quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

SBT - Ai, ai, ai! Quem dá mais pela madrugada?


A venda do banco Pan Americano por Silvio Santos atiçou ainda mais o apetite de igrejas pentecostais interessadas em comprar horários na grade de programação do SBT.


Isso porque, além do banco, Silvio Santos perdeu com ele o anunciante. Cientes disso, dirigentes das igrejas Internacional da Graça (R.R.Soares) e Mundial do Poder de Deus (Valdemiro Santiago) voltaram a fazer propostas à direção do SBT, para adquirir a madrugada toda do SBT ou parte dela.

Segundo Ooops! apurou, a Igreja Mundial do Poder de Deus teria subido sua oferta inicial de R$ 15 milhões para quase R$ 18 milhões mensais. Isso lhe daria a grade do SBT da 1h às 6h de segunda a domingo. A igreja do missionário R.R.Soares também teria feito oferta semelhante.

Até a Universal de Edir Macedo teria entrado no páreo — no entanto, é a igreja que teria menos simpatia no SBT.

Procurada, a assessoria de imprensa do SBT não confirmou a negociação com os religiosos.
Fonte: Notícias UOL Ooops!

Meu comentário:
Em que pese não existir a confirmação dos fatos pelo SBT (o que também é da praxe comercial), não se pode esquecer que onde há fumaça há fogo e, por outro lado, as igrejas que outrora eram lembradas pelo conteúdo da sua mensagem e ação social, agora fazem parte do noticiário de altos negócios de comunicação, finanças e ações judiciais.
Maranata! Ora vem Senhor Jesus! 

9 comentários:

Fábio José Lima disse...

Graça e Paz Pr. Carlos,

Sobre a noticia trazida pelo post espero que o SBT feche contrato com uma igreja, pois seria um bom período de pregação e divulgação da Palavra de Deus, poderia alguém falar das Igrejas envolvidas na negociação, para mim não vejo problema, minha família, através de minha mãe, aceitou a Jesus na IURD, quando eu tinha 3 anos de idade, passamos mais ou menos uns três anos lá, quando minha mãe resolveu ir para a Assembleia de Deus, onde estamos até hoje, isso faz 30 anos. Tenho diversos amigos que aceitaram a Jesus em Igrejas com essas, citadas na notícia, depois foram para outras denominações, outros permanecem por lá, mas o importante é que estão com Jesus.
Para mim, o que vejo, além desta notícia, é o fato de eu ser membro de uma denominação praticamente centenária, do tamanho que é, onde os programas de televisão, quando muito, ficam por meia hora no ar, em rede nacional, como se não tivéssemos dinheiro para fazer o mesmo que as denominações citadas na notícia, isto é lastimável...
Quanto ao fato de não estarmos envolvidos em noticiários de "altos negócios de comunicação", já lamentei acima... Já com relação aos noticiários de "finanças e ações judiciais"...
Fique na Paz.

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro irmão e amigo deste blog Fábio José,

A Paz do Senhor!

Quanto a pregação da Palavra de Deus concordo plenamente com o amado, no entanto, quanto a questão dinheiro nas AD para altas negociações em comunicação, como o fazem as neopentecostais, é praticamente impossível por uma questão simples:

Lá o caixa é único, centralizado e administrado por uma pessoa, já no nosso caso...

É uma "faca de dois gumes"!

Uma coisa ou outra.

A centralização tem lá seus defeitos, mas também virtudes. Já a descentralização, democratiza, mas por outro lado dificulta mega projetos.

De qualquer forma, continuemos fazendo o que nos é possível e prossigamos para o alvo.

Grato pela participação.

Um grande abraço!

Pr. Carlos Roberto

Pastor Guedes disse...

Querido Pr. Carlos Roberto,

A Paz do Senhor!

Faz muito tempo postei alguma coisa sobre os valores investidos pelas igrejas neopentecostais nos meios de comunicação. A centralização do poder em uma única pessoa faz dela a única "dona" da igreja, logo estamos falando de "impérios" formados em nomes de A e de B. Por outro lado, concordo em termos com o Fábio. Não sou um crítico de plantão e não sou avesso à forma de administração de nossas valorosas igrejas AD´s. Gosto da descentralização e da partilha de poder, mas, sem dúvida, poderíamos fazer mais e melhor.

Quanto à notícia, o que vejo é um bando de homens muito mais interessados em ampliar seus ministérios, digo, impérios e arrecadar mais dinheiro em nome de Deus. Descobri recentemente que um dos nomes citados em seu post, tem no Estatuto de sua igreja uma cláusula que lhe assegura a presidência vitalícia, não permitindo eleições para presidente e vice, e os cargos eletivos são somente para os secretários. Posso estar equivocado e eles podem ser as pessoas mais bem intencionadas no Reino de Deus, porém os vejo como comprometidos com outro reino, o deles próprios.

Parabéns pelo blog e pelas postagens.

Forte Abraço.
No Amor de Cristo!

Gilson disse...

É a grande NEGOCIATA envolvendo (ainda bem) um evangelho torto que nada tem de Verdade, segundo as Escrituras. O Nome de Jesus, se pronunciado (quando é) é apenas para carimbar em baixo das falcatruas, falsos ensinos e lavagens cerebrais.

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezado pr. Guedes,

Graça e paz!

Sua presença por aqui é sempre uma honra para este blog.

Quanto ao seu comentário, vejo que pensamos igualmente.

A maneira descentralizada de ser da AD, creio que é um bom termo, no entanto falhamos quando não dispomos de mecanismos que nos possibilitem alçar vôos maiores em termos projetos a nível nacional.

Volte sempre!

Um grande abraço!
Seu conservo,
Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Gilson,

A Paz do Senhor!

Sua fala é forte, mas embasada nas ações dos próprios líderes dessas igrejas.

Quanto a salvação de pessoas, é um ato da graça e misericórdia do Senhor, considerando a infabilidade da Sua Palavra e a fé de pessoas bem intencionadas para com Ele.

Grato pela honrosa visita!

Um grande abraço!

Pr. Carlos Roberto

Pb Uilton disse...

Graça e Paz

Pr Carlos

Como o senhor disse estão perdendo o conteudo de mensagem em ação social e investindo em negocios de altos valores.
Como deve estar as autoridades, ministerio publico, diante desta noticia.

Um Abraço


Pb Uilton

Pastor Geremias Couto disse...

E aí, amigo, vamos quebrar os nossos "cofrinhos", com aquelas moedas ganhas com o suor do nosso trabalho, e tentar pegar uma rebarba?

Só ironizando para não usarmos linguagem mais forte.

Abraços!

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Pb. Antônio Uilton,

A Paz do Senhor!

Creio que quando perdemos o foco, corremos o sério risco de invertermos os valores e descartarmos as prioridades.

Que o Senhor tenha misericórdia de nós!

Grato pela participação.

Um grande abraço1

Pr. Carlos Roberto

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...