quinta-feira, 11 de junho de 2020

Delegado descarta participação da família Bolsonaro no caso Marielle: ‘ temos certeza’

"Não tem nenhuma participação da família Bolsonaro nesse evento. Não temos indício dessa família no caso. Temos certeza de que não há participação."

O delegado titular do Departamento Geral de Homicídios e Proteção à Pessoa (DGHPP), Antônio Ricardo Lima Nunes, afirmou, nesta quarta-feira (10), que a Polícia Civil do Rio de Janeiro tem certeza de que "não há nenhuma participação da família Bolsonaro" na execução da vereadora Marielle Franco (Psol) e de seu motorista Anderson Gomes.
Em conversa com a imprensa, Nunes afirmou:
"Não tem nenhuma participação da família Bolsonaro nesse evento. Não temos indício dessa família no caso. Temos certeza de que não há participação."
O porteiro afirmou ter confirmado a entrada com o "seu Jair". Uma perícia confirmou que a versão do porteiro é falsa.
No ano passado, um dos porteiros do Condomínio Vivendas da Barra, no Recreio do Bandeirantes, na zona oeste do Rio, onde vive parte da família do presidente da República, Jair Bolsonaro, mentiu durante um depoimento à polícia.
O porteiro disse que um homem chamado Élcio deu entrada no local em 14 de março de 2018 dirigindo um Renault Logan prata. Ele teria, inclusive, informado ao porteiro que iria visitar a casa 58, de Bolsonaro.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...