quarta-feira, 11 de agosto de 2010

QUEM É A ROSA DE SARON?



Infelizmente vivemos numa geração analfabeta de Bíblia. - Os crentes querem sentir, não pensar. Querem sentir arrepios e não estudarem a Bíblia com dedicação. Tudo o que é falado em nome de Deus, estas pessoas aceitam.

Muito se tem falado no meio evangélico a respeito da famosa“Rosa de Saron”. Em quase toda igreja tem um conjunto ou um grupo denominado “Rosa de Saron”. Na maioria das vezes as pessoas tem em mente que a Rosa de Saron seja uma referência a pessoa de Jesus. Pregadores no êxtase da mensagem dizem:Jesus é a Rosa-a-a-a- de Saron, aleluia!

Portanto, estamos diante de uma pergunta intrigante:

Afinal quem é a Rosa de Saron? - 
Antes de respondermos a questão acima, se faz necessário exortar a todos os leitores da Bíblia, que devemos ler a Bíblia com a máxima atenção, analisando os pontos, as vírgulas etc. Não podemos ler a Bíblia como se tivéssemos lendo um jornal, uma revista ou um periódico. Na verdade a falta de leitura com atenção, é a causa da difusão de tantas “doutrinas” perniciosas no seio da igreja. Se os membros das igrejas se dedicassem mais à leitura do texto sagrado, com certeza, não seriam tão facilmente enganados e nem participariam de “estórias” chamadas bíblicas.

No capítulo 2 de Cantares de Salomão, basta um simples exame do livro, usando a versão ARA (Almeida Revista e Atualizada) para dissipar de uma vez por todas esta suposta contradição. Nesta versão encontramos um título que indica quem está falando; ora a esposa, ora o esposo, ora as filhas de Jerusalém. No texto de Cantares 2.1, encontramos em cima da fala o nome: “esposa” e ela diz: - 
“Eu sou a rosa de Saron” no hebraico: Ani Havatselet há Sharon


Se ainda pairasse dúvida quanto a afirmação ser do amado ou da amadao texto original decide a questão quando se observa que as terminações das palavras são as do feminino. A letra Tav no final da palavra indica feminino.

Saron – o local onde brota o Havatselet
Não podemos falar do havatselet sem falar de Saron, a planície onde ela nasce, floresce e fenece. A palavra “Saron” no hebraico é “Sharon” que significa: plano, planície.

Sharon é assim denominada a área fértil e úmida da região. A planície costeira de Israel é chamada de Sharon. Os sábios judeus comparam os justos às rosas do vale, que são as mais belas de sua espécie. Elas mantêm o frescor dos vales úmidos. Enquanto isso, os “reshaim” (perversos) são semelhantes às rosas das montanhas, que pouco duram porque secam sob a inclemência da natureza, esvoaçando depois como o vento faz o debulho.

A rosa requer bastante claridade, o que ela obtém nas planícies do Sharon. Os largos espaços são ideais para que sua fragrância se espalhe.
O gado de Davi pastava em Sharon, sob o comando de Sitrai, o saronita (1 Cr 27.29).

As características do Havatselet e sua aplicação

A sua cor era vermelho-vinho
- A igreja entende o sacrifício de Jesus e reconhece que foi pelo sangue do Cordeiro que ela foi salva

Suas flores eram perfumadas
- O viajante podia sentir a fragrância de muito longe, ou seja, cada cristão deve ser o bom perfume de Cristo, o bom cheiro do Evangelho

Tinha 6 pétalas
- A igreja por mais abençoada que seja, sabe que é composta por homens. O número 6 na Bíblia é o numero do homem.

Conclusão:
"Rosa de Saron" é a figura da Igreja e não do Senhor Jesus!

Nele e por Ele,

Bibliografia:
Wasserman, Adolpho. Cântico dos Cânticos. Ed. Maayanot
Kaiser, Hilmar E.S. Eller. O Havatselet de Saron. Apostila do CCBB.

Texto publicado originalmente no
Blog A Supremacia das Escrituras - Pr. Marcello de Oliveira
Esta reprodução foi devidamente autorizada pelo autor

11 comentários:

Anônimo disse...

Paz
Muito bom este esclarecimento Biblico, a merce de muitos que não procuram entender a Palavra de Deus, vimos através destes esclarecimentos entender, compreender e vontade de Deus para nossas vidas...

Marcello de Oliveira disse...

Nobre amigo Pr Carlos, agradeço a postagem deste texto em seu conceituado blog.

O Eterno nos faça crescer na graça e conhecimento de sua Palavra!

Abraços, Pr Marcello

Tiago Rosas disse...

Sem querer tirar o mérito do texto, a impressão que tenho é que por diversas vezes desfilamos exegese bíblica para discutir questões amenas, que nem chegam a merecer o título de heresia. Quanto tempo gastamos ensinando às massas que "Jesus não é a Rosa de Saron" que "Salmos não tem capítulos" e outras questões que não precisam ser tratadas de forma tão contudente. Diz o texto: "Se os membros das igrejas se dedicassem mais à leitura do texto sagrado, com certeza, não seriam tão facilmente enganados e nem participariam de 'estórias' chamadas bíblicas". Calma, irmão! Também não é pra tanto! Ensinemos com autoridade e verdade, mas não nos esqueçamos da humildade e da mansidão. Não vamos querer colocar num mesmo pedestal os que dizem: "Semeie R$ 610,00 na nossa conta e ganhe um benção" com os que dizem: "Jesus é a Rosa de Saron" ou "Abram suas bíblia no Salmos capítulo 23". Não tornemos um problema maior do que ele é, senão vamos parecer os fariseus da época de Paulo, que se detinham em questões tolas, apenas para gerar vãs discussões. Paz de Cristo.

Uilson Camilo disse...

Pr. Carlos,
Paz do Senhor!

Muito bom o post, bem esclarecedor e não deixa dúvidas.
Para os amantes da Palavra é muito valido este tipo de postagem, pois acaba com todo tipo de confusão que faz aqueles que não leem, mas são influenciados pelo que ouvem e não pesquisam nada.
Que o Senhor levante mais Bereianos no meio de sua Igreja.

Deus abençoe meu PAstor.

Um forte abraço!

Uilson Camilo

Pastor Geremias Couto disse...

No mesmo Cantares há uma lição interessante: "Apanhai-me as raposas, as raposinhas, que fazem mal às vinhas", Cantares 2.15.

Moral da história:

As raposas fazem mal, mas as raposinhas também. Estas entram na vinha sorrateiramente. Há os que não se preocupam quando elas. Quando menos se percebe estão grandes e o estrago já está feito.

Abraços!

milerfreitas disse...

Caro pastor Carlos Roberto, a Paz de Cristo!

Preciso de um "favor" seu.

Infelizmente eu perdi o endereço do meu blog (www.milerfreitas.com), que agora é acessado por este endereço: maxmilerfreitas.blogspot.com.

Gostaria que o senhor alterasse o endereço do link que aponta pra o meu blog.

Grato desde já, Maxmiler Freitas

Edinelson Lopes disse...

Graça e paz Pr. Carlos Roberto

Acabo de ver sua participação no debate do Galileu, aliás, é prazeroso ver homens falando abertamente a Verdade, ainda mais notanto o respeito pelo evangelho e pelos cérebros das ovelhas.

Quanto à Rosa de Saron, simplesmente excelente este artigo, gostei tanto que após lê-lo busquei ao A Supremacia das Escrituras e assim, tomei a liberdade de re-publicar este excelente texto também o Blog - Siga o Mestre na tentativa de alcançar quantas pessoas for possível com este edificante texto de ensino.

Deus o abencoe, em Jesus, o Mestre.
Edinelson F. Lopes

disse...

Parabéns ao Marcelo o texto é maravilhoso. Bastante esclarecedor.Paz!

Edinelson Lopes disse...

Pastor Carlos Roberto

Textos como este, são importantes não apenas por exclarecerem esta questão em particular, mas nos acorda para procurar outras "gatos" que podemos estar estamos criando pensando que são lebres.

Edinelson Lopes
SIGA O MESTRE

Alberto Couto Filho disse...

Eu jamais pensaria ou poderia ensinar algo a alguém se não aprendesse com quem, realmente, sabe - caso específico do nobre pastor Marcello

Se a ignorância escriturística não existisse, por certo, não ocorreriam divisões e escândalos em desacordo com o que a Bíblia nos ensina; não existiriam os crédulos, os ingênuos, os incautos de corações enganados por falsos profetas; não existiriam crentes procurando capítulos em Filemom, nas 1ª e 2ª de João e nem em Judas.

Se prosseguirmos em ensinar, os que querem aprender estarão entesourando o conhecimento adquirido, em contraste com o néscio, cuja boca estará sempre representando a iminente ruína (Pv 10:14).

Que Deus nos livre da tendência mórbida de monopolizar atenções, mostrando desconsideração por opiniões alheias.
A Bíblia nos ensina a abominar, qualquer forma de EGOTISMO.

Parabéns pela postagem Pr Carlos.
Parabéns pela aula, Pr. Marcelo
Seu conservo
Alberto Couto Filho

Gilvan Paz disse...

Pastor Carlos,

Na sua pessoa, estendo os parabens por texto tão esclarecedor e edificante ao nobre Autor, Pr. Marcello.

Certamente este rico post não levantará polêmica alguma, ao contrário a evitará e reaprumará a leitura para seu correto entendimento. Vejo nisso, o cuidado do autor e sua fina responsabilidade e coerencia para com a exegese que norteará a homilética com verdadeira aplicação bíblica.

Graça e Paz,
Ir. Gilvan Paz

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...