quarta-feira, 24 de novembro de 2010

IGREJA - Identidade de uma verdadeira

Edificarei a minha igreja...






"Pois também eu te digo que tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela."  Mateus 16:18

Sei que o termo "Igreja", do ponto de vista institucional está muito desgastado, no entanto, ainda que entendamos ser a verdadeira Igreja de Jesus Cristo, a assembléia de todos os remidos em todos os tempos e lugares, não podemos ignorar a veracidade e importância das igrejas locais e ou ministérios no contexto congregacional.

Por outro lado, entendo também que Deus respeita essa realidade, e a prova disso é que, nas cartas do Apocalipse, os elogios e repreensões foram nominais aos pastores de cada igreja, e em caráter individual.

O Apóstolo Paulo da mesma maneira, escreveu suas cartas, dirigindo-as especificamente a cada igreja, segundo a sua necessidade. Por esse motivo não temos como fugir dessa prática. Mesmo aqueles que defendem outro modelo, como por exemplo a igreja nos lares, finalmente chegam à conclusão que o novo molde não tem como fugir de uma igreja local, ainda que pequena.

Isto posto, quero de maneira prática evidenciar quatro pontos, os quais julgo importante para a identificação de uma igreja genuína segundo os princípios bíblicos.

1 - IGREJA CRISTOCÊNTRICA

"Porque nada me propus saber entre vós, senão a Jesus Cristo e este crucificado."                         1 Coríntios 2:2

Uma igreja evangélica verdadeira, tem que colocar Jesus Cristo como o centro de todas as suas atividades. Os louvores precisam necessariamente invocar o senhorio de Jesus Cristo e o anúncio das boas novas de salvação através d'Ele, e a sua volta.
As mensagens, ainda que circulem por todos os temas possíveis da vida terrena e espiritual, jamais podem abandonar o sacrifício do Calvário e objetivo de tudo que é o céu.
Por maiores que sejam os benefícios que Jesus Cristo possa nos oferecer aqui na terra, nenhum será maior do que a salvação da nossa alma, ou seja, a vida eterna.

"Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades; tudo foi criado por ele e para ele."  Colossenses 1:16
                                                 
2 - IGREJA COM PROPÓSITO

"Fiz-me como fraco para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para, por todos os meios, chegar a salvar alguns." 1 Coríntios 9:22

O maior propósito da instituição da Igreja é a salvação dos perdidos.

Muitas igrejas estão perdidas em seus inúmeros programas de eventos, construções de templos e atividades de recreações religiosas, as quais findam por transformar a casa de Deus em uma espécie de clube social religioso. Não quero aqui, condenar em última instância qualquer dessas atividades, mas reconhecer que são todas secundárias, comparando-as com as de caráter evangelístico e que visam a salvação e libertação das pessoas. Todos os crentes e principalmente os líderes devem estar voltados para o foco principal. Não podemos perder o foco da evangelização e discipulado. Se uma mineradora não extrair minérios, nada faz. Se uma siderúrgica não produzir aço, nada faz. Se uma igreja não ganhar almas, perdeu seu propósito e é inócua em sua missão principal.

3 - IGREJA EQUILIBRADA

Nos dias de hoje, encontramos igrejas, as quais poderíamos classificá-las como "igrejas temáticas": igrejas para surfistas, esportistas em geral, para pobres, para ricos, para semi analfabetos, para doutores, etc... Igrejas silenciosas, barulhentas, da palavra, do reteté e por aí afora.
Creio sinceramente que, igreja que é igreja tem pluralidade em suas ações. A igreja existe para assistir e congregar a todos que aceitam a Cristo e querem conviver com seus irmãos de fé. Tais rótulos dividem a igreja e afastam o foco da comunhão que há no Espírito Santo.

"Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens," Tito 2:11

"Mas, se fazeis acepção de pessoas, cometeis pecado e sois redargüidos pela lei como transgressores." Tiago 2:9

Por outro lado, igreja tem que zelar pela ortodoxia bíblica, sem abrir mão da manifestação do poder de Deus, afinal as duas coisas são intrínsecas e não há como separar.

"E Jesus, respondendo, disse-lhes: Porventura, não errais vós em razão de não saberdes as Escrituras nem o poder de Deus?" Marcos 12:24

É lógico que, pelos talentos e vocações dos seus líderes, algumas igrejas despertam certas especializações que são benéficas para o Reino de Deus com um todo, no entanto, ainda assim é necessário que se busque o equilíbrio, no afã de se alcançar a pluralidade de um evangelho pleno, afastando assim qualquer rótulo temático.

Outro fator que que uma igreja deve buscar é o equilíbrio entre "carisma e caráter" dos seus membros e líderes. Em algumas igrejas, sobra carisma e falta caráter nas ações e relações das pessoas. As manifestações espirituais são muitas, mas só nos horários de cultos e reuniões eclesiásticas, porém, nas tratativas seculares e nas relações inter-pessoais, as atitudes são de envergonhar qualquer ímpio. Por outro lado, outros prezam pelo caráter, mas desprezam o carisma e a busca pelo sobrenatural de Deus.

A igreja primitiva tinha equilíbrio, senão vejamos:

"E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações." Atos dos Apóstolos 2:42


Não podemos esquecer que, a nova aliança através de Jesus Cristo nos legou um novo formato, sem no entanto abolir os princípios da lei, motivo pelo qual muitos símbolos nos servem como exemplo.
Vejamos o equilíbrio exigido por Deus nas vestes dos sacerdotes:

"Uma campainha e uma romã, outra campainha e outra romã, nas bordas do manto à roda, para ministrar, como o SENHOR ordenara a Moisés." Êxodo 39:26

Equilíbrio total - A campainha tinha a função de anunciar o mover da glória do Senhor e a romã era o fruto na vida do sacerdote. Carisma e caráter, glória e fruto do espírito.

4 - IGREJA COM ALMA

"Pois que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma?"  Marcos 8:36

O dicionário Aurélio define a alma como o princípio da vida.

Me recordo do tempos em que iniciei meus estudos musicais, quando uma antiga apostila de iniciação, cujo título era "ABC MUSICAL", trazia em sua primeira lição a definição do que é a música.

Assim dizia:
"A música é a arte de manifestar os diversos afetos da nossa alma mediante o som"

O versículo que citei logo acima, fala logicamente da salvação da alma, do ponto de vista escatológico da eternidade, no entanto, quero aqui falar da alma no sentido de vida e afetos.

Muitas igrejas, no afã de galgarem postos de destaque no ranking das maiores e melhores, por fim perdem a alma, ou seja, a vida necessária e bíblica que se espera de uma congregação.
Ganham fama, prestígio social no contexto da denominação e eclesiástico, visibilidade patrimonial, porém em contrapartida perdem a alma e a sensibilidade nas dores e alegrias dos seus membros.
A igreja se transforma em uma espécie de prestadora de serviços espirituais, os pastores em gerentes executivos e seus membros em clientes. Falta alma, vida, comunhão e interação. Porventura não é o que está acontecendo? Pocuramos a melhor farmácia, o melhor supermercado, a melhor loja de roupas e calçados, mas nada temos a ver com seus dirigentes e ou proprietários. Assim nossa geração está procurando a melhor igreja. Aquela cujo líder tem a melhor oratória, o templo de maior conforto, a maior visibilidade, a que oferece os maiores milagres, a que tem mais revelações. Somos até bem atendidos e vamos embora, mas não temos irmãos, não somos pastoreados e muito menos comunhão. Minha reflexão pode até ser exagerada, no sentido de chamar nossa atenção para o fato, mas creiam, estamos caminhando a passos largos para essa realidade.


A comunhão e interação na igreja primitiva ultrapassava o templo e atingia a casa dos irmãos:


"E, perseverando unânimes todos os dias no templo e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração," Atos dos Apóstolos 2:46


Finalizando, se na identidade da sua igreja não constar pelo menos essas quatro propostas, a membresia já está com deficiência em sua imunidade espiritual. Fale com Deus e procure tratamento preventivo urgente.

No amor do fundador e mestre da Igreja
Seu conservo n'Ele,
Pr. Carlos Roberto Silva

18 comentários:

Victor Leonardo Barbosa disse...

Olá pastor Carlos, a Paz do Senhor!!!

gostaria de lhe parabenizar pelo artigo importante, que nos faz pensar no que se constitui genuinamente uma igreja cristã e biblicamente correta.

Não sei se o senhor já leu o livro "9 marcas de uma igreja saudável" do pastor Mark Dever, ele contribui grandemente também no que é ser uma igreja saudável à luz da Bíblia.

Assim como o livro, seu artigo é muito importante para a igreja dentro de um contexto brasileiro.

Forte abraço e Deus o abençoe!!!

disse...

Gostei do seu artigo Pr. Carlos.
Como encontrar uma igreja biblicamente falando??
Posso dizer que existe. São poucas , mas ainda existe!

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro
Victor Leonardo,

A Paz do Senhor!

Grato pela honrosa visita e comentário que agrega valores à este post.

Ainda não conheço o livro, mas desde já agradeço a indicação e estarei procurando por aqui.

Volte sempre!

Um grande abraço!

Seu conservo n'Ele,
Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezada Rô,

A Paz do Senhor!

Voce realmente tem razão, ainda existem, mas são poucas.

Oremos!

Um grande abraço!

Pr. Carlos Roberto

Juber Donizete Gonçalves disse...

Caro Pr. Carlos Roberto,

Seu artigo vem bem de encontro com o momento, refletindo sobre a identidade de uma verdadeira igreja. Meus parabéns pela postagem.

Um grande abraço.

Pr. Flavio Constantino disse...

Querido Pastor carlos,

A Paz do Senhor,

Muito boa essa reflexão. O ponto que mais me chamou atenção foi o primeiro (A Igreja precisa ser cristocêntrica). Eu diria sem medo de errar que se Jesus estivesse em nosso meio hoje ele nem conseguiria entrar em muitas igrejas. Pois elas são tudo menos Cristocêntricas. Infelizmente Jesus não é mais o paradigma para muitas igrejas, por isso, como o senhor disse no início de seu arrazoado, "o termo Igreja tem estado bem desgastada".

Mas que Deus continue lhe iluminando na revelação da Palavra para que possamos ter artigos enriquecedores como este.

Um grande abraço,

No Amor de Cristo,

Pastor Flavio Constantino.

Esdras Costa Bentho disse...

Kharis kai eirene

Oportuno e sábio artigo Pr. Carlos. Como identificar a verdadeira igreja de Cristo? Somente recorrendo às Sagradas Escrituras. De forma didática o prezado apresentou pilares da verdadeira igreja.

Se, me permite, procuro discutir em nosso livro Igreja: Identidade & Símbolos, a natureza da igreja neotestamentária a fim de mapear a realidade e natureza da igreja contemporânea.

Um abraço
Esdras

Arlete Romão disse...

amém pastor,


É so benção de Deus.

Um abraço...

Alexandre Maximiano de Sá, Pr. disse...

Caros irmãos,

A paz do Senhor Jesus.

Recomendo a todos a leitura do artigo: "IGREJA - Identidade de uma verdadeira", do pastor Carlos Roberto Silva da AD - Cubatão, que nos lê em cópia, publicado no no seu blog Point Rhema, cujo link para acesso segue abaixo.

www.pointrhema.blogspot.com

Pr. Carlos o sr. autoriza a publicação do artigo acima em nosso site com os devidos créditos?

Tenham todos uma ótima semana.

Lembro que neste sábado próximo temos a ceia o Senhor, às 19:00 hs..


Pr. Alexandre Maximiano de Sá

Pr.Daniel S Acioli disse...

Nobre Pr. Carlos Roberto!

Graça e Paz da parte de Jesus Cristo, Nosso Senhor!

Os pensamentos expostos pelo amado pastor, desnuda o que precisamos corrigir nesta última milha da estrada!

Tenho orado por um re-avivamento da Igreja e isto deve começar pelo altar!

A Igreja é reflexo do púlpito!

Sei perfeitamente que temos algo inimaginavel aos nossos antepassados que pagaram um preço incalculavel de sofrimento, resignaçào, privações mil, mas, impolutos avaçaram em oração, jejum, disseminação do evangelho de Cristo!

Prezando pelo continuar a obra da igreja primitiva, Jesus salva, Cura, Batiza com Espirito Santo e leva para o Céu!

Oro e estou buscando este avivamento que traga de novo o convívio cristão, que é a comunhão, no partir do pão, socorro ao necessitado e afins!

Obrigado pelo excelente artigo!

Nos enriquece e muito!

Pr. Daniel S Acioli

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Pr. Juber Donizete,

A Paz do Senhor!


Grato pela honrosa visita e pelo incentivador comentário.

O Senhor chama a igreja brasileira para um avivamento.

Um grande abraço!

Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro amigo e companheiro,
Pr. Flávio Constantino,

A Paz do Senhor!

Concordo plenamente com o amado.
Jesus reprovaria o nome de "cristã"em muitas igrejas.

Que o Eterno tenha misericórdia de nós!

Um grande abraço!

Seu conservo,
Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezado amigo e pastor Esdras Bentho,

Shalom!

Sua presença aqui é sempre uma honra.

Grato pela indicação do livro aos nossos visitantes. Eu também estarei lendo.

Um grande abraço!

Seu conservo,
pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezada Arlete Romão,

A Paz do Senhor!

Que bom que vc. tenha sido abençoada.
Volte sempre!

Um grande abraço!

Pr.Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro amigo e pastor
Alexandre Maximiano,

A Paz do Senhor!

Grato pela sua honrosa visita e indicação deste artigo à sua lista de e-mail's.

Tenha total liberdade para postar no conceituado site da ADCAV.

Um grande abraço!
Seu conservo em Cristo,

Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezado amigo e pastor Daniel Acioli,

A Paz do Senhor!

Grato pela sua honrosa visita e comentário enriquecedor.

Sua avaliação agregou valores à este post.

Creio que Deus tem levantado um exército que está intercedendo por esse necessário avivamento.

Um grande abraço!

Pr. Carlos Roberto

Marcello de Oliveira disse...

Shalom!

Amado Pr Carlos, parabéns por este ótimo artigo. O Eterno faça este texto alcançar muitas vidas para a glória Dele!

Um abraço, Pr Marcello

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro irmão e amigo Pr. Marcello de Oliveira,

Shalom,

Grato pela honrosa visita e sempre incentivador comentário.

Um grande abraço!

Seu conservo em Cristo,

Pr. Carlos Roberto

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...