sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Pastor sai para pagar despesa da igreja e desaparece no Tocantins:”é muita dor”, diz mãe

Nas redes sociais, diversos vários amigos, pastores e obreiros pedem ajuda na divulgação do desaparecimento do pastor

O pastor da Assembleia de Deus Ministério de Madureira, Walyson de Sousa Santos, (24 anos) dirigente da congregação Rosan de Saron no Município de Colinas do Tocantins, está desaparecido desde a última segunda-feira, 13, quando saiu para pagar as ferragens que havia comprado para a construção da igreja a qual pastoreia na cidade. A informação é da Maria das Dores de Sousa Santos, mãe do pastor Walyson.
Ainda de acordo Maria das Dores, a última vez que ele foi visto, foi na segunda-feira, 13, “por volta das 13:30hs, quando teria saído para pagar as ferragens da igreja e encaminhar um e-mail para determinado pastor de Palmeirópolis e a noite ele mandou mensagem para a esposa dele, dizendo que estava chegando e que o celular estava descarregando, no entanto, até o momento, o pagamento das ferragens não foi feito e ele não apareceu mais”
O último culto que ele dirigiu foi neste domingo. É muito angustiante é muita dor meu Deus”, desabafou a mãe do pastor.
POLÍCIA INVESTIGA –  Maria das Dores informou que a Polícia do estado segue investigando, mas até o momento não há pista do desaparecimento do pastor Walyson Sousa, que é casado e tem um a filha de dois anos.
Nas redes sociais, diversos amigos, pastores e obreiros pedem ajuda na divulgação do desaparecimento do pastor, entre eles, está o pastor da Assembleia de Deus de Madureira, de Paraíso do Tocantins. Ele convocou seus quase 5 mil amigos na rede social Facebook para interceder pelo pastor Walyson Sousa:


Quero convocar todos os meus quase 5 mil amigos do Facebook, para que hoje ao MEIO DIA, façamos um clamor de 10 minutos pelo jovem pastor Walyson que está desaparecido há 5 dias. A dor da família é muito grande em um momento como este”.
A imprensa entrou em contato com o pastor presidente da Assembleia de Deus Ministério de Madureira de Colinas -TO, Marcos Orelo, no entanto, as ligações não foram atendidas.
Fonte: JM Notícias

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...