segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Testemunho de uma vida dedicada à Evangelização através de folhetos

Maria do Carmo Pereira Duarte uma vida dedicada à Evangelização através de folhetos


Maria do Carmo Pereira Duarte, conhecida carinhosamente como irmã Carminha, nasceu em Jequié  - BA, em 14/09/1937.

Cresceu em uma família de origem católica praticante, porém no ano de 1981 se converteu ao Evangelho de Cristo na Igreja Assembleia de Deus em Umuarama no Estado do Paraná e,  logo após sua conversão, nasceu uma chama ardente para a evangelização pessoal, principalmente através da entrega de folhetos.

Irmã Maria do Carmo Pereira Duarte ficou viúva e passados alguns anos, mais precisamente no ano de 2003 transferiu-se de mudança para a cidade de Curitiba, fixando residência no bairro Sítio Cercado, ocasião em que passou a congregar na Congregação da AD em Vila Americana, onde começou definitivamente ser efetivado o seu ministério de evangelização.

Era conhecida, não só pela Igreja, mas também pelos moradores e comerciantes do bairro, como "A Evangelista", pois tinha em seu coração a missão do "Ide de Jesus".

Além da região onde morava, seu trabalho de evangelização se estendia aos bairros vizinhos, como Boqueirão e Pinheirinho. Irmã Carminha também aproveitava seus momentos de lazer com a família, nos parques e shoppings para propagar o Evangelho do Salvador por meio da distribuição de folhetos evangelísticos. Ela citava  a passagem que se encontra em Mateus 24 e deixava sua mensagem: "Aqui  está um recado de Deus para você". Entregava cerca de 1000 folhetos em 15 dias.

O Senhor a recolheu no dia 01/01/2019 para  descansar de seus trabalhos  aqui  na terra, mas com certeza deixou um grande legado em relação a esta tão  útil e proveitosa ferramenta de evangelização, que é a distribuição de folhetos.

"Por seis anos tive o privilégio de coordenar o departamento de evangelismo e uma das nossas colaboradoras foi a saudosa irmã Carminha, muito gentil e sorridente, fazia a obra do Senhor Jesus com afinco, toda semana passava na secretária para retirar os folhetos, chegando a retira 1000 unidades por quinzena", disse o Ev. Alceni Ribeiro

Aos 81 anos aprove o Senhor promove-la as mansões celestiais. Irmã Carminha deixou a todos um exemplo e um legado para que continuemos a cumprir o ide de Jesus.

Com informações do Ev. Alceni Ribeiro via Ulisses Camargo

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...