terça-feira, 24 de setembro de 2013

O sacrifício que agrada a Deus - Lições Bíblicas EBD / CPAD - Subsídio Teológico

Lições Bíblicas - EBD/CPAD
Com certeza, o amante da Bíblia Sagrada é abençoado através da leitura da Epístola aos Filipenses. É consolado, exortado, edificado, e cresce espiritualmente.


A carta contém assuntos doutrinários e de caráter pessoal da parte de Paulo. A síntese:

Autosacrifício

Jesus Cristo sofreu e morreu para que ganhássemos a vida eterna. E com coragem e vigor Paulo se sacrificou em seu ministério. Foi um homem que colocou sua vida a disposição do Mestre. Seu ministério esteve em primeiro lugar, para que as boas novas chegassem até os confins da terra. Como autêntico servo de Deus, foi abnegado, até o encarceramento não o impediu de anunciar Jesus Cristo como Senhor e Salvador, ensinar, fazer discípulos. Apesar de padecer bastante, ele ensinou o cristão a ser feliz.

Os exemplos de Cristo e do apóstolo nos faz entender que não devemos ser egoístas.

Unidade

As igrejas não estão imunes de ataques tentando tirar a paz, no seu meio de geração em geração surgem perturbações, questões de deslealdades e conflitos. Paulo escreveu encorajando o cristão a desprezar a queixa e trabalhar em conjunto, viver fraternalmente. Ensinou que quando estamos unidos pelo amor, a força de Cristo se torna abundante.

Vida cristã

O desenvolvimento do nosso caráter começa com a obra do Senhor realizada em nós. Entretanto, é necessário empreender esforço e autodisciplina, querer obedecer a Palavra de Deus para progredir na fé.

A alegria

Deus possibilita que o cristão conserve a alegria até nos infortúnios. A fé que o cristão tem não se origina nas circunstâncias exteriores, mas em Cristo que está dentro dele.  Paulo nos mostrou como viver uma vida cristã feliz. Jesus é nossa fonte de poder e alegria, produz a serenidade e a paz.

A saudação final de Paulo

Ao final da carta, 4.10-13, temos uma das mais bonitas expressões de confiança e contentamento que encontramos em toda a Bíblia Sagrada. O apóstolo revela que Cristo lhe dá força interior para cumprir seu ministério, afirma que Ele é a razão de sua força moral e espiritual.

O apóstolo Paulo emitiu no começo e fim de sua carta mais do que o desejo de boa sorte. Demostrando relacionamento afetuoso e sincero, ele escreveu se dirigindo para várias pessoas dentro da igreja, principalmente aos líderes. Ele proferiu bênçãos a todos, lembrando que a graça divina se estende a todos por intermédio do sacrifício vicário de Jesus na cruz.

E.A.G. - Belverede

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...