terça-feira, 29 de outubro de 2013

Rudi Zimmer é eleito presidente do Conselho Mundial das Sociedades Bíblicas Unidas



O diretor executivo da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), Rudi Zimmer, foi eleito presidente do recém-constituído Conselho Mundial das Sociedades Bíblicas Unidas (SBU), aliança que congrega 146 Sociedades Bíblicas no mundo. A escolha ocorreu na primeira reunião do órgão, realizada em Lydiard Park, Swindon, Reino Unido, de 14 a 18 de outubro. As SBU foram criadas em 1946, com o objetivo de criar estratégias de cooperação mútua entre todas as Sociedades Bíblicas, que facilitem o processo de tradução, produção e distribuição das Escrituras Sagradas.
O novo Conselho Mundial das SBU nasce com a tarefa de aprimorar e aumentar a base deixada pela antiga Diretoria Mundial, da qual Zimmer era presidente. Após um processo de dois anos de mudanças, tanto na administração como na governança das SBU, elegeu-se o Conselho Mundial, como órgão mais elevado da governança, entre as Assembleias Gerais. Este Conselho é composto por 21 membros, dos quais 17 são de Sociedades Bíblicas e quatro das principais tradições de igrejas servidas pela Aliança: Ortodoxa, Católica, Protestante e Emergente/Pentecostal. Para ocupar a vice-presidência, foi eleita Efua Ghartey, da República de Gana.
A última Diretoria Mundial, sob a liderança de Zimmer, enfrentou questões fundamentais, entre elas, tecnologia digital, juventude, relações com igrejas e traduções da Bíblia. Bem-sucedido, este trabalho permitiu que as SBU atravessassem um longo período de mudanças, alcançando estabilidade, para preparar projetos para o futuro. “Somos gratos a todos os membros da antiga Diretoria Mundial e ao presidente das SBU, Rev. Robert Cunville, pelo apoio prestado a toda a Aliança, e ao diretor geral das SBU, Michael Perreau, por sua contribuição na liderança da Aliança. Este respaldo tem nos permitido realizar nossa missão, de levar a Palavra de Deus a um número cada vez maior de pessoas”, afirmou Zimmer em seu discurso de abertura.
Atuando há 22 anos na Sociedade Bíblica do Brasil e, desde 2005, ocupando o cargo de diretor executivo da entidade, Zimmer é doutor em Teologia (Th.D.) e por mais de 20 anos foi professor de seminário teológico. Com MBA em Administração pela FIA-USP (Fundação Instituto de Administração, da Universidade de São Paulo) e com título honorário de Doutor em Letras (Litt.D.), fala fluentemente inglês, espanhol e alemão, além do português. Pastor luterano, Zimmer continua ensinando e orientando estudos bíblicos em sua igreja local.

Rudi Zimmer fez uma apresentação intitulada “Identidade, Visão, Missão e Valores da Aliança das SBU”, elaborado com um grupo de trabalho, que foi considerada uma boa base para a atualização do documento “Identidade e Etos”, criado na Assembleia Mundial de Midrand, em 2000. O novo documento, a ser finalizado, será compartilhado com os membros das SBU no início de 2014.
“As SBU reúnem representantes de muitos países e culturas diferentes, com expectativas e formas de atuar distintas. O fato de termos trabalhado bem em conjunto, durante a semana, mostra-se como uma promessa de boa governança para as Sociedades Bíblicas Unidas, durante um momento crucial de mudanças e oportunidades”, afirmou Zimmer no encerramento do encontro.
As 146 Sociedades Bíblicas existentes são orientadas pela missão de promover a maior distribuição possível de Bíblias, numa linguagem que as pessoas possam compreender e a um preço que possam pagar. Esse movimento pela difusão do Livro Sagrado teve início em 1804, com a fundação da Sociedade Bíblica Britânica e Estrangeira, na Inglaterra.

Fonte: Oficina da Palavra Via CPADNews

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...