segunda-feira, 29 de março de 2021

Médica canta louvor para pacientes com Covid-19: “Se você desistiu, Deus não vai desistir”


Com um violão nas mãos, a médica Brunna Falluh cantou a música “Raridade” em frente aos leitos dos pacientes da UTI.

Você é um espelho que reflete a imagem do Senhor. Não chore se o mundo ainda não o notou. Já é o bastante Deus reconhecer o seu valor”. Com as palavras da música “Raridade”, uma médica levou fé aos pacientes com Covid-19 internados na UTI do Hospital M'Boi Mirim, em São Paulo.

Com um violão nas mãos, a médica Brunna Falluh cantou a música de Anderson Freire enquanto caminhava em frente aos leitos dos pacientes, a maior parte intubados. O momento foi filmado e viralizou nas redes sociais, chegando a registrar, até a manhã deste domingo (28), mais de 1,4 milhão de visualizações.

Eu não queria que os pacientes se sentissem sozinhos. Queria que eles escutassem uma sinfonia que não fosse a dos aparelhos”, disse ao G1 a médica de Taubaté (SP), que faz residência no M'Boi Mirim há cerca de um mês.

Em sua conta no Instagram, Brunna, que também ministra louvor na igreja, mencionou um texto bíblico na legenda do vídeo: “Disse Jesus: ‘Eu sou a luz do mundo’. A Deus toda honra e glória”.

Brunna atualmente faz parte da equipe de cuidados paliativos, realizados para reduzir o sofrimento do paciente, quando o tratamento já não funciona e não há possibilidade de cura. 

Buscamos soluções para momentos em que não há solução. Ficamos ao lado deles pela família, que não está ali”, explica a médica.

O M'Boi Mirim, administrado pelo Albert Einstein, tem quatro alas intensivas e se tornou referência no atendimento a pacientes com Covid-19. Na linha de frente contra a doença, os profissionais da saúde são marcados pela batalha diária dos pacientes.

Brunna lembra do dia em que testemunhou uma ligação de despedida para a família. “Com a doença, a família não tem acesso ao paciente e a saída são as chamadas que mantemos com as famílias. Nesse caso, [a paciente] estava muito frágil e toda família se reuniu para dizer palavras de carinho e lembrar o legado dela. Minutos depois que desligamos ela faleceu. Todos nos emocionamos muito e aquilo me marcou”, conta.

O vídeo que viralizou, segundo a médica, é apenas parte do que ela vê todos os dias no hospital. “Todos os dias nossa missão é ser mais humano, mais próximo em um esforço incansável por aqueles que estão ali”, destaca.

Fonte: Guiame

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...