segunda-feira, 30 de maio de 2016

Fabiano Silveira não pode continuar ministro - Temer está na prova - E agora?


O ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado e seu gravador continuam a contribuir para expor as conspirações contra a Lava-Jato em Brasília, inclusive no governo do presidente interino Michel Temer, algo inaceitável.

Primeiro, o senador Romero Jucá, ministro do Planejamento de Temer, muito próximo ao presidente, foi gravado em conspirata com o presidente do Senado, Renan Calheiros, para desestabilizar a Operação. Os dois estão na malha da Lava-Jato. Temer agiu com a rapidez necessária, e Jucá perdeu o cargo.

Agora, como revelou o “Fantástico” ontem, mais um alto funcionário do governo se coloca contra a ação da força-tarefa de Curitiba: Fabiano Silveira, ministro da Transparência, Fiscalização e Controle, pasta que se chamava Controladoria Geral da União (CGU). Chega ser uma contradição em termos o responsável por controles e transparência tentar criar obstáculos ao combate à corrupção.

Fabiano aparece, em gravações de Machado, dando conselhos a Renan e ao próprio ex-presidente da Transpetro para escaparem das investigações do Ministério Público.

O “Fantástico” apurou que o ministro chegou a fazer visitas a representantes do MP, inclusive ao procurador-geral, Rodrigo Janot, para levantar informações que auxiliassem Renan. Há registros de conversas entre Renan e Machado sobre o suposto êxito desta espionagem do ministro.

Temer precisa aplicar a mesma regra que valeu para Jucá: não se admite no governo qualquer conspiração contra a Lava-Jato. Só assim será levado a sério o compromisso público assumido pelo presidente de apoiar a Operação e todo o combate à corrupção. 

Isso é tão essencial para o governo Temer como a contenção da crise econômica.

Fonte: O Globo


COMENTÁRIO:

Não há outra saída para o Presidente em Exercício Michel Temer; é necessário exonerar Fabiano Silveira a exemplo do que aconteceu com Romero Jucá.

Ética é ética sempre, e principalmente quando se assume com a motivação de que alguém faltou com ela, não tem jeito, como diz o adágio popular, "doa a quem doer", ela terá que ser colocada em prática.

O pior é que Michel Temer não está livre que existam outros casos nos primeiros escalões do governo, do mesmo modo envolvidos.

A República talvez não tenha caído por inteiro ainda, mas já está toda ruída. O efeito está parecido com as implosões das velhas construções, os estopins estão espalhados por todos os lados. A única diferença é que os "start's" estão sendo acionados paulatinamente, cada um de sua vez, em cadeia, uma espécie de "efeito dominó".

Como desde o início dessa tragédia nacional, o amigo e pastor Jornalista Geremias Couto vem se utilizando de uma linguagem bíblica quando diz: "Amonitas e moabitas estão com os nervos à flor da pele, e por fim se destruirão uns ao outros, sem que ninguém precise por a mão".

Confira a passagem bíblica:

"Os amonitas e os moabitas atacaram os dos montes de Seir para destruí-los e aniquilá-los. Depois de massacrarem os ho­mens de Seir, destruíram-se uns aos outrosQuando os homens de Judá foram para o lugar de onde se avista o deserto e olha­ram para o imenso exército, viram somente cadáveres no chão; ninguém havia escapado." - 2 Crônicas 20: 23-24 (O destaque é meu).
OREMOS!

Um comentário:

Pb. José Roberto da Rocha disse...

Por estas e outras que acho que somente uma intervensao militar para colocar o Brasil em ordem!Os três poderes estão totalmente corroídos! Deus tenha misericórdia da nossa nacao!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...