião.

Só gostaria de saber se fosse "outro" que estivesse com esses desvios doutrinários, qual seria a posição da CGADB?

Quanto ao postura do Pr. José Barbosa, foi simplesmente ridícula. Ele deveria apresentar argumentos bíblicos e Teológico (como o fez os Pastores Carlos Roberto e o Marcelo Oliveira).

Sobre a questão que o Pastor colocou sobre VOTO, quero informar que no início da minha fé realmente era assim. Inclusive quando a Igreja de Cubatão (AD) estava em construção fiz um voto, obtive a resposta do Senhor Jesus e não titubiei em cumprir o que Votei. ( isto foi sem influência do meu amado pastor Josias de Almeida ou de qualquer outro pastor . Foi totalmente voluntário)



Abraços

Alípio Fernandes

Santo André/SP

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Alexandre Pitante,

A Paz do Senhor!

Suas colocações trazem moderaçào e prudência ao debate.

Veja que em um dos vídeos faço menção do inegável trabalho desenvolvido pelo nobre Pr. Silas Malafaia.

O que acontece meu amado, é que apologia é uma pasta do ministério, que precisa ser desenvolvida com conhecimento, firmeza e amor. Sei perfeitamente que é coisa, às vezes difícil de conciliar.

Qero confessar que, quando preciso me manifestar em situações como esta, imagino ser uma espécie de atirador de elite, que precisa defender o refém, mais fazê-lo de uma maneira que o tiro não seja fatal no sequestrador, afinal ele precisa viver para se defender e condenado se for provada sua culpa.

Na realidade o contra ataque e para a Teologia da prosperidade, quanto aos seus difusores, ainda há esperança, motivo pelo qual temos mesmo que fazer o que for necessário, mas com todo cuidado, afinal de contas a linha é tênue!

Por isso muitos são contrários a tal teologia, mas se omitem para não se expor.

Oremos por todos os envolvidos.

Grato pelas observações.

Seu conservo,

Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezado Lucas M Júnior,

A Paz do Senhor!

Grato pela visita e comentário com palavras de incentivo.

Preciso das suas orações para que esteja sempre no centro da vontade do Senhor!

Volte sempre!
Um grande abraço!

Seu conservo,
Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro João Calvino,

A Paz do Senhor!

Suas observações são pertinentes, no entanto devem ser debitadas ao seu emissor, pois no debate, a responsabilidade é individual de cada debatedor por suas respostas.

Concordo plenamente com o irmão, afinal, essa discordância existe em virtude de situaçào isolada.

Quanto ao todo, vc. já trasncreveu o que a história registra.

Muito obrigado!
Suas anotaçòes enriqueceram o debate aqui neste blog.

Um grande abraço!

Seu conservo,
Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezada Pra. Graça,

A Paz do Senhor,

Grato pela sua honrosa visita e também a parabenizo pela visão realista do Reino de Deus.

Volte sempre!
Seu conservo,
Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Pb. Alípio Fernandes,

A Paz do Senhor!

Primeiro o debate foi marcado e convidadas partes com visões antagônicas a respeito do assunto.
Com vc. verifica no primeiro vídeo, o moderador comunica que os convidados que defendem a teologia da prosperidade, todos abriram mão da participação, isso é lamentável, pois falar sozinho pela TV, me parece ser mais facil.

Quanto a CGADB, não vejo ação com ninguém nesse sentido, seja ele famoso ou não. Se não se age com quem está na mídia, imagine então com aqueles que estão no anonimato.
Não consigo enxergar instrumentos para tanto, mas isso também é lamentável.

Quanto ao pr. José Barbosa, creio que vc. o conheça, o conteudo do que ele defende é igual ao nosso, mais a forma de transmití-lo, é no mínimo humorística. Oremos por ele e também aconselhemos em situação oportuna.

Grato pelas palavras de apoio.

Preciso das suas orações!

Um grande abraço!

Seu conservo,
Pr. Carlos Roberto

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Prezamado pr. CArlos Roberto,

A paz do Senhor!

Sou grato a Deus por este novo acontecimento "INTERNÉTICO".

Acontecimento este, que serviu para medir a responsabilidade de cada participante, bem como, o futuro deste acréscimo à disposição de cada Editor de Blog, que hoje, pertence a uma grande massa cristã, e permite somar ou diminuir sentimentos de muitos à deriva dentro das próprias igrejas.

Igrejas estas aprisionadas a líderes sádicos em suas pregações, que somente destroem a sensibilidade dos que buscam, em alguns casos tato-a-tato a justiça de Deus. Sentem fome e sede de justiça, e não são corretamente alimentados.

A sua presença, pastor Carlos Roberto, foi de honra aos CRENTES que presenciaram a presença de seriedade e responsabilidade, diante deste tema, bem como, aos que virão a seguir.

Concordo com a denúncia do amado Alexandre Pitante, quanto ao pr. José Barbosa.

Creio, que não podemos entrar pelo estilo "caminho da graça", e manter uma postura que com certeza, o Apóstolo de Verdade chamado de Paulo, não o faria. Penso eu!

Vide exemplo no Livro de Judas 01:09:

"Mas o arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo, e disputava a respeito do corpo de Moisés, não ousou pronunciar juízo de maldição contra ele; mas disse: O Senhor te repreenda."

Diante de uma audiência firme e vulnerável, carecemos da mesma referência requisitada ao estarmos em um púlpito. O assunto é sério... muito sério! Vale a pena refletir!

Agradeço a Deus também, pela presença do nosso amigo pastor Marcello de Oliveira, que em sua juventude, demonstrou o motivo por estar nesta primeira apresentação deste novo evento.

Saudações ao Danilo, e que Deus o sustente neste propósito com sabedoria e conhecimento.

O Senhor seja contigo amado pastor,

O menor de todos.

Alcir Ubirajara Trindade, Pr. disse...

Pr. Carlos Roberto,

Sou grato a Deus, ainda há homens probos na terra.

Parabenizo o amado pastor, vejo com tristeza os retiros "espirituais", onde se mostra com muita ênfase a folguedos e abundante lazer. Tanto conforto e distração que não se anela pela vinda de Jesus. Penso ainda, se Cristo, sabendo que seu ministério seria de 3 anos (aprox.), quisesse fazer tudo sozinho, teria feito campanhas entre os discípulos para compra de muitos barcos, muitos burrinhos. Ecles. 9.10a: "Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as TUAS FORÇAS". Creio, para que não se tosqueia a ovelha, de forma a arrancar o couro e ainda se coma a carne.

Que o Senhor Jesus nos ajude a pregarmos o Evangelho da cruz.

Pr. Alcir Ubirajara Trindade

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezamado pr. Newton Carpintero,

A Paz do Senhor!

Sua presença aqui é sempre muito bem vinda.

Agradeço as palavras de incentivo e registro meu sincero respeito pela seriedade com que trata tema de tamanha importância para a Igreja do Senhor!

Que o Eterno continue te guiando como voz profética em nosso tempo.

Um grande abraço!

Seu conservo,
Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Pr. Alcir Ubirajara,

A Paz do Senhor!

Sei que homens com a sua formação ministerial, devem sofrer muito com as aberrações do nosso tempo.

Sua atitude é um alento para os obreiros mais novos, como eu por exemplo.

Grato pela participação.

Um grande abraço!

Seu conservo,

Pr. Carlos Roberto

Matias Borba disse...

Meu Pastor,
A Paz!

Como sempre me posiciono em atitudes nobres, resta-me dizer que sua atitude, bem como a do Pr. Marcelo Oliveira não me surpreende em nada, mas me deixa mais adimirado com vosso copromiso com a doutrina do Senhor e sua defesa.

Deus é bom, e mostrará para quem quiser ver, que essa praga da teologia da prosperidade só produz egoísmo, e não uma vida que se doa pelo próximo.

Um abraço amado, estamos juntos na defesa de fé que muda o interior do homem, e não o seu bloso como prioridade!

PR MAURICIO BRITO disse...

Parabens pr Carlos Roberto, as suas afirmações foram convictas, o senhor se portou como verdadeiro servo de Deus, e o mais assembleiano; porém discordo dos outros dois que fizeram parte do debate, foram muitos sem convicção e o mais não se protaram como PATORES, a comecar pelo estilo estético, em segundo lugar fizeram ataque a pessoa do pr silas; eu não comcordo com a teologia da prosperidade fatalista como esta sendo pregada pelos convidados do Malafaia; mas, vejo muitas virtudes no Pr Silas Malafaia; e para concluir, eu particularmente não vejo muitas vantagens em pastores ir para televisão e usar a internet para tentar denegrir a imagem dos colegas; nos pastores temos um orgão maior para que possamos prestar as nossas contas.
e o mais parabenizo pelo seus esforço. abraços

Marcello de Oliveira disse...

Shalom!

Pr Carlos, ilustre amigo, permita-me dirigir a palavra ao Pr Maurício Brito, quando disse:

"[...] os outros dois, foram sem convicção e não se portaram como pastores".

Prezado irmão Maurício, o irmão tem uma convicção maior que a Bíblia? Tudo que disse falei embasado nas Escrituras. O irmão conhece alguma fonte maior de autoridade?

Por gentileza, me mostre onde ataquei o Pr Silas.... onde dirigi à ele a palavra de forma desrespeitosa?

E como não me portei como um pastor? Tome cuidado meu irmão. Tenha bom senso ao emitir opinião.

Pr. Carlos Roberto tem acompanhado meu ministério, pergunte a ele o que ele tem para falar da minha pessoa - ok

Nele, cuja presença falo

Pr. Marcello

Anônimo disse...

Prezados Irmãos e Irmãs,

Apesar de praticamente ser um desconhecido, e uma "criança" de tantos servos e servas de experiência e anos de ministério, eu ouso escrever aqui meu comentário, sem se quer ouvir os vídeos postados.
Eu não tive júbilo na alma ao ver tal programa do Pr. Silas Malafaia com Pr. Mike Murdoc, mas também não entre em depressão; pois além de não ter tal quantia, se tivesse não faria tal oferta pois tenho dúvidas acerca deste tipo de "benção" outorgada por vias financeiras.
Mas quero me atentar ao tal Clube, se o dinheiro recebido fomentar tais trabalhos e verdadeiramente alcançar os frutos, que são almas salvas(entenda-se: almas que se converteram a Jesus Cristo de livre e espontânea vontade), e se chegar na tal 1 milhão de almas convertidas: eu me pergunto, de que servirão nosso comentários de hoje?
No projeto Minha Esperança os números eram ambiciosos, e o recatado resultado foi deixado de segundo plano pois envergonha os evangélicos do Brasil, mas se der certo esta estratégia (eu me foco apenas na salvação de almas, que ouviram pelas cruzadas, programas e mídias), que poderemos algumentar? Que Silas e Mike salvaram, ou Jesus? As pessoas foram atrás dele? Colacaremos em dúvida a salvação de 1 milhão de almas? Peitaremos a Deus neste patamar?
Por um lado é bom ter a instrução, e alertar ao povo, por outro lado melhor aguardar o resultado. Ainda acho prudente fazer como Davi, que teve a chance de matar o Rei, mas lembrar-se de que "quem poderá levantar a mão contra o ungido do Senhor".
Por hora, eu apenas assisto, não contribuo, me reservo a orar, e as afirmações que faço, fica em secreto, pois se em público afirmamos e cobramos, em público seremos cobrados.
Como disse, teci este comentário sem assistir os vídeos, pois o que está gravado em meu coração não mudará por enquanto.
A paz esteja com todos. Este blog continua sendo uma benção ! Parabens Pr. Carlos.

Marlos Mota.
IEAD - Belenzinho/SP

Blogueiros Cristãos disse...

Caro Irmão Marlos Mota.
IEAD - Belenzinho/SP

Como eu também fiz comentários aqui, tenho o direito de falar diretamente com a sua pessoa.

Quando há uma onda de boatos no Congresso Nacional e principalmente quando envolve deputados, senadores, e outros que possuem cargos, prontamente reúnem-se para se abrir uma CPI que investiga através de recolhimentos de provas, e vídeos são uma delas.

Quando o senhor fala que não assistiu aos vídeos da entrevista, nem as outras que foram gravadas com o Silas pedindo dinheiro para a campanha, percebo que o senhor não está habilitado à comentar nada, nem repreender ninguém. Melhor seria que o senhor tirasse um tempinho, olhasse os vídeos postados (No Youtube tem diversos - e não é montagem), poderia com certeza voltar aqui e dar a sua opinião.

Aqui e na blogosfera ninguém está jugando ninguém.Como não estamos gostando do que está acontecendo em nossa queirda igreja (nossa casa)e não estamos felizes com o comportamento do nosso querido Silas que antes tinha outro comportamento, nós temos o direito de falar. Somos ouvintes, conrtibuintes e irmãos.

Meu pai é presbítero da AD Recife e há pouco cuidou de 11 congregações. Fizemos uma campanha para ganhar almas, e alcançamos mais 200 em uns dois meses. Pergunte-me quanto foi em R$ que lucramos que eu lhe respondo: Joelhos no chão, jejuns e oração. Montamos equipes e ganhamos almas. Eu sei que às vezes, como no caso do Silas se envolve dinheiro, para pagar programas... mas ninguém venha trocar 1 milhão de reais por 1 milhão de almas, pois não tem lógica.

O descontentamento dos blogueiros na blogosfera traz uma esperança em que um dia tudo vai voltar ao normal. Estamos orando para que isto acontece no mais rápido possivel.

Lucas M Junior

Robson Aguiar disse...

Pr. Carlos Roberto,

É uma satisfação voltar a comentar nesse importante Blog. Quanto ao debate, achei por demais interessante. Pena o Silas não ter aceitado o convite para participar.

Agora, se me permite, farei algumas colocações.

Quanto aos debatedores, todos foram muito bem na minha opinião. Cada um com seu estilo e cabedal de conhecimentos. Mas, quero destacar o senhor, que penso ter feito colocações mais pertinentes e oportunas.

Quanto ao traje do pastor José Barbosa. Penso que o ambiente pedia uma roupa mais formal. Entretanto, não acho que suas vestes interferiram em suas palavras. Também em relação a sua maneira de falar, apesar do assunto ser sério, não quer dizer que não podemos usar em dado momento de ironia. Pois para quem tem conhecimento (Silas Malafaia) e usa esse conhecimento para o MAL, Deve ser tratado com ironia sim senhor. Veja como Deus tratou os injustos Juízes, Sl 82.

O próprio Cristo usou por vezes de ironia com os falsos religiosos de sua época. Respondeu-lhes Jesus: “Não está escrito na vossa lei: Eu disse: Sois deuses”? Jo 10.34. Eles eram doutores da Lei.

Silas Malafaia está na posição de falso profeta na atualidade. Observem como Elias Tratou os tais, "Gritai mais alto; pois, sendo um deus, ele pode estar conversando ou fazendo negócios; ou então, viajando; talvez esteja dormindo e acordará". Isso não é ironia? I Rs 18.

Quanto ao que já fez Malafaia em pro do evangelho, eu concordo que o mesmo prestou um grande serviço. Keneth Hagin, Benny Him, Moris Cerullo, também fizeram. Entretanto, Fico com o Apóstolo Paulo que disse,
“Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema”. Gl 1.8

A não ser que os nobres debatedores me digam que Malafaia está pregando o genuíno evangelho. Se não, Anátema nele. Não tem meio termo. Deus não se agrada de quem fica em cima do muro. Ou quente ou frio.

O povo está sendo destruído por causa dessas pessoas. Nós não podemos defendê-los. Temos que ser firmes em nossas colocações, elogiar Silas nessa hora é procurar respalda-lo. Não concordei com a publicação da Dake pela CPAD, não pelas heresias que lá continham, mas, sim, pelo autor dos comentários ser herético. Assim, sendo apóio plenamente o comentário do Pastor José Barbosa.

Quanto ao pastor Marcelo, achei que ele foi bem e citou versículos que fundamentaram seus comentários. Sua postura foi digna de elogio e não entendo por que alguém ainda o criticou.

Quanto ao fato de citar o nome de SILAS MALAFAIA, quero dizer que ele é um homem publico, que vez por outra usa seu programa para tecer críticas aos seus desafetos, Além disso, está pregando heresias. Paulo citou Demas, Cristo Citou Nicolau. Além desses foram denunciados Ário, Apolinário, Nestório e companhia. Portanto os livros de história da Igreja estão repleto de nomes citados pelo autor do livro.

Quanto ao pastor Carlos, fez jus ao nome de apologeta. Parabéns!

Quanto ao Danilo, achei que ele ficou meio tímido diante dos debatedores. Embora sua posição fosse de mediador. Espera que fosse mais cômico. Pois tem se destacado nessa área. A propósito, O pastor José Barbosa Genizou nesse debate. Risos.

Enfim, espero que debates como esse, sejam constantes da Blogosfera.


Pr. Robson Aguiar

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Prezamado pr. Carlos Roberto,

A paz do Senhor!

Permita-me amado, o direito de comentar, entre as linhas do texto do pastor Maurício Brito copiado abaixo:

Prezamado pr. Mauricio Brito,

A paz do Senhor!

Aproveitarei o seu comentário para entre as linhas do seu texto, poder interferir em algumas de suas convicções e poder ser de alguma forma útil:

PR. MAURICIO BRITO: Parabens pr Carlos Roberto, as suas afirmações foram convictas, o senhor se portou como verdadeiro servo de Deus, e o mais assembleiano;

NEWTON CARPINTERO: Com certeza o nobre pastor Carlos Roberto, se portou como um servo de Deus e de grande valor, com a demonstração de muita coragem, em um programa que tenta desvendar os mistérios que envolvem certas situações dentro da igreja.

Somente discordo desta sua comparação ou afirmação: "como um verdadeiro assembleiano."

Seria melhor ter dito como um verdadeiro servo de Deus e só!

Para ser servo de Deus é necessário que seja um verdadeiro assembleiano? Ou não percebeste que existe hoje, uma grande confusão em nosso meio. E, esta, destrói espiritualmente, a várias igrejas e principalmente - aproveito o momento oportuno, para citar a vergonhosa apresentação do Gideões de Camboriú.

Sinto vergonha, muita vergonha, deste evento e somente, não me desfaço do título assembleiano, por que existem ainda alguns 7.000 que não se dobraram a baal. Verdade?

PR. MAURICIO BRITO?: porém discordo dos outros dois que fizeram parte do debate, foram muitos sem convicção e o mais não se protaram como PATORES, a comecar pelo estilo estético, em segundo lugar fizeram ataque a pessoa do pr silas; eu não comcordo com a teologia da prosperidade fatalista como esta sendo pregada pelos convidados do Malafaia;

NEWTON CARPINTERO: Não conheço, de fato, o pastor José Barbosa, e posso afirmar da sua injustiça com o pastor Marcello de Oliveira, como exemplo de homem de Deus, que possue, não somente as suas convicções, mas possue a seriedade que vale a pena à igreja atual.

Exijo respeito e verificação no seu sentimento, quanto ao homem servo pastor Marcelo de Oliveira, digno de ser chamado e respeitado, como um que paga as dívidas com a igreja em suas pregações e na sua busca pelo melhor do relacionamento do homem com Deus.

Pelo contrário, penso que ele, o pastor Marcello de Oliveira, deveria ser mais duro mediante a atual situação da igreja, e ser mais distribuidor dos conhecimentos fornecidos pelo seu esforço, e pela presença do Espírito Santo de Deus em sua vida. Tenha certeza disto!

PASTOR MAURÍCIO BRITO: mas, vejo muitas virtudes no Pr Silas Malafaia;

NEWTON CARPINTERO: As virtudes existem, e não afirmamos o contrário. As virtudes estão sofrendo pela nova maneira do seu procedimento. Este em detrimento da verdade e da projeção destas heresias que agridem ao intelecto de qualquer ser vivente e CRENTE.

continua.....

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

..........continuação,



PASTOR MAURICIO BRITO: e para concluir, eu particularmente não vejo muitas vantagens em pastores ir para televisão e usar a internet para tentar denegrir a imagem dos colegas;

NEWTON CARPINTERO: Prezado pr. MAURÍCIO BRITO, por favor, repense a sua atitude e verifique com segurança, esta sua afirmação que atinge o que o Senhor, nosso Deus, que tem preparado, nestes últimos dias do Final dos Tempos.

Para o seu conhecimento, creia e entenda, que qualquer tecnologia, será para o melhor resultado do evangelho de verdade em combate as heresias.

Tente desenvolver o seu conhecimento nesta área, e ore ao Senhor, para que lhe dê uma melhor visão dos fatos no mundo, e se possível, utilize deste instrumento que produz em velocidade sobrenatural, a divulgação do mal e do bem acontecido à igreja.

PR. MAURICIO BRITO: nos pastores temos um orgão maior para que possamos prestar as nossas contas.

NEWTON CARPINTERO: Infelizmente, parece que esqueceram deste orgão que deveria estar provocando a separação das heresias e pelo contrário, muitos estão devendo uma resposta coerente ao CADA UM POR SÍ! Ou não?

Uma nova convenção está a caminho. Quem duvida?

O Senhor seja contigo!
......................

O Senhor seja contigo, nobre pastor Carlos Roberto!

O menor de todos.

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Matias Borba,

A Paz do Senhor,

Ainda bem que vc. apareceu, amigo!

Grato pelo seu comentário sempre equilibrado e na defesa da sã doutrina.

Prossigamos para o alvo...

Um grande abraço!

Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Pr. Maurício Brito,

A Paz do Senhor!

Grato pelas sua honrosa visita e comentário, no qual demonstra que entendeu minha linha de pensamento.

Repito aqui, que os participantes do referido programa, tiverem independência para seus pronunciamenos, de forma que cada um responde pelas suas falas, no entanto, como estive presene in loco, posso interepretar melhor algumas coisas:

Quanto ao pr. José Barbosa, não tenha dúvida que seu pensamento não distoa do nosso, apenas sua forma de se expressar é no mínimo irônica e isso desagrada alguns, mas entendo ser uma questão de performance, eu particularmente escolho outra linha, no meu entender mais coerente com minha própria maneira de ser.

Quanto ao pr. Marcelo de Oliveira, talvez o amado não o conheça, mas eu o conheço pessoalmente e muito bem. Tem ministrado a Palavra de Deus, tanto na Igreja onde pela misericórdia de Deus dirijo, bem como nas do Ministério onde pelo favor do Senhor sou Vice Presidente e em diversas igrejas filiadas à convenção onde coopero como Vice Presidente Executivo.

A linha do Pr. Marcello de Oliveira, sempre é a do embasamento bíblico, até mesmo em conversas informais, e igualmente não foi diferente no referido debate.

Com todo respeito, não consegui visualizar qualquer ataque em suas inserções. A bem da verdade, se o pr. Marcello tivesse mais tempo, com certeza teria aprofundado muito mais o embasamento bíblico, pois graças ao Eterno não lhe falta conhecimento e memória para tanto.

Estou explicando isso, pois às vezes, as coisas podem não terem sido tão aclaradas na hora da edição, mas ainda assim, creio que não houve por parte do pr. Marcello qualquer intenção nesse sentido.

Quanto as virtudes do Pr. Silas, creio que já me manifestei no debate, o que coincide com o que o amado pois em evidência.

Quanto ao seu comentário, creio que é assim que vamos evoluindo em tudo o que é necesário.

Um grande abraço!

Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro amigo e companheiro
Pr. Marcello de Oliveira,

Aqui vc. tem toda a liberdade para defender seu ministério e forma de agir.

Sou testemunha ocular do seu respeito para com todos os companheiros de ministério, bem como pelo seu zêlo para com a sã doutrina.

Qualquer mal entendido, creio que agora está sendo aclarado para o nosso comentarista Pr. Maurício Britto.

Um grande abraço!
Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro amigo e companheiro Marlos Motta,

A Paz do Senhor!

Seu comentário por aqui, honra em muito este singelo blog.

Como um dos coordenadores denomincionais do Projeto Minha Esperança Brasil, tive o privilégio de conhecê-lo pessoalmente, bem como testemunhar seu empenho pela salvação das almas.

Na realidade, Marlos, a questão tese não envolve as contribuições para uma visão evangelística apenas, até porque nesse caso é justa.

O que ocorre é a nova metodologia apresentada, que faz com que a pessoa contribua como se fosse um investimento, nesse caso até quem não tem interese em salvação de almas, poderá fazer a contribuição com motivações escusas ao verdadeiro propósito.

Essa é a tese, ou seja, a inversão de valores.

Televisão se faz com dinheiro, e muito dinheiro, e no caso da pregação do evangelho, só mesmo o povo de Deus para contribuir, no entanto, no meu entender essa solicitação deve ser objetiva e direta, sem a criação de subterfúgios que tragam elementos estranhos à nossa doutrina.

Sua participação aqui sempre agrega valores.

Um grande abraço!

Seu conservo,
Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Lucas,'

Graça e Paz!

Creio que o amigo Marlos assistirá os 6 módulos do programa e tirará suas dúvidas.

Um grande abraço!

Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro pr. Robson Aguiar!

A Paz do Senhor!

Seu comentário corrobora a maioria dos postados anteriormente, e coloca com veemência, sua visão apologética do assunto.

Reitero que sua interpretação foi realista quanto a modo de se pronunciar de cada debatedor, o que não trouxe discordância quanto ao teor dos pensamentos.

Grato pela contribuição,

Um grande abraço!

Seu conservo,
pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezamado pr. Newton Carpintero,

A Paz do Senhor!

Creio que suas explicações aclararam melhor ao Pr. Maurício Brito, o que talvez não o tenha com a gravação.

Um grande abraço!
Pr. Carlos Roberto

José Carlos Magalhães, Pr. disse...

Mensagem via Rede Plaxo:

"Parabens Pastor Carlos, estamos satisfeitos com o perfil assumido pelo prezado companheiro diante do disparate teologico dos pregadores da prosperidade, e, considerandio o momento em que denunciar erro teologico constitui motivos de criticas e descaso de muitos chamados evangelicos, glorificamos a Deus por sua atitude como representante legitimo de uma convenção como a COMADESPE vejo que ainda temos os "sete mil que não dobraram os joelhos". Que Deus te ilumine e dê graças sempre... parabens mais uma vez

Pr. José Carlos Magalhães
São Miguel Paulista - SP"

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezado amigo e companheiro,
Pr. José Carlos Magalhàes,

A Paz do Senhor,

Grato pela honrosa visita, bem como pelo incentivo à defesa da fé!

O Senhor te recompense.

Volte sempre!

Um grande abraço,

Seu conservo,
Pr. Carlos Roberto

Danilo Fernandes disse...

Ola prezados blogueiros apologéticos!

Após ler as considerações gerais, agradeço as palavras de todos e ressalto que meu papel neste programa é de moderador e facilitador, convidando as pessoas que representem os diferentes matizes e pensamentos.

Na minha opinião foram todos muito bem e representaram a média das posições, cada qual ao seu estilo.

No fim das contas, a teologia da prosperidade foi refutada biblicamente, devidamente esclarecida aos néscios e até mesmo as brincadeiras do nobre Pr Jose Barbosa representam o que muitos pensam.

Acho que o Pr. Silas merece respeito, mesmo que não tenha se dado ao respeito ultimamente, alem de ter xingado de bandidos e outros adjetivos aqueles que discordam de sua doutrina espúria.

Foi lha dada chance de se apresentar e, mesmo não contando com sua presença tratamos de ir até a AD Bom Retiro recolher opiniões por lá. Mais justo impossivel. Todos ressaltaram seu mérito passado e lamentaram suas escolhas. A conclusão final é a direção paulina, a qual não se discute, ao menos entre bereianos que somos: Seja anatema.

Opiniões não fundamentadas na bíblia, mas no interesse humano, são como foi dito aqui mesmo, irrelevantes.

Pr. Newton, espero contar com sua presença em debate futuro, estando no Brasil basta avisar! Será uma honra recebê-lo no OGalileo;

Robson, eu gostaria de ser mais "eu" no debate, mas meu papel ali era ser ponderado e dar a todos oportunidades iguais. Minha ingerência era planejar, convidar, mediar, editar e orar!

Neste debate convidei apenas Assembleianos, pois o assunto é pertinente a esta denominação, por conta do personagem tratado.

Nos debates futuros procurarei trazer debatedores de todas as denominações de ortodoxos a heterodoxos, incluido irmãos com os quais nada concordo. Mas creio que neste expectro amplo de opinioes sinceras, a igreja cresce em Amor, corpo e conhecimento.

Em primeira mão, informo:

Os proximos debates serão sobre divorcio - contando com a presença de Hernandes Dias Lopes, Pr Carlos Oswaldo do Palavra da Vida e Carlos Bregatim do Caminho da Graça. Vai ser interessante ver estes senhores discorrendo sobre o tema.

Depois disto, temos programados debate sobre eleições, Louvor (quando pretendo contar com a presença do Pr. Ciro Zibordi) e mães e pais de oração.

Um abraço a todos em Cristo,

Quem tiver ideias me envie. Fico grato. O objetivo é o Reino.

Danilo

Danilo Fernandes disse...

Pr Luiz Fernando.

Que capacidade de observação. Pensei que só eu iria ver isto na logo que criamos.

Espero poder contar consigo em debate futuro.

Paz e Bem

Danilo

Robson Aguiar disse...

Erratas

Em tempo,onde se lê "estão repleto" leia-se "estão repletos" onde se lê "espera que" leia-se "esperava que" e onde se lê "Constantes da" Leia-se "constantes na"

francisco disse...

Belo debate, muito bom , discordo apenas do modo ironic de um dos pastores que perdeu um pouco o foco e deveria trer sido mais objetivo centrado na biblia mas respeito o modo dele falar
AQUI NO CEARA fazemos o evangelismo pessoal que na minha opniao e o mais eficaz com um acompanhamento do recem converso
Nao gastamos um real para ganhar almas, gastamos joelhos, lagrimas e chinelos para caminhar
Pastor CARLOS vai orando varao pode crer os fãs e adeptos desse falso evangelho vao pédir a tua cabeça, mas fico feliz pois ainda tem homens que honram as calças que vestem , como dizemos no ceara, cabra macho, **no proximo debate poderiam ** contestar os versiculos usados pelo malafaya e seus comparsar americanos?

PR MAURICIO BRITO disse...

Ola Pr Carlos

Respondendo o Pr Newton Carpintero.

1. Pr Nilton quando eu disse que o Pr Carlos Reborto se portou como um VERDADEIRO ASSEMBLEIANO; era para mostrar e para destinguir dos FALSOS ASSEMMLEIANOS; porque lamentavelmente existem os falsos assembleianos, como o sernhor mesmo cita no comentariopor que existem ainda alguns 7.000 que não se dobraram a baal.; e no meu entender o pr carlos foi muito feliz em suas afirmaçõs;um verdadeiro servo de Deus.

2. Quando Disse que foram muito sem convição: Convicção a qual citei não são convicções pessoais de fé; e falta de convicção no debate, o que isto não tira a espiritualidades deles; o que disse é que eles precisavam ser mais firmes no debate. Quando ao estilo estético, eu pessoalmente acho que os patores deveriam apresentar mais elegante, mas isso é relativo a pessoa e que não contribui em nada para o aumento da espiritualidade; eles foram espirituais. Qaundo disse que fizeram ataques ao pr Silas; foram ataques indireto, e isto se formos buscar o fundo historico de varios lideres Brasil afora e mundo iremos ver um fundo de teologia da prosperidade, mesmo que seja sucinta ou malfadada em meio uma otima mensagem.

3. Pr Nilton quando disse que vejo muitas virtudes no Pr Silas Malafaia; não significa dizer que concordo com certas atitudes dele; como por exemplo a Teologia da properidade fatalista pregada por seus convidados; a meu ver o pr Silas esta errando muito ao propagar a teologia da properidade antibiblica; porém, não ver as qualidades deles só se for cego. Ele tem muitos defeitos mas também tem muitas qualidades. o equilibrio é fundamental.

4. Em Relação os meios de comuicação eu continuo afirmando que não vejo muitas vantagens em pastores ir para televisão e usar a internet para DENEGRIR a imagem dos colegas. Pr Nilton eu coloquei mauiscula para o senhor entender melhor, eu disse denegrir; mas sim comcordo com o senhor perfeitamente que deve ser usado os meios de comunicação para evangelizar, combater as heresias, debater os temas relevantes etc.

5. E por fim nos pastores temos um orgão maior para que possamos prestar as nossas contas. Quando do orgão maior refirmo me a CGADB, a qual tenho um produndo respeito e muita consideração pelo nosso presidnete Pr José Welington, homem amigo companheiro equilibrado.

6. Pr Nilton quando o senhor disse de Uma nova convenção está a caminho. Quem duvida? eu não duvido, como disse no inicio existem os falsos assembleianos.

Final
O meu desejo é que a nossa contribuição sempre seja para o bem e para o crescimento dos servos de Deus; se fui deselegante com o pr marcelo eu feri a sua sensibilidade eu lhes peço perdão e retiro tudo o que foi dito; Pr NIlton grande abraço ao Senhor,sabendo que respito muito os seus pontos de vsita. abraços
http://prmauriciobrito.blogspot.com/

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Danilo Fernandes,

A Paz do Senhor!

Registo meu sincero agradecimento pelo honroso convite, bem como pelo comentário de esclarecimento aos nossos leitores.

Que Continue abençoando a sua vida.

Um grande abraço!

Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezado Francisco,

Graça e Paz!

Grato pela honrosa visita e participação neste debate.

Um grande abraço!

Seu conservo,

Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezado pr. Maurício Brito,

A Paz do Senhor!

Creio que as questões foram esclarecidas.

Grato pela honrosa participação!

Um grande abraço!

Pr. Carlos Roberto

Robson Silva de Sousa disse...

Meu prezado Pastor e amigo, Carlos Roberto Silva.

Faço coro com os demais companheiros ao parabenizá-lo pela brilhante atuação, postura ética e compromisso pastoral, dignos de um bom assembleiano...

Quanto demais amigos (Marcelo Oliveira e Danilo Fernandes), registro aqui minhas considerações, mas procurarei fazê-lo de forma pessoal em seus blogs.

Já estava com saudades desse ambiente salutar e edificante... A BLOGOSFERA VERDADEIRAMENTE CRISTÃ!!! (citando CSZ)...

Estou retornando aos poucos...

Espero vê-lo na terça, se o Senhor permitir... Tenho novas para contá-lo.

Abraços fraternos,

No ETERNO,

Robson Silva
The Pupil

Philadelfia - Evangelismo e Louvor disse...

Paz, Amado Pr. Carlos Roberto.

Há muito sou seguidor deste blog. Tenho lido e acompanhado seus posts com assiduidade, no entanto, nunca tinha visto sua desenvoltura falando, afinal, nunca tinha visto nenhum vídeo ou escutado uma mensagem ministrada pelo nobre pastor.

Portanto, foi uma feliz oportunidade de vê-lo conversando, principalmente num debate tão interessante e oportuno para os dias atuais.

Deus continue te abençoando - sua vida, seu ministério, sua família.


Em Cristo,

Elian Soares
www.evangelismoelouvor.com


=============

Baixei os vídeos, converti em formato compatível com DVD e vou leva-lo para casa pra assistir com minha esposa na TV.

Eliseu Antonio Gomes disse...

Prezado Pr. Carlos Roberto.

Visitando o blog ontem, tive a ciência deste programa através e através deste espaço acessei a entrevista. Como meus domingos são mais cheios de atividades, então, volto agora para manifestar meu parecer.

Parabéns por sua postura exemplar.

Conforme alguns comentários, que eu li aqui, sobre o comportamento de José Barbosa, faço coro com quem criticou a performance dele naquele estúdio. Nunca concordei com trocadilhos usando nomes de pessoas, é um costume altamente reprovável, é uma pena que tal comportamento esteja dentro das ADs, e até sendo usado por quem se apresenta como líder. E a ética da liderança? É possível pregar sobre ela sem usá-la?

Alguns anos atrás, aqui mesmo no Point Rhema, eu comentei sobre um jovem pastor, assembleiano, filiado à CGADB por São Paulo, Professor de Teologia, pertencente ao ministério Belenzinho. Ao assumir a direção de um templo, objetivando driblar as dificuldades encontradas na rotina cheia de obstáculos do tráfego nas estradas da nossa grande metrópole paulistana, ele comprou uma moto. Usava o transporte para ir ao templo às terças e quintas, ao término do dia em seu emprego secular. Os membros de sua igreja fizeram um “motim” contra ele por causa do veículo de duas rodas, dizendo ser coisa de playboy e não de um pastor com identidade assembleiana... A oposição era feita com aura apologética cristã! Desfecho: apesar do pastor-regional entender perfeitamente o pastor-motociclista, o retirou da liderança daquela congregação. Ele foi dirigir outra congregação e pilotar sua moto em outro templo.

Relembrei deste episódio por causa das críticas contra o Malafaia, na aquisição do avião. O objetivo dele é o mesmo, apenas o veículo de transporte é diferente. Quer percorrer distâncias em tempos mais rápidos, e também pretende usar o veículo para fazer exposição da Bíblia.

Jesus fala através de tele-evangelistas, mesmo que os irmãos em Cristo digam que eles sejam altamente reprováveis. Um exemplo: É dito que alguém foi instado por um determinado programa evangélico na tevê a procurar uma Assembleia de Deus, e aceitou. Ao chegar na congregação mais próxima de sua casa, se deparou com assembleianos zombando do nome do pregador da tevê, o mesmo que ele havia ouvido e acatado a sugestão para estar naquele templo. Situação assim mostra o caos dos últimos tempos! Não conseguimos avaliar quem presta serviço e deserviço ao reino de Deus!

Falou-se sobre arrecadação de dinheiro na roda da entrevista. Sem fazer aprofundamento quanto ao método usado, creio que a justiça nos obriga a observar com cuidado o objetivo da solicitação. O Clube do Milhão é para qual finalidade? Levar o Evangelho para mais de 100 países estrangeiros, sendo que muitos deles possuem lares islâmicos, hinduístas, do xintoísmo e sikismo e outras seitas que prevalecem sobre o cristianismo.

Abraço.

E.A.G.
Http://belverede.blogspot.com/

Matias Borba disse...

Correção:

Onde se lê:

Um abraço amado, estamos juntos na defesa de fé que muda o interior do homem, e não o seu 'bloso' como prioridade!

Leia-se:

Um abraço amado, estamos juntos na defesa de fé que muda o interior do homem, e não o seu 'bolso' como prioridade!

A Paz!

Aninha e Paulo disse...

Caro pastor Carlos, a Paz do Senhor.

O debate por si mesmo já é um grande avanço. Demonstra que alguém muito importante como o senhor (Pr e membro do CD da AD), não se conforma no anonimato diante dos desafios.

Espero que outros temas polêmicos possam ser debatidos, e que estes possam contar com a vossa honrosa presença, sempre acompanhada de uma postura corajosa.

Um abraço
PAULO MORORÓ

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro amigo e companheiro,
Pb. Robson Silva,

A paz do Senhor!

Que bom tê-lo de volta por aqui depois de um "longo e tenebroso inverno" rsrsrrs!!!

Seja bem vindo, afinal já dizia o ditado que "o bom filho à casa torna". Já estava fazendo falta.

Grato pelas palavras de incentivo e ore por mim para que o Senhor me conceda da Sua graça, em meio às turbulências atuais dda vida cristã.

Até a próxima terça!

Um grande abraço!
Seu conservo e amigo,

pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Elian Soares,

A Paz do Senhor!

Realmente tem sido um prazer interagir com um sergipano da gema, onde também se encontram minhas raízes.

Grato pelas palavras de incentivo.

Me ajude em oração, pois a convite do portal OGALILEU, estarei gravando uma série de mensagens em vídeo para eles, as quais também serào postadas neste blog.

Estamos apenas conciliando as datas para gravação com a minha agenda que é um pouco apertada.
Creio nas duas próximas semanas estarei gravando.

Um grande abraço!

Seu conservo,
pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Elizeu Gomes,

Shalom!

É sempre bom quando podemos interagir com transparência e até mesmo discordar, sempre com respeito.

Quanto ao seu comentário, agradeço o incentivo quanto a minha postura, e isso não é nada mais do que a minha obrigação como obreiro na seara do Mestre.


Quanto ao pr. José Bsrbosa, creio que ele teve assim como todos, a liberdade de expressão e modo de se apresentar. As críticas, por certo trarão forte reflexão a ele mesmo sôbre isso.

Com relação ao seu relato do "pastor motociclista"rsrsrs, veja que dentro de um mesmo ministério da AD, houve pensamento discordantes, ou seja, em um determinado setor ele não pode exercer seu ministério pastoral a bordo da moto, já no outro foi possível! Que coisa não? Cultura e contra cultura dentro de um mesmo povo.

A verdade é que o bolo cresceu muito, a administração não é centralizada (isso tem os prós e os contras) e o resultado é exatamente isso.

Quanto ao avião do televangelista, veja que jamais teci qualquer comentário aqui no blog.

O meu entendimento a respeito do assunto foi gravado no debate do portal O Galileu, só não tenho certeza se permaneceu ou foi cortado na edição, uma vez que o tempo de gravação extrapolougrande, mas, quando fui perguntando, disse que somente o pr. Silas e sua equipe, sabem dizer da necessidade, e com relação ao dinheiro com que foi comprado, a respectiva prestação de contas, deve também ser apresentada a quem é responsável ou seja, quem contribuiu. Como não conheço o sistema, prefiro nada falar. Em princípio, creio que se comprou era porque era necessário. O contrário seria um mal negócioe para tanto o Pr. Silas é muito inteligente.

Quanto as ofertas, no meu entender, são necessárias, até porque TV não é nada barato, muito pelo contrário, tudo é caríssimo, e no caso de programas evangélicos, só mesmo o povo de Deus contribuindo.

A questão doutrinária se restringe aos seguintes fatos:

1 - O modismo da barganha, que claramente não é bíblica,

2 - Aos milagres prometidos pela contribuiçao oferecida, que é um alto risco e contradita com o princípio protestante, e ainda nos faz alvo de crítica por parte principalmente dos católicos que forçosamente se lembram das teses
de Martimnho Lutero, e,

3 - Aos valores pré-estipulados de acordo uma clara visão cabalística, ainda que subliminar,

Quanto ao restante, caro Elizeu, sou de comum acordo que evangelização em massa custa caro e não tenho outro jeito a não ser com contribuição, e naquilo que puder também ajudo.

Grato pela sua participação e creio que de alguma maneira estamos contribuindo para um melhor entendimento das coisas no Reino de Deus.

Um grande abraço!

Seu conservo,
pr. Carlos Roberto

Gutierres Siqueira disse...

Pastor Carlos, a paz!

Parabéns pela sua postura no debate. Gostei muito de suas opiniões, assim com a palavra do amigo Marcelo e do pastor Barbosa.

parabéns a todos e ao Danilo Fernandes,

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Paulo Mororó,

A Paz do Senhor!

Grato pela sua honrosa visita e também mais um sincero comentário neste singelo blog.

Aproveito o momento para louvar a Deus pela sua vida e posturas tomadas a respeito das causas que envolvem o evangelho de Jesus Cristo.

Veja meu prezado Mororó, tenho procurado fazer a minha parte em todas essas questões, e talvez, muitos só tiveram a oportunidade de me conhecer através deste blog.

Ore por mim, pois tenho certeza que muitos outros compamnheiros que participam do mesmo conselho que eu e até mesmo de outros conselhos e comissões da CGADB, também entendem assim, mas creio que a falta de manifestação, se deva pelo fato de entenderem não ser politicamente correto assim agirem.

De minha parte, entendo que, enquanto todos se calam, o mal prevalece e, esse silêncio também nivela a todos sob o manto da conivência. É lástimável!

Outro ponto que, inclusive tenho sido alertado por muitos, é sobre o perigo de se contestar algo difundido por quem é importante ou poderoso.

Quanto a isso fico muito tranquilo, pois não combato contra pessoas, mas sim contra posturas distorcidas a respeito do evangelho, e continuo aberto para evoluir, desde que seja dentro da Palavra.

Volte sempre,
Um grande abraço!

pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro irmão e amigo Gutierrez Siqueira,

A Paz do Senhor!

Grato pela sua visita bem como pelo incentivo.

Ore por nós!

Um grande abraço!

pr. Carlos Roberto

Luiz Clédio disse...

Excelente, Pr. Carlos.

É isto que pretendo fazer em nossa RSC - Rede social cristã.

Posso contar com sua participação e idéias nas melhores práticas, de com fazer os debates com nossos membros?

paz,


LC

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Luiz Clédio,

A Paz do Senhor,

Já estou fazendo parte da RSC e naquilo que estiver ao meu alcance, conte sempre comigo.

Um grande abraço!
Pr. Carlos Roberto

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Prezamado pr. Carlos Roberto,

A paz do Senhor!

Permita-me nais uma vez, deixar meu comentário nesta tribuna em que sou o menor de todos aos comentaristas Danilo e pastor Mauricio Brito:

Prezamado Danilo, parabéns pelo programa que tomou excelente resultado, e com o máximo de vigilância, teremos com certeza, um veículo de: motivação, denúncia, encorajamento, correções, ensinos, aprendizado, cuidados, vigilância, esperança e responsabilidade, sem querer insinuar que possibilitará a muitos se fertilizarem com bons alimentos, sem a famosa jogatina da prosperidade.

Com certeza, este programa, poderá ser objeto de prosperidade na vida de milhares e milhares.

Grato pelo convite! Se Deus permitir, me alegrarei em estar com os amados.

O Senhor te inspire! AH! Que tal um programa que demonstre a tragédia espiritual e o verdadeiro significado para a igreja dos Gideões de Camboriú?

Prezamado pr. Mauricio Brito, grato por seu comentário e creio que o diálogo favorece o nosso direito ao estarmos, sempre em atenção ao que nos motiva a continuarmos em defesa do evangelho de verdade.

Erramos e aprendemos. E aprendemos para não errarmos.

Unidos certamente seremos um instrumento poderoso nas mãos do Senhor!

O Senhor seja contigo!

Amigo e atalaia pr. Carlos Roberto, o Senhor te fortaleça e te proteja nesta sua força!

O menor de todos.

Natanael Rinaldi, Pr. disse...

Via E-mail:

Pr.Carlos:

Ouvi suas razões contra a iniciativa do Pr.Silas sobre a proposta de lançar a semente de R$ 1.000,00.

Onde vamos parar com esses apelos veementes?

A Assembleia de Deus está sendo criticada por tais medidas adotadas por esses pregadores americanos.

Muito boa a apresentação de suas razões.

Pr. Natanael Rinaldi

Gilson disse...

Até que entendo porque a outra parte não foi ao debate, pois seria o mesmo que defender o capiroto e dizer que ele é bonzinho.
Quanto a elite assembleiana por que será que ficam em silencio em algo tão grave? Creio que de certa forma, cada um tem parte envolvida em todo esse processo de coisa. Uns tem aviões, outros belas mansões, outros belos barcos, se elegeram a algum cargo politico, tudo isso usando o povão, e por aí vai.

Evangelho sem Mistura disse...

Caro Pr. Carlos

Em primeiro lugar, parabéns pelo posicionamento que o amado tem tomado ante certas aberrações que vem surgindo no meio evangélico assembleiano, parabéns pela coragem e determinação. Quanto ao debate, foi ótimo,só lamento não ter visto a "outra" parte, que apesar de ter sido convidada, preferiu não dar o ar da graça. Mas mesmo assim, o os irmãos que ali estiveram, refutaram essa maldita teologia da prosperidade, que vem escravizando alguns lideres no últimos anos. Acompanhei este post desde o inicio, e quase todo dia venho aqui ler os comentários,isso pelo fato de alguém ter afirmado numa comunidade do orkut, que tanto o senhor quanto o Pr. Marcello Oliveira teria reprovado a atitude do Pr. Jose Barbosa. Ao ler tal afirmação, passei aqui no blog e procurei no texto e nos comentários alguma fala do senhor reprovando a maneira do Pr. Jose Barbosa se expressar, e para minha felicidade,pude constatar que tal afirmação não passava de uma mentira infundada, visto que o senhor ate mesmo elogiou a maneira do Pr. Barbosa se portar no debate, deixando claro que apesar de não fazer o seu estilo debater de maneira irônica, o senhor respeita a forma que o Pr. Barbosa escolheu se expressar.
Também procurei no Supremacia das Escrituras algum posicionamento do Pr. Marcello , reprovando a atitude do Pr. Barbosa e não encontrei, e como eu ja esperava , a pessoa que fez tal afirmação, apenas queria desviar o assunto em debate, criando um outro personagem principal, e tirar o Sr. Silas Malafaia do centro do debate.

Caso o senhor queira conferir o comentário no orkut, deixo aqui o link.
CADB "Comunidade Assembleia de Deus no Brasil"


Que Deus o abençoe, e continue firme em sua defesa ao Evangelho do Reino

Em Cristo

Marcos Vasconcelos

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezamado Pr. Newton Carpintero,

A Paz do Senhor!

Grato pela sua sempre honrosa participação!

Seus esclarecimentos sempre promovem a união e harminia entre os debatedores.

Deus continue abençoando a sua vida.

Um grande abraço!

Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Mestre Pr. Natanael Rinaldi,

A Paz do Senhor!

Sua visita neste singelo blog é sempre uma honra para mim.

Suas palavras dão ânimo para quem quer atuar em defesa da sã doutrina.

Muito obrigado!

Um grande abraço!

Seu conservo e admirador,
Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Marcos Vasconcelos - Evangelho sem mistura,

A Paz do Senhor!

Grato pela honrosa visita e palavras de incentivo a mim proferidas.

Apologia é algo muito difícil, ou seja, não é nada fácil combater a heresia sem atingir o seu praticante.

É um ato de postura, amor r firmeza!

Que o Eterno nos conceda isso.

O amado interpretou com precisão minha idéia a respeito do assunto


Um grande abraço!
Pr. Carlos Roberto

Elaine Cândida disse...

Saudações em Cristo, pastor Carlos Roberto.

Deixo abaixo o mesmo comentário que fiz no blog do Pr. Marcelo Oliveira.

"Assisti aos clips do debate e gostei muito das suas colocações, sempre muito bem fundamentadas na Bíblia, como nosso Senhor ensinou que deveria ser. Concordei também com a nobre fala do pastor Carlos Roberto da Silva, sempre muito íntegro e inteligente nas suas afirmações. Com simplicidade e clareza ele expõe verdades acerca da realidade da Igreja hoje e induz muita gente a repensar seus conceitos.

Contudo, embora tenha visto conhecimento de causa nas colocações do pastor José Barbosa, não concordo com as expressões sarcásticas e um tanto quanto ofensivas que ele utilizou ao se referir às pessoas dos pastores Moris e Malafaya. Entendo que podemos (e devemos) observar, fazer julgamentos segundo a reta justiça, criticar construtivamente, sem ofender ninguém nem fazer chacota com os seus nomes, ministérios, causas, seja lá o que for, pois isso causa um certo descrédito aos evangélicos, de modo geral (porque o povão generaliza tudo, mesmo... não tem jeito!). Com respeito, nós podemos ir muito mais longe.

Em tempo, tenho certeza que esse movimento hediondo da teologia da prosperidade está se enfraquecendo, primeiro porque o Senhor tem compromisso com a Sua Palavra e não deixará que Ela se perca pelo vento das doutrinas vergonhosas que estão soprando por aí. Não voltará vazia, mas fará tudo o que apraz ao Senhor. E, em segundo, porque o Senhor tem misericórdia daqueles que ainda querem servir o Senhor Jesus Cristo em amor, em espírito e em verdade. Ele está levantando Seus profetas dos últimos dias, que combaterão sem temor esse evangelho anátema que foi erguido por homens "egoístas, avarentos, presunçosos, arrogantes, blasfemos, (...) traidores, precipitados, soberbos, mais amantes dos prazeres do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando o Seu poder" (2Tm 3.2-4).

E fico muito alegre em ter conhecido (ainda que virtualmente) pessoas como os amados que participaram desse debate. São atalaias da última hora e muito nos acrescentam.

Que o Senhor os conserve assim e lhes faça prosperar cada vez mais neste nobre chamado.

Abraço, no amor do nosso Pai."


E que o Senhor continue lhes usando ousadamente.

Elaine Cândida

Cleverson disse...

Amado em Cristo, sem palavras. O homem Bom do bom tesouro do seu coração tira o bem.

Em Cristo,
Cleverson

Denilson Vasconcelos disse...

Pastor Carlos,

Para onde estão indo ou tentando levar o evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo?

O mercado gospel é muito abrangente tudo bem, mas a palavra de Deus, o evangelho de Cristo, este não é mercadoria!

Gostem ou não, os que esta prática exerceram, ou exercem, a nossa postura deve e tem que ser esta.

Parabéns!

Denilson Vasconcelos

Nei disse...

O debate foi otimo, pena que o outro lado amarelou e não foi.
Elogiar sua participação é "chover no molhado" então vou elogiar o pastor JOse Barbosa que foi criticado por alguns comentaristas.
Cada um com seu estilo e gostei muito do estilo dele e como ele não falou nenhuma besteria muito pelo contrario... é digno de ser elogiado.
Gostei de conhece-lo, mesmo ficando assustado pelo fato dele ser de Utinga e pelo que sei Utinga é MADU e pelo que sei a liderança de MADU gosta da TP.


Parabens a todos que participaram.


Nei
exemplobereano.blogspot.com/

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezada Elaine Cändida,

A Paz do Senhor!

Grato pela honrosa visita, bem como pelas palavras de incentivo a meu respeito. Ore por mim!

Realmente a apologia e uma dificil tarefa. Devemos combater, porem com todo cuidado para nao sairmos do campo das ideias.

Louvo a Deus, pois assim como vc. eu tambem ja consigo enxergar um enfraquecimento da TP.

Grato pela participacao.

Volte sempre!

Um grande abraco!

Pr. Carlos Roberto

(desculpe o teclado desconfigurado)

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezado Cleverson,

A Paz do Senhor!

Grato pela sua participacao.

Que o Eterno nos ajude a cultivar o que e bom, so assim teremos o que oferta diante dEle e dos homens.

Um grande abraco.

Pr. Carlos Roberto
(desculpe o teclado desconfigurado)

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Denlson Vasconcelos,

A Paz do Senhor!

Grato pela visita!

Louvo a Deus pela sua postura e manifestacao.

Um grande abraco!

Pr. Carlos Roberto
(desculpe o teclado desconfigurado)

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Nei,

A Paz do Senhor!

Grato pela visita, bem como pelas palavras de incentivo.

Quanto ao companheiro do debate, pr. Barbosa, realemente foi coeso no cerne das quetoes, apenas sua forma de expressao difere da minha e do pr. Marcelo Oliveira.

Quando a visao do Ministerio de Madureira, a respeito da TP, nao posso falar, porem quanto a AD de UTINGA, conheco bem o seu pastor, Jose Bittencourt, e com certeza nao apoia tal doutrina.

Estarei visitando seu blog.

Um grande abraco!

Pr. Carlos Roberto
(desculpe o teclado desconfigurado)

Pastor Afonso disse...

.
.
Realmente foi um debate de PESO, PESADO mesmo...porque será que o diretor de TV não deu só close?
.
.

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Pr. Afonso,

A Paz do Senhor!

Considerando que o Pr. Barbosa e o Pr. Marcelo não são tão pesados assim, considerando a sua insinuação, rsrsr, até que foi equilibrado.

Volte sempre!

Um grande abraço!

Pr. Carlos Roberto

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...