sábado, 24 de julho de 2010

Pr. ANTONIO GILBERTO - Entrevista para o site Cristianismo Hoje




Consultor teológico e doutrinário da maior igreja evangélica do Brasil, o pastor assembleiano Antônio Gilberto ressalta a essencialidade da Bíblia
Por Carlos Fernandes
Enquanto aguardam a liberação de uma sala para a entrevista, Antônio Gilberto e o repórter conversam sobre a Igreja Evangélica e assuntos relativos à fé cristã no Brasil. O pastor folheia um exemplar de CRISTIANISMO HOJE. “Não há mais muito temor a Deus”, comenta, a respeito do conteúdo de uma reportagem. Ele dá uma olhada pela janela e balbucia, como se falasse consigo mesmo: “Quem de nós tem buscado ao Senhor em espírito e em verdade?”. Em dado momento, a secretária lhe traz as informações que solicitou sobre um evento. A procura não é tão grande como o esperado. “É impressionante, irmão”, diz. “Antigamente, eram comuns campanhas de oração de uma semana, cultos de consagração que duravam um dia inteiro. Agora, o pessoal não quer orar nem por cinco minutos.”
Não, Antônio Gilberto da Silva não vive do passado, embora admita que os tempos idos lhe trazem ótimas recordações. É um homem ativo e perspicaz, para quem a chegada dos 80 anos de idade parece ter trazido apenas mais experiência. Sobe com desenvoltura os três lances de escada na sede da Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD), no Rio. Ali, ele sente-se mesmo em casa. Respeitado por seu profundo conhecimento das Escrituras, é professor e consultor teológico e doutrinário não só da editora, mas da denominação. Integrante da Diretoria da Convenção Geral das Assembleias de Deus do Brasil (CGADB), é presença certa em seminários e congressos sobre Escola Bíblica Dominical, assunto em que é especialista. “O crente deve estudar, estudar e estudar a Palavra de Deus”, afirma. “Só quem está ao lado da Bíblia pode manter-se espiritualmente de pé.”
Ao longo desta entrevista, por diversas vezes Antônio Gilberto assumiu uma postura de contrição. “Glórias a Deus, irmão, glórias a Deus”, disse, erguendo os braços e fechando os olhos, todas as vezes que foi solicitado a falar acerca de suas realizações na obra do Senhor. Elas não têm sido poucas ao longo dos últimos 65 anos, desde que se converteu, ainda adolescente. Casado, com quatro filhos e oito netos, o pastor diz que quer servir ao Senhor enquanto lhe der graça e força. “Minha oração é para permanecer fiel. A fidelidade traz felicidade.
LEIA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA - Clique abaixo:

5 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns ao pr. Antonio Gilberto.

Mas umas 2 perguntinhas básicas:

AG é mesmo consultor teológica da denominação inteira ou da empresa CPAD?

AG faz parte da diretoria da CGADB?

Se a resposta for sim, eu sou mesmo um alienado!

Alfredo Costa - MG.

abraços!

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezado
Alfredo Costa - MG

A Paz do Senhor!

Grato pela honrosa visita e participação!

Até onde sei, respondo as suas perguntas:

- O pastor AG não faz parte da Diretoria da CGADB

- Atua como Consultor Teológico da CPAD oficialmente,

- Quanto a CGADB, se não é consultor teológico oficial, pelo menos o é de fato, pois todas as comissões que discutem temas para um posicionamento oficial, têem sido presididas por ele. Pelo menos é o que tenho visto.

Um grande abraço!

Seu conservo,

Pr. Carlos Roberto

Pr Ely Silva de Lima disse...

A paz do Senhor Jesus meu amigo.
Homens com Antonio Gilberto são poucos.A nossa denominação deve mesmo respeitar e dar a devida honra a este homem,que ao longo dos anos tem contribuído para o desenvolvimento espiritual dos seus ouvintes e leitores de seus diversos temas.Já tive a honra de ouví-lo algumas vezes e fiquei extremanente feliz em ver sua desenvoltura na palavra de Deus.Ele fala em sua entrevista de uma época em que a igreja valorizava a oração.Que pena que a nossa denominação mudou tanto.Eu era adolescente quando a igreja toda entrava no pentecoste ainda antes do pastor cantar uma estrofe do hino da harpa para se iniciar o culto e diga-se de passagem não era fácil com tanta gente falando em mistério com Deus.Hoje em algumas de nossas igrejas não digo ministério e sim denominação começa o culto entre barulo de uma conversa bem discontraída no meio da igreja parecendo um evento meramente social.Que o Senhor tenha misericórdia de nós e como diz no livro do profeta Habacuque 3:2"Ouvi, SENHOR, a tua palavra, e temi; aviva, ó SENHOR, a tua obra no meio dos anos, no meio dos anos faze-a conhecida; na tua ira lembra-te da misericórdia."
Meu caro amigo louvo a Deus por sua vida,pelo seu blog e pelo seu ministério.
Seu conservo Pr Ely Silva de Lima.

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro irmão e amigo Pr. Ely Lima,

Ter aqui a participação do presidente da nossa querida UNIPEC, o conselho de pastores de Cubatão, é uma grande honra para este pastor metido a blogueiro! rsrs

Concordo plenamente com seu comentário e ainda assino embaixo.

Oremos e trabalhemos em favor da manutenção dos bons princípios da nossa igreja.

Grato pela visita e comentário!

Já estou em Piracicaba para a abertura da nossa 77a. AGO da COMADESPE, quando comemoramos os 40 anos de fundação da instituição. Ore por nós!

Um grande abraço!

Pr. Carlos Roberto

Anônimo disse...

Prezado pr. Carlos Roberto,
Obrigado pela sua resposta e explicação.

Abraços,

Alfredo Costa - MG

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...