sábado, 15 de outubro de 2016

Rabinos contemporâneos a Jesus registraram a chegada do Messias, diz estudioso judeu

O judaísmo aguarda até hoje a chegada do Messias como alguém que, resumidamente, ajude o povo judeu a reconstruir o reino de Israel e derrotar seus inimigos. No entanto, de acordo com o messiânico Jonathan Cahn, rabinos contemporâneos a Jesus o reconheceram como o Messias.
Em uma entrevista concedida ao programa It’s Supernatural (“é sobrenatural”, em tradução livre) Jonathan Cahn afirmou que há casos de rabinos que registraram acontecimentos inexplicáveis no Templo de Jerusalém e associaram isso à chegada do Messias.
Cahn é rabino messiânico e um especialista em escritos antigos dos líderes religiosos judeus. Recentemente, ele publicou “O Livro dos Mistérios”, título que se tornou best-seller nos Estados Unidos e apresenta grande parte do conhecimento acumulado por ele durante seus anos de pesquisa.
De acordo com Cahn, os rabinos registraram em seus escritos que as manifestações sobrenaturais no Templo – como portas abrindo sozinhas – despertaram uma inquietude nas pessoas, que tentavam fechá-las, mas elas voltavam a se abrir.
Na entrevista, ele afirmou que há outros registros sobre a percepção dos rabinos a respeito da chegada do Messias: “Na verdade, em um dos livros chamado ‘Sinédrio de todas as coisas’, eles preveem em qual momento o Messias deveria passar por aqui e que ele sairia da Terra no ano 30 d. C. Está nos escritos rabínicos. Não há nada como isto na história. Isso realmente prova que o Messias está além de qualquer coisa”, afirmou Cahn.
Nos registros, as menções às ocorrências sobrenaturais tornam difícil a negativa de que algo realmente extraordinário aconteceu em Israel ao mesmo tempo em que Jesus Cristo esteve por lá e desempenhou seu ministério.
“Os escritos falam sobre o cordão vermelho que se tornou branco em meados do ano 30 d. C.”, citou Cahn, explicando que na tradição judaica acredita-se que o cordão só se tornaria branco quando Deus aceitasse o sacrifício de Yom Kippur. “De repente, algo cósmico aconteceu no Yom Kippur. Quando? Apenas no tempo de Jesus, Yeshua, que morreu pelos nossos pecados”, frisou.
Ao final da entrevista, o rabino messiânico afirmou que acontecimentos registrados na Bíblia como parte do princípio dos tempos estão ligados aos eventos que anteciparão o fim: “A maneira como Deus irá terminar esta era será a maneira como Ele começou esta era. O que havia no começo, haverá no final. É dessa maneira que Deus faz. Você vê Israel no início do mundo, você vê Israel no final. Você viu Jerusalém e vê Jerusalém novamente. Você vê judeus crentes [em Jesus no início da fé cristã], você vê crentes judeus no final. Você vê perseguição no início, você verá perseguição no final. Você vê o livro de Atos no início, e verá o livro dos Atos no final. Você vai ver um derramamento do Espírito”, concluiu.
Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...