quarta-feira, 11 de maio de 2016

Evangélico é eleito o melhor da NBA de forma unânime


O armador Stephen Curry, do Golden State Warriors, foi eleito nesta terça (10) o jogador mais valioso (MVP) da atual temporada da NBA. Esta é a segunda vez consecutiva que ele leva o prêmio. Em 2014/15, além de ser o MVP, também foi campeão da NBA. Este ano, seu time ainda disputa as semifinais da Conferência Oeste.
Aos 28 anos, o jogador recebeu todos os 131 votos de jornalistas, tornando-se o primeiro atleta a ganhar o prêmio de forma unânime. Foram 1.310 pontos dos 1.310 possíveis.  Para efeitos de comparação da grandeza do feito, atletas consagrados como Magic Johnson, Larry Bird e Michael Jordan não conseguiram isso.
Evangélico, Curry não tem medo de falar sobre sua fé em Jesus. “As pessoas devem saber quem eu represento e por que eu sou quem sou. É por causa do meu Senhor e Salvador”, afirmou ele em seu discurso na premiação do ano passado.
Este ano ele novamente agradeceu a Deus “pela saúde e pelo talento que recebi”. Segundo o The Politican Insider, a NBA pediu que ele parasse de “falar sobre religião”, mas ele não parece disposto a isso.
“Olhando para trás, minha infância foi preenchida com a presença do Senhor”, relatou ele, que entregou a vida a Jesus ainda pequeno. Explica que sempre encontrou pequenas maneiras de expressar sua fé publicamente.
Quando entra em uma quadra de basquete, bate no peito com o punho e, em seguida, aponta para cima. Isso simboliza que seu “coração está em Deus”. Para ele, é “como um lembrete para quem eu estou jogando”.
“Deus me deu talento para jogar basquete e viver disso. Mesmo assim, ainda preciso trabalhar duro para melhorar a cada dia… Sei que, olhando em perspectiva, isto é apenas um jogo e pode ser tirado de mim a qualquer momento. Mas eu amo o basquete. O esporte me dá oportunidade de fazer coisas boas para as pessoas e também fazer com que olhem para o homem que morreu pelos nossos pecados na cruz”, disse ele à Sociedade dos Atletas Cristãos.
A trajetória do armador no basquete iniciou numa escola particular cristã, onde ajudou sua equipe a vencer três campeonatos. Depois, fui estudar numa pequena faculdade cristã, o Davidson College.
Embora sem tradição nos esportes, com Curry, o time chegou às semifinais do campeonato universitário. Ele acabou escolhido para jogar no Golden State Warriors, que não vencia um campeonato havia 40 anos.
Ele demonstra sua fé de várias maneiras. No pulso direito, Curry tem uma tatuagem em hebraico de 1 Coríntios 13.8 (O amor nunca falha). Patrocinado pela marca Under Armour, ele batizou o tênis Curry One.
Uma curiosidade é que a língua do calçado traz a inscrição “4:13″. No lançamento, quando foi perguntado o que significava, explicou que era uma referência a Filipenses 4.13: “Posso todas as coisas naquele que me fortalece”.
Com informações de Christian Examiner e CNS News via Gospel Prime

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...