quinta-feira, 28 de maio de 2015

"Pastor Gaúcho" adapta trechos da Bíblia à linguagem da região


Um radialista evangélico de Porto Alegre enxergou uma maneira inusitada de pregar o Evangelho utilizando, para isso, sua própria cultura. Anderson Alves da Luz, de 32 anos, interpreta o "Pastor Gaúcho", vestido de trajes típicos do Rio Grande do Sul e utilizando o linguajar típico da região (foto ao lado).
O personagem surgiu de uma iniciativa tímida nas redes sociais e atualmente já é seguido por mais de 160 mil pessoas. Fora do ambiente online, ele já se apresentou para quase 10 mil pessoas.
"O objetivo é fazer com que as pessoas atentem para os textos bíblicos, às vezes palavras motivacionais do dia a dia, e resgatar a nossa linguagem que se perdeu. Às vezes. uso uma expressão e me dizem que há tempos não ouviam aquilo. São expressões que se perderam e estamos resgatando", explica o radialista gaúcho.
O Pastor Gaúcho tem o costume de publicar versículos bíblicos com termos típicos da região. Em uma das postagens mais recentes, ele descreve a passagem do batismo de Jesus Cristo, conforme o Evangelho de Mateus, "na sanga", por "um taura chamado João Batista". O texto finaliza com uma "baita voz" ecoando do céu: "Mazáh! Este é meu guri".
Sucesso no Facebook
A iniciativa teve início em 2011 no Twitter. No mesmo ano, o "Pastor Gaúcho" migrou para o Facebook. Anderson teve a ajuda de uma amiga que desenhou um homem pilchado (vestido com roupas típicas gaúchas) com o chimarrão em uma mão e uma Bíblia na outra.
"Comecei a colocar o texto junto com o 'gauchinho' e tinha 5, 10 mil compartilhamentos. Rapidamente chegaram a 100 mil curtidas. E o interessante é que não são só evangélicos. Tem católicos, pessoas de diversas religiões e que não professam nenhuma fé", relata.
Com o sucesso de compartilhamento, começaram a surgir convites para que ele próprio se pilchasse para ir a igrejas e eventos religiosos. "Em 2012, mais ou menos, eu fui a meu primeiro evento. Participei, no Ginásio Tesourinha, com 9 mil pessoas, da abertura de um evento gospel. Desde então, fui a diversos eventos com personagens", conta Anderson.
Projetos
Além dos textos, Anderson começou a compartilhar vídeos com pequenas ministrações e também inseriu a ideia na rádio onde trabalha, que tem conteúdo evangélico. 
O próximo plano é escrever um livro com adaptações de algumas passagens. "Já me disseram que querem uma Bíblia toda assim", brinca. "Já pensei em fazer um livro de bolso, com alguns textos, algumas passagens especificas".
Anderson deixa claro que seu objetivo é espalhar a mensagem do cristianismo e assim, melhorar as vidas das pessoas. "Muitos dizem que estavam precisando dessa palavra. Está sendo muito bom e gratificante", conclui.
Fonte: Gospel Prime
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...