sexta-feira, 13 de julho de 2018

Mais de 28% dos evangélicos brasileiros consomem produtos eróticos, diz pesquisa

A média de consumo de produtos eróticos de outras religiões é de 17%

Segundo a Associação Brasileira de Empresas do Mercado Erótico (ABEME), 28,1% dos eventos brasileiros consomem produtos eróticos. O número é significativo e mostra um grande crescimento do mercado com este público. Em 2015, apenas 7% dos evangélicos utilizavam estes produtos.
A ABEME e a Intt Cosméticos criaram o "Guia Gospel para Sex Shops", uma obra assinada por Paula Aguiar, João Ribeiro, Lídia Ribeiro, Thelma Regina e Leila Emília.
O livro, lançado em 2015, ensina os vendedores a trabalharem com o público evangélico, respeitando as crenças pessoais no que se refere à sexualidade. Entre os autores desse guia de vendas está o casal João e Lídia Ribeiro que são membros de uma igreja muito conservadora ao mesmo tempo que são empresários de um grande sex shop na Grande São Paulo.
O público evangélico também inspirou a Intt Cosméticos a criar uma linha exclusiva de produtos sensuais como gel comestível e óleo de massagem. Com embalagens discretas e nomes diferenciados, os produtos foram pensados em atrair casais religiosos.
Na pesquisa da ABEME, os evangélicos se destacam com mais de 11% na média dos consumidores de outras religiões que representam 17% dos clientes desse setor.
Fonte: JM Notícia
MEU COMENTÁRIO:
Na verdade esses são "evangélicos" do ponto de vista social e nominal, mas convertidos realmente. O Evangelho de Jesus Cristo é poder de Deus para transformação de todo aquele que crê.
Não havendo transformação, pode até ser que houve convencimento, porém jamais conversão. As pessoas que assim procedem, independente do percentual precisam de libertação, tratamento psicológico ou psiquiátrico. 
A Bíblia Sagrada diz e isso é a verdade:

"Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo." - 2 Coríntios 5:17   

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...