domingo, 17 de fevereiro de 2013

A VINHA DE NABOTE - Lições Bíblicas CPAD


A VINHA DE NABOTE - Lições Bíblicas CPAD
Lições Bíblicas CPAD

A VINHA DE NABOTE - Lições Bíblicas CPAD - 1o. Trimestre 2013

Por: Elizeu Antônio Gomes - (Belverede)

Não devemos ficar surpresos quando a injustiça e a maldade são companheiras das práticas de uma nação quando a mesma se afasta da lei do Senhor. De igual forma, o coração que despreza a Palavra de Deus.

Por ser cobiçoso e invejoso, o rei Acabe desprezou a orientação do Senhor, quando viu a bela plantação de uvas de Nabote e a quis para si. O monarca foi ao súdito e lhe disse: "Dá-me a tua vinha para que ela me sirva de horta, pois está vizinha, ao pé da minha casa; e te darei por ela outra vinha melhor que ela; ou, se parece bem aos seus olhos, dar-te-ei a sua valia em dinheiro" - 1 Reis 21.2.

A Lei de Moisés impedia que as terras dos israelitas fossem vendidas, pois pertenciam a Deus, deveriam permanecer em família, ser repassadas de pai para filho. Nabote manteve-se fiel ao Senhor, não cedeu à pressão de Acabe e por causa disso pagou com sua própria vida (Levítico 25.23; 1 Samuel 10.25; 1 Reis 21.8-14).

A raiz da cobiça 

No  texto de Ezequiel 28, a partir do versículo 12, o profeta nos apresenta um quadro da possível origem de Satanás. De acordo com o texto, Satanás era um querubim que possuía uma função especial até rebelar-se contra Deus, cobiçando o trono do Criador. Então partiu para o ataque e contagiou um terço dos anjos à rebelião, sendo todos os expulsos do céu; conseguiu uma grande vitória quando levou o ser humano a desobedecer a Deus.

Neste cenário, nossa luta aqui na terra é maior do que imaginamos. Ela não é somente na esfera humana, mas também acontece na esfera espiritual. A nossa maior batalha é contra os exércitos de Satanás, que procuram nos desviar do caminho certo e nos conduzir ao pecado. O conhecimento das Escrituras Sagradas, o jejum e a oração são poderosas armas contra Satanás. Vale a pena lutar com essas armas espirituais para que a batalha seja vencida.

Estratégia para não ser destruído

Em Oséias 4.1-3, vemos que o Senhor cobra a responsabilidade da liderança quanto ao ensino das Escrituras Sagradas ao povo. A rejeição ao conhecimento de Deus leva ao desvio da vontade divina e produz consequências duras e desagradáveis. A prática do pecado resulta em crises dentro da ordem natural da vida social: a mentira, a inveja, a ganância, o furto, o assassinato.

O coração de Acabe era materialista, mundano, hedonista, porque ele não se apegava à lei do Senhor. Assim, era induzido a buscar os prazeres dessa vida passageira.

A vigilância

O apóstolo Tiago ensina que é preciso resistir ao diabo, através da resistência ele foge de nós. E  Jesus Cristo nos informa que o coração humano pode estocar todas as espécies de males. Um desses males é a avareza. Portanto, precisamos armazenar a Palavra de Deus dentro de nós para não viver em pecado, orar e vigiar para não cair em tentação (Tiago 4.7; Marcos 7.21-23; Salmo 119.11).

E.A.G.
Fonte: Belverede
Bíblia de Estudo de Avivamento e Renovação Espiritual, 2009, Barueri - SP, (SBB).

Um comentário:

Natalino Das Neves disse...

PR Carlos, favors visitor mri blog: www.natalinodasneves.blogspot.com.br.Neste blog disponibilizo vídeos e arquivos de slides das lições bíblicas da CPAD. Se gostar, fique a vontade para divulgar no seu blog, como nas demais redes sociais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...