terça-feira, 5 de outubro de 2010

Carta Aberta do Pr. Elinaldo Renovato de Lima aos cristãos brasileiros


O texto abaixo é do Pastor Elinaldo Renovato de Lima. Vale a pena ler, diante das incongruências nesse processo eleitoral.

Prezados irmãos em Cristo, e amigos de outras denominações

A Paz do Senhor

Estou enviando esta mensagem, em que retirei a informação de que a candidata do PT à presidência da República teria dito que "nem mesmo Cristo impediria sua vitória". Há essa informação em vários textos e vídeos, na Internet. Tenho gravações, mas não houve uma confirmãção. MESMO ASSIM, A ESSÊNCIA DO NOSSO ALERTA CONTINUA: E mantemos o principal, do conteúdo da carta anterior, ABSOLUTAMENTE DOCUMENTADO E COMPROVADO.

A CNBB mantém sua posição contrária à candidata do PT. E nós, evangélicos, também precisamos nos posicionar, como fizemos no primeiro turno das eleições de 2010. Graças a Deus, o Exmo. Sr. Presidente da República, a senhora Dilma, sua candidata, e o Partido dos Trabalhadores (O Partido do Aborto), reconhec eram a força do segmento evangélico, e dos católicos verdadeiros, que têm líderes autênticos, em sua religião.

Dona Dilma assinou o seu programa de governo, que é de conhecimento de todos, incluindo as determinações do famigerado Programa Nacional de Direitos Humanos, que prevê a descriminalização do aborto, a ponto de defender que a matança dos inocentes, dos seres humanos, em formação, seja liberada em qualquer estágio da gestação. Imagine uma mulher, com quase nove meses de gestação, praticar o aborto, no sistema de saúde, com total apoio da lei, e do governo!!

O ABORTO É CRIME HEDIONDO! Na entrevista à revista Marie Claire, dona Dilma afirmou com todas as palavras que é favorável ao infanticídio, usando aguamentos falaciosos, em defesa das mulheres pobres, que abortam em condições precárias. E, seguindo as declarações de seu Tutor Maior, presidente Lula, ela diz que aborto não é questão de foro íntimo, e, sim é uma "QUESTÃO DE SAÚDE PÚBLICA". Um absurdo vergonhoso!

Nós cremos que a vida é um dom de Deus. Só Ele pode dá-la, através das leis da reprodução humana, e só a Ele cabe tirá-la, direta ou indiretamente. Enquanto os materialistas do Partido do Aborto acham que o feto ou embrião é apenas um amontoado de céu lulas, sem nenhum direito à vida, lembremos o que diz a Bíblia:

"Pois possuíste o meu interior; entreceste-me no ventre de minha mãe. Eu te louvarei porque de um modo terrível e tão maravilhoso fui formado; maravilhosas são as tuas obras a e minha alma o sabe muito bem.... os teus olhos viram o meu corpo ainda informe" (Sl 139.13-15). Deus vê o embrião, com suas células indiferenciadas, "o corpo ainda informe", como um ser humano, uma pessoa, e não um monte de tecidos a serem destruídos por ácido, ou arrancado, pedaço por pedaço, de modo violento, e lançado no lixo hospitalar.

Pois bem. A candidata do govern o, atendendo aos anseios das feministas, materialistas, e à ala radical do Partido dos Trabalhadores, expressou que concorda com esse crime hediondo. Mas, agora, quando teve que amargar a ida para o segundo turno, a despeito de ter o apoio do "todo-poderoso" presidente Lula, que debocha de tudo e de todos, por causa de sua imensa popularidade, AGORA, ela vem a público para dizer que não apóia o aborto! Que oportunismo! Que desfaçatez! Que desprezo à inteligência e ao discernimento dos que não votaram nela!

Será que vamos nos deixar enganar por esse "canto de sereia" da candidata petista?

E mais: O PT, agora, temendo a derrota de sua candidata, resolve TIRAR O ABORTO DE SEU PROGRAMA PARA ESTANCAR QUEDA DE DILMA ENTRE RELIGIOSOS!! Só para eleger Dilma? E depois, quando a ONU pressionar; quando a Fundação Rockfeller, a Fundação Mac Arthur e inúmeras ONGS pressionarem, pelo cumprimento das "Metas do Milênio"? Será que, sendo eleita, Dilma vai deixar de atender?

O Presidente Lula disse que não queria as igrejas, tratando do assunto do aborto, pois seria "questão de saúde pública". E agora, é assunto dos evangélicos, dos católicos sérios? O PT já reconhece que o segmento evangélico tem algum valor?

Caros irmãos, Stálin prometeu liberdade religiosa. E sabemos o que deu. A constituição russa previa liberdade de culto. E vimos o que deu! As pessoas acreditaram. Fidel Castro prometeu liberdade. Vejam o que deu. Chávez prometeu liberdade. Sabemos o que está acontecendo na Venezuela. E nossos governantes, do Planalto apóiam esses ditadores! Dá para acreditar em Dilma, quando ela diz que não apóia o aborto? Se ela segue piamente a cartilha do Presidente Lula?

Só falta ela dizer, para ganhar o apoio dos evangélicos e dos católicos sérios, que não apóia a "união civil de pessoas do mesmo sexo", que faz parte integrante de seu programa de governo. Será que os homens e mulheres, cristãos, que valorizam a vida, em qualquer dos seus estágios, vão se deixar enganar pelas promessas de campanha da Sra. Dilma? Não podemos acreditar nisso. A não ser que sejamos tão ingênuos e infantis, que não percebemos as armadilhas que estão por trás de tais promessas de última hora. Quando as pesquisas estavam de seu lado, Dilma não deu a mínima para os evangélicos. E deu atenção aos evangélicos, que estão interessados em se proteger, por trás do manto do governo. Só Deus sabe porquê.

E vem o senador Marcelo Crivella, a quem tanto admirei, por suas obras sociais, dizer de público, que vai criar uma "Força-Tarefa" para defender a candidata do PT, pois os evangélicos se equivocaram. Era só o que faltava! O senador tem suas razões e seus interesses. Nós defendemos os interesses do Reino de Deus!.

Diversos servos de Deus, como Pastor Paschoal Piragine, da igreja Batista de Curitiba, Pr. Silas Malafaia, e o utros, levantaram a voz contra o programa iníquo de falsos direitos humanos. De minha pequena trincheira, dei minha modesta colaboração. E espero que Deus faça o que não podemos fazer, não deixando o Brasil cair nas mãos dos que estão ao lado da iniqüidade.

Há evangélicos que criticam nossa posição, afirmando que deveríamos combater as iniqüidades dos pastores, dos ministérios oportunistas, que deveríamos combater o capitalismo, etc. Concordo. Mas a hora é de combater o oportunismo político, que quer usar os evangélicos como massa de manobra, em favor de um programa de governo que é institucional, e quer jogar na lata do lixo os princípios cristãos.

Desse modo, de minha pequena posição, como ministro do evangelho, alerto para que não caiamos no conto de ultima hora, da candidata do PT. Se esse programa de governo, que ela assinou e defende, maldições e mais maldições virão sobre nossa nação.

Deus Salve o Brasil!!

Se o presidente da República, "fora do expediente", pode dizer em que vota, eu também, "fora do expediente pastoral", digo que votarei no senhor Serra. Não que ele seja perfeito, que aprove todas as suas idéias. Pelo menos, ele tem sido ponderado, com relação aos temas caros para a fé cristã. Votei em Marina e espero que ela apóie o Serra para presidente. Esse é o meu alerta e meu conselho.

Em Cristo,

Elinaldo Renovato de Lima - Pastor

14 comentários:

Charlles Oliveira disse...

Pastor Carlos Roberto,

Sábias palavras do pastor Elinaldo, que já havia se pronunciado no 1º turno na rádio Nordeste Evangélica Natal-RN), alertando milhares de servos de Deus sobre o perigo do PNDH-3.

Publiquei o áudio aqui: http://www.oassembleiano.com/2010/10/audio-do-pr-elinaldo-renovato-falando.html

Paz, Charlles Oliveira
RN

Anônimo disse...

Achei no minimo interesssante o "Prezados irmãos em Cristo, e amigos de outras denominações
A Paz do Senhor", duas classes distintas e o "amigos de outras denominações"..... Não sei da intenção do coração de ninguem, mais isso reflete bem o sentimento exclusivista de algumas pessoas.
Pelo menos foi honesto!
Fsales.

Robson Aguiar disse...

Parabéns ao Pr. Elinaldo Renovato,

Precisamos unir vozes para em uníssono protestar contra a postura anticristã do Partido dos Trabalhadores.

Pr. Robson Aguiar

tião disse...

Eu so queria saber porque alguns pastores e lideres não apiaram e votaram na Marina e apoiaram a Dilma vamos ler 1ª aos cor. 12 ..12 somos um corpo agora vamos orar. e serra o brasil.

Pastor Geremias Couto disse...

Assino embaixo o texto.

Por outro lado, acho que tenha sido um ¨cochilo¨ involuntário do pastor Elinaldo chamar de amigos os membros de outras denominações, enquanto chama os nossos de irmãos.

Abraços!

wally disse...

apz, amado pr. Geremias.

só tenho um reparo a fazer no texto:

não se conseguiu provar que a candidata Dilma falou a frase "nem Cristo me tira essa vitória" e assemelhadas.

tirando isso, e os "amigos de outras denominações", risos, está correto.

ah, mas convém lembrar q foi o Serra quem trouxe, de fato, o aborto para o SUS. Ele não é "santinho" não, e não é muito lembrar q SP é o estado que tem dado mais eco ao lobby gay, tanto nas ruas quanto nas leis...

quero escrever algo sobre isso tb, alertando q a força da igreja está nos joelhos, e não nas urnas.

abs, amado, com admiração sincera, apz.

wally.

José Ferreira disse...

Voto nulo já, pois Serra está usando os evangelicos, e até posando de "irmão" para ganhar votos.

O Padre Léo no vídeo abaixo revela como tudo começou sobre o aborto no Brasil:

Padre Léo Desmascara José Serra Sobre o Aborto

Como acreditar que Serra e o PSDB mudarão de posição? A real e não agora que está querendo votos.

Voto nulo já!

Sou evangélico e não vou ser connivente com a politicagem que assola a nação.

Hugo Senna disse...

Pastores deveriam era estar evangelizando e através da Palavra mudar os corações das pessoas.

Não é lei alguma que vai fazer isso.

Tanto Serra, Dilma ou até Marina não vão impedir o mau na terra.

Balela.

Nós temos é que nos preocupar com as coisas de Deus.

Pr. Carlos Roberto disse...

Caros amigo e internautas anônimos,

Graça e Paz!

Assim como meu blog e este editor é totalmente indentificado, tenham também a liberdade de se identificar.

Publicarei com a maior tranquilidade os seus comentários, ainda que discordantes, isso é democracia, mas por gentileza identifiquem-se. O máximo que vai acontecer será nossas posições discordantes e isso é plenamente aceitável em uma democracia.

Deus abençoe a todos!

Um grande abraço!

Vosso conservo n'Ele,
Pr. Carlos Roberto

Anônimo disse...

Rev. Carlos,

Aproveito para deixar este link onde um pastor presbiteriano (e olha que estha no blog do Nassif hein) mostra o outro lado da moeda com relação a esse artigo:

Democraticamente:

http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/artigo-de-pastor-presbiteriano-sobre-boatos#more

Grato, Francisco Laurindo

Pastor Geremias Couto disse...

Caro Wally:

De fato não se conseguiu provar que Dilma tenha dito a frase. Feita a ressalva, o resto é de conhecimento público.

Quanto ao Serra, dei no meu blog também as razões porque não votaria nele no primeiro turno.

Agora, no segundo turno, tenho de lançar mão da ética hierárquica: entre o mal maior e o mal menor, fico com o último.

Quanto ao aborto, minhas posições são também radicais, como já discutido em uma postagem no blog. No entanto, Serra só fez legalizar os casos previstos em lei e mesmo com ocorrência policial, o que foi posteriormente banido pelo PT.

De resto, de joelhos e agindo por meio da conscientização.

Abraços!

Weslei Rocha disse...

Mas um reparo no texto:


"A Comissão Brasileira Justiça e Paz, órgão da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) condenou agora a noite o uso eleitoral da fé cristã para espalhar boatos sobre os candidatos à Presidência da República.

Sem citar o nome de Dilma Rousseff (PT) diretamente, a nota da CNBB diz que grupos religiosos dentro da própria igreja têm “criado dificuldades para o voto livre e consciente”. Segundo a entidade, esses grupos estão usando o nome da CNBB para induzir erroneamente os fiéis a acreditarem que a Igreja Católica tivesse imposto veto a qualquer um dos candidatos nestas eleições.

A CNBB critica a nota divulgada pela Regional Sul 1, que prega o voto contra Dilma. A instância máxima do catolicismo no Brasil diz que a atitude desses grupos religiosos “constrangem nossa consciência cidadã, como cristãos, atos, gestos e discursos que ferem a maturidade da democracia, desrespeitam o direito de livre decisão”. Leia a seguir a íntegra da nota:

O MOMENTO POLÍTICO E A RELIGIÃO

“Amor e Verdade se encontrarão. Justiça e Paz se abraçarão” (Salmo 85)

A Comissão Brasileira Justiça e Paz (CBJP) está preocupada com o momento político na sua relação com a religião. Muitos grupos, em nome da fé cristã, têm criado dificuldades para o voto livre e consciente. Desconsideram a manifestação da presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil de 16 de setembro, “Na proximidade das eleições”, quando reiterou a posição da 48ª Assembléia Geral da entidade, realizada neste ano em Brasília. Esses grupos continuaram, inclusive, usando o nome da CNBB, induzindo erroneamente os fiéis a acreditarem que ela tivesse imposto veto a candidatos nestas eleições.

Continua sendo instrumentalizada eleitoralmente a nota da presidência do Regional Sul 1 da CNBB, fato que consideramos lamentável, porque tem levado muitos católicos a se afastarem de nossas comunidades e paróquias. Constrangem nossa consciência cidadã, como cristãos, atos, gestos e discursos que ferem a maturidade da democracia, desrespeitam o direito de livre decisão, confundindo os cristãos e comprometendo a comunhão eclesial.

Os eleitores têm o direito de optar pela candidatura à Presidência da República que sua consciência lhe indicar, como livre escolha, tendo como referencial valores éticos e os princípios da Doutrina Social da Igreja, como promoção e defesa da dignidade da pessoa humana, com a inclusão social de todos os cidadãos e cidadãs, principalmente dos empobrecidos.

Nesse sentido, a CBJP, em parceria com outras entidades, realizou debate, transmitido por emissoras de inspiração cristã, entre as candidaturas à Presidência da Republica no intento de refletir os desafios postos ao Brasil na perspectiva de favorecer o voto consciente e livre. Igualmente, co-patrocinou um subsídio para formação da cidadania, sob o título: “Eleições 2010: chão e horizonte”.

A Comissão Brasileira Justiça e Paz, nesse tempo de inquietudes, reafirma os valores e princípios que norteiam seus passos e a herança de pessoas como Dom Helder Câmara, Dom Luciano Mendes, Margarida Alves, Madre Cristina, Tristão de Athayde, Ir. Dorothy, entre tantos outros. Estes, motivados pela fé, defenderam a liberdade, quando vigorava o arbítrio; a defesa e o anúncio da liberdade de expressão, em tempos de censura; a anistia, ampla, geral e irrestrita, quando havia exílios; a defesa da dignidade da pessoa humana, quando se trucidavam e aviltavam pessoas.

Compartilhamos a alegria da luz, em meio a sombras, com os frutos da Lei da Ficha Limpa como aprimoramento da democracia. Esta Lei de Iniciativa Popular uniu a sociedade e sintonizou toda a igreja com os reclamos de uma política a serviço do bem comum e o zelo pela justiça e paz.

Brasília, 06 de Outubro de 2010.
Comissão Brasileira Justiça e Paz, Organismo da CNBB”

José Magalhães, Pr. disse...

"Mais uma vez pastor Carlos, muito obrigado por selecionar e blogar assuntos como a carta do pastor Renovato... execelente posição e quero apresentar de todo coração os meus parabens pela passagem do seu aniversário.
Parabens mesmo
Pr. Magalhães
São Miguel Paulista SP"

Andrea disse...

Não podemos confundir, o que vivemos com o que o mundo vive.
Caros irmãos, nem Serra, nem Dilma estão interessados com nossa fé, pois eles não sabem nem o que é isso. Todos dois estão querendo se aproveitar dos votos de Marina para garantir a vitória no segundo turno.
Ainda no 1° turno, quando sabia que o 2º iria acontecer, disse que votaria nulo. Mas parei para refletir, e como sempre declarei, a politica e a religião não conbinam, e na hora de votarmos temos que fazer isso em um pensamento social, como cidadãos.Sabemos que nem todos votaram nulo, então algum dos dois vai ganhar de qualquer jeito, o que eu particularmente não queria. Pois vamos ser siceros, que se for melhor para o partido de qualquer um desses dois eles disfazer qualquer compromisso com a sociedade. O que temos que fazer como cristãos é orar pelos governantes. Não chego a me envergonhar, mas não me orgulho em votar Dilma, mas será isso que irei fazer. Pois quando pensei no social, foi o atual presidente que melhor fez pelo Brasil, e que até Serra disse que continuará com os projetos dele. Sério, vamos comparar como era a saúde, (por favor analisem no ambito federal, como estão as universidade, a dívida externa...Sinceramente,não votarem em alguem que era um dos braços direito de um presidente que so afundou o Brasil(FHC), que mentiu sobre os genericos (não foi projeto dele).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...