segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Eleições: algumas lições que a igreja NÃO aprendeu? - Por Pr. Daladier Lima


O artigo abaixo é uma reflexão crítica do Pr. Daladier Lima da AD em Abreu e Lima (PE), sôbre a atuação da Igreja nas últimas eleições, suas implicações, acertos, erros e as lições que devem ser aprendidas. 
Prezados, 400 leitores, a esta altura do campeonato político brasileiro um dos candidatos já deve estar eleito. Os votos nas eleições são massivos na parte da manhã. Agora são 14:00h, portanto, muito voto já rolou nas urnas. Mas não é diretamente sobre Bolsonaro ou Haddad, PT ou outro partido que desejo comentar com vocês.
Como sabem, primamos por analisar a realidade da vida eclesiástica brasileira, buscando sempre trazer análises equilibradas para nossos leitores. É a proposta do blog. Tenho escolhas, escrever é escolher um lado. Até evitei por escolha pessoal maiores comentários, mas agora que chega ao fim este ciclo eis-nos aqui para este breve diálogo. Antes de mais nada gostaria da sua interação respeitosa, ainda que discorde de mim, não tenho problema com o contraditório. Vamos dividir o post em pontos para facilitar a discussão.
O papel dos pastores
É imprescindível iniciar esta análise a partir do topo. E houve falhas grotescas a partir dos grandes gabinetes. Falhas com a legislação. Diversas igrejas autuadas por propaganda extemporânea, que é a propaganda antecipada, e propaganda em lugares públicos. Além de outros problemas. O Ministério Público Federal e os Tribunais Regionais Eleitorais atuaram fortemente e indiciaram diversas lideranças e seus candidatos, deixando muito claro que não estavam contra igrejas e sua liberdade de culto, mas contra a burla à legislação!
Continue lendo no Blog do Autor, clicando no link abaixo:

Eleições: algumas lições que a igreja NÃO aprendeu?

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...