quarta-feira, 6 de abril de 2016

Bancada evangélica anuncia apoio a impeachment de Dilma


BRASÍLIA — O presidente da Frente Parlamentar Evangélica da Câmara, o deputado tucano João Campos (MG), anunciou, nesta quarta-feira, a posição da frente favorável ao impeachment da presidente Dilma Rousseff.
Segundo Campos, a bancada evangélica possui hoje 92 integrantes, incluindo a deputada Benedita da Silva (PT-RJ), e sua imensa maioria deverá seguir a orientação de votar a favor do impeachment. Campos afirmou que a decisão foi tomada em reunião realizada na tarde desta quarta-feira, com a participação de 70 deputados, alguns virtualmente.
Em nota lida em coletiva no Salão verde da Câmara, Campos afirma que a decisão foi tomada em razão da "grave crise econômica, moral, ética e política que atravessa o país" e dos "recentes escândalos de corrupção praticados pelo governo e crimes de responsabilidade praticados por Dilma que constituem uma afronta ao povo e ao estado democrático de direito". A nota diz ainda que o processo de impeachment está amparado pelo caminho constitucional e é necessário para que o país "restabeleça a esperança, a confiança, a unidade nacional e retomada do crescimento."
— A nota traduz o sentimento não só da bancada evangélica, mas dos segmentos evangélicos — disse Campos.
Presente no ato, ao lado de Campos, o deputado Leonardo Quintão (PMDB-MG), disse que os deputados evangélicos irão procurar as lideranças evangélicas de deputados que estão indecisos para explicar o porquê do impeachment e a importância de sua aprovação:
— A Frente Parlamentar Evangélica tomou a decisão para defender o povo mais humilde, que perdeu empregos. É uma decisão em prol dos mais pobres. Iremos visitar os pastores, lideranças evangélicas, para mostrar a importância do impeachment para recuperarmos a nação.
João Campos afirmou que não é uma posição religiosa ou partidária.
— Essa posição não é uma posição partidária, sequer religiosa. É uma posição em favor da nação. O país não pode continuar como está — disse Campos.
Um grupo de cerca de 10 deputados evangélicos estavam ao lado de Campos para a leitura da nota, entre eles Marco Feliciano (PSC-SP) e Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ).
Segundo o deputado Ronaldo Nogueira (PTB-RS), 80% dos deputados da bancada devem votar a favor do impeachment de Dilma.
Fonte: Extra

Um comentário:

Pb. José Roberto da Rocha disse...

E benedita da Silva ainda é crente ?Ela é de que igreja ? Há!Entendi,os dízimos dela devem ser altos! Onde já se viu ser Cristão e ao mesmo tempo ser ligado ao comunismo e a uma quadrilha? Ou alguém tem dúvidas que os Ptralhas são tudo isto e muito mais ?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...