quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Quando Deus cria tempestade em copo de água

Tempestade em copo de água



Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.
                                       Gálatas 6:7

O ser humano, por ter sido criado à imagem e semelhança de Deus, é tentado a achar que pode tudo e que todas as coisas estão sob o seu controle. Engano total!

O homem tem o livre arbítrio para controlar suas decisões e atitudes, porém, jamais terá controle das consequencias dessas. Isso está nas mãos do Altíssimo.

Ele exalta os humilhados, humilha os exaltados (Jó 40: 12 - Ezequiel 21: 26), corrige aqueles a quem ama (Hebreus 12: 6) e chama à existência as coisas que ainda não são.

Ninguém se considere soberano sobre qualquer situação. Quando Deus quer, não precisa de nuvens espessas nem de oceanos. Um copo d'água é suficiente para que ele crie uma tempestade incontrolável, ou seja, a bem da verdade, apenas um pingo de água ou até mesmo um cisco.

Ninguém se arvore de ter promessa de Deus na vida e nem mesmo qualquer unção especial. Se sairmos da presença de Deus através de atitudes errôneas e pecaminosas, Ele simplesmente se retira da nossa vida e, se insistirmos mascarando a situação, quando menos esperarmos Ele se levanta e coloca à luz o que tenta se ocultar.( 2 Samuel 2: 12).

Saul perdeu o controle, e ao julgar que podia todas as coisas, inclusive oferecer sacrifício como sacerdote, perdeu o reino que Samuel chegava para confirmar a sucessão em nome de Deus. Veja que um momento de precipitação mudou toda a sua história.

Sansão matou milhares de inimigos sob o força do Espírito do Senhor, mas seu caráter voluntarioso, desaforado, vingativo e sensual, fez com que ele de maneira inimaginável perdesse tudo nos braços de mulher pecadora. No costume do que sempre lhe acontecera, quando buscou não mais encontrou, nem cabelo, nem força, muito menos o Espírito do Senhor que dele já tinha se retirado.

Davi, um homem segundo o coração de Deus, também pecou, mas achou misericórdia porque se humilhou perante o Senhor e se impôs voluntariamente a uma disciplina de confissão, arrependimento e restauração. (Salmos 51).

Que o Eterno tenha misericórdia de nós e ajude-nos pelo Seu Santo Espírito a nos colocarmos em Suas mãos e reconhecermos nossos erros, nossos limites e a Sua soberania.

Não brinquemos com a misericórdia do Senhor. Quando Ele quer e decide, cria a tempestade nem que seja a partir de um copo de água.

Um bom dia a todos na Paz do Senhor!

8 comentários:

Pr. Anderson Araujo disse...

Reverendo Pr. Carlos Roberto;

A Paz do Senhor;

Parabéns pela bela reflexão, uma mensagem de alerta a todos, principalmente para aqueles que se acham autossuficientes e donos do "próprio nariz" como Sansão, Saul e outros... se existe uma lei que não falha, ela se chama "Lei da Semeadura" (Gl 6:7-8). Sansão semeou a Soberba e colheu a humilhação, semeou a desobediência e colheu a ausência do Espírito do Senhor, semeou a concupsciência dos olhos e colheu a perda da visão. Que possamos ser cautelosos para não cairmos nas tentações que caíram esses seletos homens de Deus, pois serve-nos de lição e exemplo para não agirmos da mesma maneira.

Que o Eterno continue inspirando sua vida para que continue nos brindando com pérolas como esta....

seu conservo menor;
em Cristo;

Pr. Anderson Araujo.

CANTOR MOISÉS VIEIRA disse...

olá meu querido irmão, passando para dar uma lida, aprender um pouco mais e, deixar meu abraço. Que Deus continue lhe abençoando.

disse...

Meu Deus que texto maravilhoso Pr. Carlos. Muito bom, fiquei tocada com ele. Realmente não devemos nos achar auto suficiente, não temos nada em nosso controle, quando pensamos que estamos controlando alguma coisa em nossas vidas, nos enganamos, ele até permite, para mostrar que a soberania é dele. E se insistimos com o erro, ele traz a luz. paz!

Seminarista Carlos Leão disse...

Graça e Paz Pastor.

Realmente temos que ter sempre temor e tremor de Deus, Ele é amor, paz, graça, misericórdia e longâmico mais também é justiça, não devemos abusar da Sua longanimidade.
Deus te abençoe...

Seminarista Carlos Leão disse...

Graça e Paz Pastor.

Realmente temos que ter sempre temor e tremor de Deus, Ele é amor, paz, graça, misericórdia e longâmico mais também é justiça, não devemos abusar da Sua longanimidade.
Deus te abençoe...

Pr. Elcio Brandao disse...

A Paz Senhor Jesus Cristo!

Deus seja louvado pela sua vida...Pr. Carlos Roberto.
Boa é esta palavra...que possamos viver de modo que não provoquemos uma tempestade em copo d'água.
um forte abraço nobre companheiro!!!

Pr. Elcio Brandão

Pr. Matias disse...

que texto excelente!

realmente ninguém deve achar mais de si mesmo do que deve.

Deus é soberano sobre tudo...

vou divulgar lá no meu blog...

parabéns!!!

Pr. Matias disse...

Que texto incrível!

Realmente não devemos pensar de nós mesmos mais do que realmente somos...

Muito edificante!

Divulgando lá no meu blog!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...