segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Descendentes da Tribo de Levi se preparam para atuar no Terceiro Templo em Israel


Muitos judeus e cristãos acreditam que o Terceiro Templo um dia irá tomar o lugar dos locais sagrados muçulmanos, de acordo com várias profecias bíblicas


O Instituto do Templo anunciou a abertura de uma escola de formação de descendentes da tribo de Levi, que deverão trabalhar no eventual retorno aos serviços do Terceiro Templo.
"Estamos muito animados para anunciar este novo passo para o restabelecimento dos serviços no Templo Sagrado. Nós convidamos os Cohanim [sacerdotes levitas e descendentes da Tribo de Levi] em todo o mundo para apoiar este projeto especial, o que significa um retorno ao seu direito de nascimento", disse em um comunicado o diretor do Instituto do Templo, rabino Chaim Richman.
Em um comentário separado, o rabino Richman observou que a "preparação para o templo não é mais um sonho, é uma realidade, em que todos podem desempenhar um papel".
O Instituto do Templo lançou uma campanha de doações voluntárias online para ajudar a financiar a formação sacerdotal, que incluirá cursos sobre como aplicar a tecnologia moderna ao serviço do Templo.
Em um vídeo de divulgação sobre a escola, o diretor educacional Avraham Kahana explica que está pronto para servir no Terceiro Templo, não porque simplesmente decidiu isto, mas também porque segue um legado de sua família.
"Eu sou um Conahim, não porque agora eu fui escolhido para isso, mas porque o meu pai era um Conahim, meu avô era um Conahim e meu bisavô também. Todos eles até Arão — o sacerdote maior, que foi o primeiro Conahim de Israel — foram da Tribo de Levi. Todos da família de Arão foram Conahins, escolhidos por Deus para servi-Lo no Santo Templo", diz ele.
O Monte do Templo em Jerusalém está atualmente ocupado pela Cúpula da Rocha e a Mesquita Al Aqsa, onde os muçulmanos agora reivindicam como seu terceiro local mais sagrado.
Muitos judeus e cristãos acreditam que o Terceiro Templo um dia irá tomar o lugar dos locais sagrados muçulmanos, de acordo com várias profecias bíblicas.
Os muçulmanos acreditam que o profeta Maomé subiu ao céu partindo de uma rocha localizada embaixo da Cúpula (Dourada) da Rocha, que foi construída no ano 685 d.C. Nos primeiros dias de existência do Islamismo, os muçulmanos rezavam virados para o lado de al-Aqsa, antes de mudar a direção das orações para Meca.
De acordo com a Bíblia, a mesquita de al-Aqsa é local da construção do primeiro e segundo templos judaicos, que foram destruídos nos anos 500 a.C. e 70 d.C, respectivamente. Do antigo templo, resta ainda um muro na parte ocidental da região da mesquita: o Muro das Lamentações, que se tornou um popular local de adoração para os judeus.
Celebrações
Uma cerimônia especial foi realizada no dia 10 de março de 2016 em Jerusalém, marcando o início do mês de Adar (o sexto na contagem da Criação do mundo) no calendário hebraico.
Na ocasião, o Instituto do Templo se uniu ao Sinédrio para realizar a reconstituição do cerimônia, que seria realizada no Terceiro Templo. A cerimônia também teve caráter educacional para um número de espectadores.
Os sacerdotes usavam roupas feitas de acordo com as especificações bíblicas e os músicos tocaram os instrumentos adequados, incluindo o característico som das trombetas.

Fonte: CPAD News

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...