quarta-feira, 29 de junho de 2016

Ministério internacional para ex-gays expande trabalhos no Brasil


Um trabalho internacional tem atendido homossexuais que estão insatisfeitos com a vida e buscam por apoio para entender seus desejos e buscar uma ressignificação de suas vontades.
É esse o trabalho desenvolvido pelo grupo Joel 2:25, um projeto que nasceu em Dallas, no Texas (EUA) e hoje está presente em mais de 92 países.
Através videoconferências, cerca de 27 grupos são formados e recebem suporte diários, semanais e mensais em diversos idiomas, inclusive português. Os temas abordados nas reuniões tratam sobre cura emocional e terapia reparativa.
O grupo foi fundado por Jeremy Schwab, um ex-ator de Hollywood que atuou em filmes como “Father’s Daughter”, “True Romance” e “Zombie Campout”. A vida nos teatros e na TV o envolveu no homossexualismo até que em 2010 ele resolveu deixar a prática.
“Em 2010, voltei para Cristo, depois de ter vivido um estilo de vida gay ativo por mais de 12 anos (a partir de Ensino Médio). Desde então, tenho experimentado grande cura, restauração e redução significativa de Atração por pessoas do mesmo sexo, através da oração, missa diária, terapia reparativa, e cura das emoções feridas”, diz.
Schwab é católico e iniciou os trabalhos entre pessoas da mesma religião, mas com o tempo outros grupos religiosos passaram a ter interesse e hoje o Joel 2:25 atende protestantes, judeus e muçulmanos.
O nome do projeto tem ligação com o trecho bíblico por se referir a uma recompensa de Deus para os anos que foram destruídos pela prática homossexual.
A missão do programa Joel 2:25 é “promover uma alternativa para pessoas com AMS (Atração pelo Mesmo Sexo)”. Através das reuniões, o indivíduo pode “descobrir a sua própria heterossexualidade subjacente” ou apenas “significar uma diminuição da sua erotização na atração pelo mesmo sexo”, como afirma a assessoria de imprensa do grupo.

Trabalhos do grupo alcançam brasileiros

Quando conheceu o projeto Joel 2:25, o brasileiro Alan Almeida, 34 anos, se sentiu acolhido. Ele foi apresentado ao grupo em 2015 por meio de um amigo que também passava pelo processo de restauração.
“A contribuição para Joel na minha vida, foi saber que homossexualidade ou AMS (atração por pessoas do mesmo sexo), tem mudança, isso não por meio de palavras ou promessas de algo mágico ou ‘miraculoso’, mas pelo trabalho sério”, diz ele que é natural do Pará, mas mora em São Paulo.
Para ele o grupo é importante para quem deseja ser transformado, não apenas através de uma vida casta, mas também descobrir sua real vocação.
Uma experiência com Deus aos 17 anos foi a marca para que Alan resolvesse mudar de vida. Mas não foi o suficiente para ele ter uma decisão total. “Até os meus 25 anos tinha quedas com masturbação, tomei a decisão de parar e consagrei minha sexualidade a Deus, então aquele vicio de masturbação cessou desde então passei a viver uma vida casta (total abstinência sexual)”, revela.
Mas foi apenas aos 33 anos que ele conseguiu ter coragem de falar sobre seu passado, pois ainda tinha medo de revelar seus problemas com a sexualidade. “Cheguei para Deus e falei que não queria mais aquela vida de solidão e que esperava um milagre”.
Foi então que ele foi apresentado para o Ministério Joel 2:25. “Eu não sabia de nada sobre as coisas que falam aqui como: Terapia Reparativa, Ministério de apoio para pessoas que querem curar sua identidade sexual ferida, até sobre a tal ‘síndrome de Estocolmo’ só fui descobrir quando entrei no Joel, dentre tantas outras coisas”, afirma.
Foi participando das atividades do ministério Joel 2:25 que Alan começou a se entender. “Descobri que tudo é um trabalho de desconstrução de mentiras internalizadas por meio de experiências traumáticas e por uma retomada da minha identidade real a partir da auto aceitação e busca por mudança, uma caminhada que envolve ciência e minha fé”.
Hoje Alan trabalha ajudando outras pessoas que procuram pelo ministério em busca de apoio. No Brasil as reuniões acontecem apenas com homens com mais de 19 anos. Interessados devem entrar em contato pelos e-mails: alan@joel225.org ou portugues@joel225.org.
Fonte: Gospel Prime

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...