quinta-feira, 27 de abril de 2017

43a. AGO da CGADB em São Paulo é suspensa precocemente sem Posse da Diretoria



A 43a. AGO da CGADB em São Paulo é suspensa precocemente sem Posse da Diretoria e do Conselho Fiscal, na manhã desta quinta-feira - 27.04.2017, ao final da terceira sessão.

Além dos relatórios apresentados para aprovação na sessão de ontem, o assunto de maior relevância das sessões que aconteceram, foi a aprovação da Confissão de Fé das Assembleias de Deus no Brasil, um importante marco para uma denominação centenária.

Outro ponto relevante que deve ser destacado, foi a impecável organização que, apesar do belo templo da AD Belenzinho estar em fase de acabamento, hospedou com conforto e desenvoltura em todos os sentidos. 

O agravo de instrumento impetrado pela instituição no sentido de conseguir concretizar a posse da Diretoria e do Conselho Fiscal, cuja eleição já havia sido anulada e a posse proibida pela Justiça, e negado ontem pelo Juiz Thomaz de Souza e Melo, titular da da 1ª Vara Civil do Rio de Janeiro, foi um divisor de águas que, aparentemente afetou muito a principal motivação do evento, numa AGO pouco cooperada, onde dos 7.000 ministros esperados, em plenário não se verificou em qualquer momento, mais do que 1.700 presentes.

O responsável pelo Juízo acima citado, resolveu a alegação do possível vácuo jurídico suscitado pelo instrumento, prorrogando o mandato da Diretoria atual e respectivos conselhos até a realização da nova eleição, a qual deverá ser realizada em data a definida pela Justiça na próxima semana, precisamente dia 04 de Maio, quinta-feira, em reunião convocada por aquele magistrado no Fórum de Madureira no Rio de Janeiro, com todas as partes envolvidas, inclusive com a empresa  Scytl Soluções de Segurança e Voto Eletrônico LTDA.

O clima de descontentamento e manifestação de desagravo por parte de alguns, devem ser visto como reação natural de uma grande festa programada, em cima de um alicerce inconsistente previamente já sabido por todos, mas ignorado por quem entendia de maneira diferente, sabe-se lá por qual motivação, uma vez que a justiça se pronunciou em cima de provas consistentes e por vários magistrados de comarcas diferentes e referendadas pelo Juízo de Madureira no Rio de Janeiro, nomeado pelo Superior Tribunal de Justiça como Juízo prevento, a pedido da própria CGADB.

A posse da Diretoria e do Conselho Fiscal à revelia das determinações judiciais, seria uma verdadeira aventura jurídica que só consolidaria o já traumático processo eivado de vícios devidamente destacados, além das desobediências às decisões judiciais já verificadas anteriormente.

Alguns convencionais naturalmente reclamaram da suspensão antecipada da 43a. AGO, mas a mesma foi uma propositura do Dr. Abiezer Apolinário - Presidente do Conselho Jurídico da CGADB, colocada em apreciação pelo Presidente, Pr. José Wellington Bezerra da Costa e aprovada por maioria absoluta dos cerca de 700 ministros ainda presentes no plenário.

Vale ressaltar que a Justiça anulou a eleição e proibiu apenas a Posse da Diretoria e Conselho Fiscal, sem se manifestar sôbre a AGO, que poderia ter transcorrido normalmente até o seu término como progamado.

Assim se manifestou o pastor Wellington Rocha de Goiás pelo whatssApp.



Agora é aguardar a decisão da Justiça na próxima semana, para a nova data da eleição e demais providências.

Se não se justifica ações judiciais em questões internas, antes disso também não se justifica atitudes que as obriguem como única saída para a realização da justiça, após esgotadas todas tentativas através de recursos administrativos dentro da própria instituição.

Em acontecendo a nova eleição com isonomia, transparência e dentro das normas e regras estabelecidas, que vença quem obtiver o maior número de votos.

Em que pese a suspensão da AGO, foi efetuado o convite para o culto de despedida do atual Presidente José Wellington Bezerra da Costa e sua esposa irmã Vanda Freire da Costa, atual presidente da UNEMAD - União das esposas de ministros das Assembleias de Deus.

Oremos pela CGADB, oremos pelas Assembleias de Deus.

Abaixo a última decisão Judicial sôbre o assunto:
Veja legivelmente no JM Notícia



10 comentários:

Anônimo disse...

ASSIM ACABOU A 43ª AGO DA CGADB.....
"Descontrole absoluto de segurança, falta de respeito, cerceamento de defesa, a plenária de hoje (27.04) por volta de 13h, foi marcada por agressões verbais dos correligionários do Pr JWBC sob a alegação de judicialização das eleições. O prediente da CGADB não permitiu a defesa e cercou a ampla defesa e contraditório garantidos constitucionalmente aos convencionais. Tudo aconteceu no momento em que o Pr JWBC autorizou o registro em ata das acusações feitas em plenário contra o Pr Samuel Câmara. O Pr Jonatas Câmara então pediu a palavra para garantir a defesa, no momento em que o Pr Washington da AD de Belenzinho de SP foi em sua direção falando com agressões verbais e com atitudes grosseiras, gesticulando e na iminência de uma agressão física. E o tumulto se estabeleceu. O Pr JWBC não permitiu ao Pr Jonatas Câmara que simplesmente lhe fosse garantido o direto a defesa. E de forma grosseira mandou encerrar a 43ª AGO de forma brusca, abrupta e como sempre arbitrária. O Pr Jesse Sobral foi agredido verbalmente e fisicamente, com empurrões, além de ter sido cercado pelos correligionários exaltados do Pr JWBC no púlpito da igreja. Um triste fim para o fim de uma dinastia imperialista inoperante de três décadas que agora quer se tornar hereditária."
- Muito lastimável tudo isso.

Anônimo disse...

Sabedoria que o proprietário deste blogue é apoiador incondicional do S. Câmara, percebemos a ausência de imparcialidade, narrando os fatos de forma tendenciosa.

Anônimo disse...

olha sinceramente não vejo a mínima condições do Pr Samuel Câmara assumir a CGADB visto que a maioria dos convencionais primam pelos bons costumes e sinceramente admiro o Pr Samuel Câmara mas é liberal e em se tratando de Assembleia de Deus não combina infelizmente.....

Marcos Dos Santos Araujo Cafe disse...

Não é preciso ser advogado ou jurista para perceber no desenrolar dos fatos que todo o processo chegou ao seu limite e o endurecimento das decisões jurídicas por sua vez poderiam trazer um ônus financeiro desnecessário a instituição e macular ainda mais a sua imagem e a imagem de todo processo. A mim pesa o lamento de ver pessoas que deveriam zelar pela lisura do processo estarem forçosamente tentando sustentar uma resultado supostamente fraudulento. Diante deste quadro de supostas fraudes que pesam sobre as eleições, o remédio necessário é a realização de novas eleições no cumprimento das decisões judiciais de forma que todos os candidatos tenham a oportunidade de expor suas idéias e propostas, possam acompanhar as apurações como em qualquer processos eleitoral que pese a democracia e por sua vez que se respeite o resultado final independente de qual seja o seu resultado.
O mais importante não nos esqueçamos que somos cristãos portanto OREMOS.

Andre Lima disse...

Que vergonha, deveriam se unir por uma causa maior que é anunciar o Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo, ficam aí disputando poder, acredito que a melhor saída seria acabar com essa convenção

AWA Contabilidade disse...

Na verdade o que nos importa é a notícia seja autêntica.

Anônimo disse...

Foi a melhor resposta, meu nobre amigo! Faço minhas as suas palavras. VERGONHA!!! JESUS VOLTE LOGO!!!

AWA Contabilidade disse...

Ninguém está acima da lei.

AWA Contabilidade disse...

Não faço ofensas e acusações levianas. Amo a informação de alto nível.

AWA Contabilidade disse...

O presidente da CGADB não vai e nem deve impor a sua opinião como o referencial de usos e costumes. Tudo isso, certamente passará por um fórum próprio.

A Assembléia de Deus está 30 anos atrasada em relação aos investimentos na área de comunicação social, evangelização, Educação e Assistência Social.

Esse modelo Bezerra da Costa já está superado há muito.

Não justifica, em nome dum pseudo conservadorismo, mantermos a CGADB como se fosse um Feudo ou uma Capitania Hereditária.

Há muita gente inteligente além do Bezerra da Costa nas Assembléia de Deus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...