quinta-feira, 4 de agosto de 2011

CGADB - Ministros da AD Ribeirão Preto trocam CONFRADESP pela COMADETRIM

Pr. Antônio Santana - AD Ribeirão Preto - SP

Segundo informações do Blog Fronteira Final, do Jornalista e pastor Antônio Mesquita, o Pr. Antônio Santana, presidente da Assembleia de Deus em Ribeirão Preto - SP, migra juntamente com os ministros daquela Igreja para outra convenção regional, a COMADETRIM - Convenção dos Ministros das Assembleias de Deus no Triângulo Mineiro, com séde em Uberlandia - MG, sob a presidência do Pr. Álvaro Sanches.

Assim registra o pastor Antônio Mesquita em seu blog:

"Neste sábado, vários ministros acompanharão pastor Santana em viagem para Uberlândia, onde participarão da plenária da nova convenção a que se filiaram – a Comadetrim, presidida pelo pastor Álvaro Sanches."

A história registra que os ministros da Assembléia de Deus em Ribeirão Preto já pertenceram  à COMADESPE, migraram depois para a CONFRADESP, a convenção da AD Belenzinho, e agora a notícia revela que se transferem para a COMADETRIM, uma convenção fora do estado de São Paulo onde estão sediados.

Isso é repetição do que já aconteceu também com a Assembleia de Deus em São José do Rio Preto, quando à época presidida pelo saudoso Pr. José Perozin, também transferiu-se da COMADESPE para a COMADETRIM.

Em princípio, tais mudanças de convenção regional, quando a Igreja está livre administrativamente para isso, em nada alteram na vida da Igreja, mas apenas acomodam as conveniências da política eclesiástica vividas por seus líderes, porém, em um segundo plano, a lei da semeadura se manifesta quando, os membros das igrejas também passam a migrarem de igreja em igreja, segundo suas conveniências. Problemas da nossa geração.


Quando o Estado de Minas Gerais era coberto por apenas uma convenção estadual sediada em Belo Horizonte sob a presidência do patriarca Pr. Anselmo Silvestre, quem angariava a participação das igrejas instaladas nas cidades limítrofes, principalmente as do Sul de Minas, eram as convenções de São Paulo, agora, com o credenciamento de mais convenções no Estado de Minas Gerais por parte da CGADB, essas é que são atrativo para os ministérios sediados nas cidades limítrofes do Estado de São Paulo, os quais ficam  neutros com relação à política eclesiástica doméstica e portanto livres para um crescimento sem "dor de consciência". Vejam que a mesma matéria no Blog Fronteira Final, já registra a AD Ribeirão Preto inaugurando congregação em Porto Ferreira, ou seja, caminhando do interior em direção à capital. Se estou enganado, me perdoem a ousadia!

Considerando ser o Pr. Antônio Santana um líder respeitado e que merece todo a nossa   consideração, tanto pelo seu testemunho de vida como pelos frutos ministeriais, rogamos ao Senhor que a mudança ora anunciada, seja de benção para todos os envolvidos.

18 comentários:

Eliel Toledo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eliel Toledo disse...

Políticas eclesiásticas. Sinceramente, isto é um mal para a Igreja do Senhor aqui na terra. Sou também acadêmico em Administração e...até agora, tenho visto que nosso modelo precisa urgentemente de reforma, uma nova "reforma". Não há unidade, fraternidade, uma comunhão de aparência, de interesse, não há limites. Que Deus me perdoe se estou errado.

Pr.Daniel S Acioli disse...

Meu nobre Pr. Carlos Roberto.

O Histórico mostra que os insatisfeitos, sempre estarão descontentes onde chegar!

Sem emitir juizo de valor, não seria o caso de mudar de atitude e não de Igreja ou Convenção?

A Nossa velha natureza se manifesta nos detalhes.

Não estou acostumado com essas coisas, não!

Um forte abraço meu companheiro.

Gilson disse...

Espero que não troquem Jesus por Gizuz, isto no caso de realmente crerem em Jesus.

Pastor Geremias Couto disse...

Caro amigo e pastor Carlos Roberto:

Ainda hoje respondi ao pastor Abner Ferreira, em sua enquete no twitter,o seguinte:

"1) Não ha duvida que todas as divisões eclesiásticas, por mais "justas" que sejam, sempre trazem algum prejuizo ao rebanho". [Como conheço a integridade do pastor Santana e tudo o que está por trás da decisão tomada, creio que não teve outra alternativa.]

"2) as ovelhas repetem o que veem entre os líderes. Se eles se "engalfinham", ficam no 'direito' de procurar outros pastos".[Se entre nós é assim que funciona, as ovelhas também seguem o nosso exemplo.]

"3) Por outro lado, o nosso sistema assembleiano é o que é. Mudar isso, só se Deus trouxer do céu uma hecatombe". [Mas sou persistente e creio em Deus. Para quem abre o mar Vermelho e tira água da rocha, isso não é nada.]

"4) Falta aos nossos líderes "coragem" para se sentarem e rever e corrigir até as vísceras o nosso modelo". [Quem sabe o Senhor não faz isso a partir de 2013, quando teremos as eleições para a CGADB. A Terceira Via cresce a cada dia!]

"5) É isso que sempre pensei e continuo pensando, meu caro amigo". [Os acréscimos entre colchetes adicionei agora. Os pontos entre aspas foram a minha resposta ao pastor e amigo Abner Ferreira, da AD de Madureira, RJ.]

Bem, de minha parte, é isso. Acho que vale para a postagem em tela.

Abraços!

Silas Faria, Pr. disse...

Silas Faria escreveu:

"Pr Santana , um homem de idoniedade, integridade , reputação , desenvolve um grande trabalho em Ribeirão Preto."

Via Facebook

Valmir C. Melchiades disse...

Valmir C. Melchiades disse:

Que tudo seja feito para Gloria de Deus e engrandecimento do povo de Deus aqui na terra....

Via Facebook

Eliel Toledo disse...

Pr.Geremias do Couto, quanto ao modelo, concordo que é quase impossível se analisarmos a nossa atual situação, mas para isso a mudança de atitude seria o começo, como comentou o nobre Pr.Acioli.
Nos resta continuar orando e...começando a mudança por nós mesmos...Parece-me que estamos vendo uma luz no fim do túnel.

Joabe disse...

Deveria haver apenas uma convenção nos estados.

Anônimo disse...

Paulo Coelho disse:

Pr. Santana tem uma reputação excelente e ja estva em crise com a Confradesp de JW desde sua carta renuncia da 1ª Tesouraria da CGADB. E os motivos que o levaram a renunciar são fortissimos!!!

Sendo assim a saida do pr. Santana da Confradesp foi legitima pois estava insustentável ele ter o pr. JW como lider! Alguém poderia dizer: DEMOROU!!!

Joabe disse...

Por que mais de uma convenção por estado ?

David disse...

Caro Pr. Carlos, Paz do Senhor!!
Estamos aqui na região, como o irmão bem sabe, ilhados na verdade, agora com 3 grandes campos na comadetrin ( SJRio Preto, Ribeirão Preto e Uberaba/uberlandia) e pergunto? só falta Franca....!!?? Sugiro: uma aproximação mais amiúda da COMADESPE em relação ao nosso campo ( ministério de Igarapava),sei que o irmão já tem feito isso via telefone, mais não seria bom uma visita ao nosso campo? já que fazemos parte da COMADESPE? para fortalecer os laços convencionais??..Aproveitando o espaço, acho que haverá uma enxurrada de aberturas de igrejas ligadas a confradesp na região de Ribeirão Preto....
Abraços amado..
Pr.David Martins
Ass Deus em Franca - ministério de Igarapava SP

Jair Haleplian Pires disse...

A tempos que o Pr. Santana vem ensaiando isso, é lamentavel tal atitude. Creio que esta na hora da CGADB bater firme no sentido dos Ministérios só poderem filiar-se a convenção do seu estado. Infelismente tem companheiros que se desequilobram com a ancia do poder, e o reino de Deus e a união entre nossas Igrejas ficam em segundo plano. Penso que está na hora do Pr. Santana rever seus conceitos ministeriais.

Via Facebook

Fabio disse...

Na minha opinião, é uma pena que famílias se sintam donos das igrejas e do rebanho colocado por cristo, nas mãos de partores ungidos. Nós fieis, precisamos estar cada dia mais ligados a Cristo e ao seu plano de salvação e precisamos também mudar nossa conduta em relação a forma como temos nos relacionado com nossos "líderes". Adimirar e seguir os exemplos de líderes é uma coisa, segui-lo como cegos é outra, muito arriscada para nossas almas.
Tenho notado alguns traços e atitudes de Ditadura, em muitos desses "donos da igreja".

Anônimo disse...

FALANDO DE UMA VERDADEIRA DOENÇA QUE ESTÁ MINANDO TODOS OS PASTORES PRESIDENTES (PENSAR QUE SÃO DONO DAS IGREJAS E QUE PODEM PERPETUAR NO CARGO ATÉ PASSAREM A SEUS FILHOS COMO SE FOSSE UMA EMPRESA) PORQUE PARA O BOM ANDAMENTO DA IGREJA DEVERIA TER ELEIÇÕES PARA PRESIDENTE A CADA QUATRO ANOS SÓ ASSIM ACABARIA COM A DITADURA RELIGIOSA. MUITO OBRIGADO.

PASTOR RUBENS SANTOS disse...

falamos do reverendo pastor santana mais esquecemos que existem convencoes que apenas querem extrair de obreiros seus lucros internos quando an verdade apoio nenhum tem os convencionados a comadetrim tem sido modelo de convencao em minas presidida por pr alvaro alen sanches e tem atraido as tais para ca abracos a todos pr rubens santos uberlandia ad missao aos povos

Anônimo disse...

EU SOU DE RIBEIRÃO PRETO EU NÃO ENTENDO PQ TANTA MUDANÇA OS PASTORES TRATA A IGREJA COMO COMERCIO ACHA QUE É DONO DAS IGREJA NÃO ACEITANDO QUE OUTRA PESSOA OCUPE SEU LUGAR SE NÃO FOR DA SUA FAMÍLIA ,EU CONGREGO NUMA DAS IGREJA QUE O PASTOR SANTANA É LÍDER,EU ACHO QUE NÓS MEMBRO PRECISA SABER MAIS O QUE ESTÁ A VENDO COM A IGREJA,MAS NOSSOS PASTOR NEM FALA NADA FAZ DE CONTA QUE NÃO ESTÁ ACONTECENDO NADA É JESUS ESTÁ VOLTANDO MESMO É TUDO O QUE ELE DISSE ESTÁ SE REALIZANDO VOLTA LOGO JESUS ....

Jamerson Antunes/SP disse...

Caros irmãos, a paz do Senhor.

Creio que um modelo ideal seria o que acontece no nordeste de nosso país. As convenções são estaduais seguidas por um pastor presidente ligados a CGADB. Um exemplo de igreja próspera é a de Pernambuco com mais de 390 mil membros somente na capital de Pernambuco, Recife. Todas as cidades do estados estão ligadas a Recife e os pastores destas cidades estão sob a regência do pastor presidente. Nenhum pastor tem total autonomia sobre as cidades. As escolas Biblicas de Obreiros acontece na sede, em Recife. Consagrações de ministros de todo estado acontece na capital. A EBO daquele estado é a maior do país. Com isso a igreja torna-se muito forte, pq os irmãos do alto sertão do estado falam a mesma linguagem dos irmãos da capital e a igreja tem muito mais lucro. Templos enormes são construidos, a igreja é muito respeitada pelas autoridades e pela sociedade. O trabalho social da igreja ganha muito mais força. A igreja já tem mais de 15 estações de rádios por todo estado e uma rede de TV. Fiquei abismado com tamanha organização. Até os templos de todo estado são padronizados. Acho que deveria ser assim em todo pais. E não uma convenção de uma cidade abrir igreja na cidade vizinha. Qual o objetivo se lá na outra cidade já tem uma igreja? Oro a Deus para que as Assembleias de Deus do Brasil inteiro siga o modelo das convenções estaduais do nordeste.

Deus abençoe a todos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...