terça-feira, 6 de julho de 2021

Pessoas com o hábito de ler a Bíblia são mais esperançosas e perdoadoras, revela pesquisa

As pessoas com o hábito de ler a Bíblia são mais esperançosas e perdoadoras, mesmo enfrentando dificuldades, segundo a pesquisa da Sociedade Bíblica Americana (ABS, na sigla em inglês).

O estudo chamado State of the Bible, realizado em janeiro deste ano, pesquisou como as pessoas recorrem às Escrituras em busca de conforto quando estão estressadas e como a Bíblia ajuda as pessoas a lidarem com o sofrimento e traumas emocionais.

Usando uma escala da Hope Agency com um intervalo de 3 a 24 pontos, os pesquisadores puderam medir o nível de esperança dos participantes.

De acordo com os resultados da pesquisa da Sociedade Bíblica, os entrevistados que eram “engajados nas Escrituras” apresentaram níveis mais altos de esperança em relação à população em geral, marcando 18 pontos na escala da Hope Agency.

A pesquisa também detectou que essas pessoas mais esperançosas estão na média de nível de estresse de pessoas não engajadas na Palavra de Deus, marcando 13 pontos numa escala de 0-40, em relação a média geral de 14.

Embora os leitores da Bíblia possuam o mesmo nível de estresse do que não leitores, eles possuem mais esperança para enfrentar as dificuldades e os traumas emocionais. De acordo com os pesquisadores, “os níveis mais elevados de esperança fornecem pistas de como a Bíblia pode ajudá-los a enfrentar o estresse e olhar para o futuro com expectativa”.

Segundo o National Council for Mental Wellbeing, “70 % dos adultos nos Estados Unidos experimentaram algum tipo de evento traumático pelo menos uma vez na vida”. E mais da metade dos adolescentes com 16 anos relataram que já passaram por pelo menos um evento traumático, de acordo com o Departamento de Saúde e Serviços Humanos.

Num contexto em que traumas se tornam cada vez mais frequentes, a pesquisa da Sociedade Bíblica Americana mostrou que “um forte relacionamento com a Bíblia muitas vezes coexiste com — e pode até ser compelido por — as adversidades da vida. Estar enraizado na Bíblia não impede circunstâncias difíceis, mas pode proporcionar descanso e esperança”.

O estudo também apontou que pessoas com o hábito de ler a Bíblia são mais perdoadoras, apesar de enfrentar traumas emocionais por toda a vida.

O envolvimento das Escrituras está significativamente relacionado à evidência de perdão. Quanto mais alguém se engaja com as Escrituras, maior a probabilidade de perdoar os outros”, afirmou a ABS.

Fonte: Guia-me com informações de Christianity Daily via Folha Gospel

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...