sábado, 5 de janeiro de 2019

Queda brusca no índice de confiança nos líderes religiosos, aponta pesquisa

Os padrões religiosos sempre foram utilizados como referência de moralidade social. Seguidores de uma determinada religião, especialmente o cristianismo, quando realmente praticantes, são vistos com mais seriedade e parte disso é fruto da confiança depositada no ensino dos líderes religiosos. Todavia, essa realidade mudou nos últimos anos.
Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Gallup, a confiança nos líderes religiosos caiu bruscamente nos últimos anos, nos EUA.
O estudo envolveu outras funções além da sacerdotal, como os profissionais de saúde.
Entre todos os pesquisados, os enfermeiros foram cotados como os mais confiáveis, atingindo 84% da classificação geral. Em seguida os médicos (67%) e farmacêuticos (66%), também os professores (60%) e policiais (54%).
Quando se trata dos líderes religiosos, no entanto, apresentados como o "clero", o índice cai para 37%. Esse é o resultado mais baixo desde 1997, quando o Gallup iniciou suas pesquisas acerca do tema.
Acredita-se que parte dessa queda (ou toda ela) se deve aos escândalos sexuais envolvendo a Igreja Católica, revelados nos últimos anos, especialmente a partir de 2002.
Entre os evangélicos, no entanto, o nível de confiança sobe para 48%, indicando maior confiança dos fiéis nos seus pastores, apesar de o número continuar baixo se comparado aos anos anteriores.
Fonte: Gospel+

Um comentário:

José Roberto disse...

No Brasil então,nem se fala! Como os líderes atuais( Principalmente das ADS),tem decepcionado! principalmente no quesito ostentação! Parece que o espírito de luxuria,de Oseias 4:12,tem se apossado desses homens!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...