sábado, 25 de setembro de 2021

Assaltantes se arrependem e devolvem instrumento musical roubado em igreja de Santo André



Uma história para lá de inusitada aconteceu na última semana no bairro Jardim Las Vegas, em Santo André. O marceneiro Thiago Tadeu Garcia, 40 anos, teve seus pertences roubados e devolvidos, com um pedido de desculpas dos assaltantes, em período de 38 horas.

O caso ocorreu no domingo, por volta das 18h, quando Thiago estacionava o carro para entrar na igreja que frequenta há mais de 23 anos e foi abordado por dois indivíduos armados.

Os homens levaram de thiago o carro, a carteira e o saxofone – seu companheiro fiel por mais de 15 anos. No mesmo dia, o marceneiro registrou um BO (Boletim de Ocorrência) e acionou a seguradora do veículo, que foi encontrado cerca de 40 minutos após o assalto, abandonado no bairro Sítio dos Vianas, na divisa com São Bernardo, cerca de 13 quilômetros do local do roubo. 

A primeira atitude de Thiago foi conferir o porta-malas do carro para verificar se o instrumento musical, que tem muito valor sentimental, estava presente. Ele não encontrou o saxofone, mas, para sua surpresa, sua carteira estava com todos os itens (documentos e cartões).

Os assaltantes levaram apenas uma pequena quantia em dinheiro, uma bíblia e um hinário (coletânea de hinos religiosos). 

Mesmo tendo recuperado seus pertences, a falta do instrumento musical era o que mais afligia Thiago. 

O que ninguém esperava é que a história ainda teria uma reviravolta importante. Dois dias depois do assalto, na terça-feira, as câmeras de segurança da igreja onde ocorreu o roubo filmaram dois homens jogando por cima da grade um pacote que continha o saxofone roubado. O mais curioso foi a reação dos indivíduos após lançarem o objeto: eles se abraçaram e ajoelharam em frente ao edifício religioso.

A alegria de Thiago ao receber de volta seu instrumento deu lugar ao choque de encontrar na mala uma carta assinada com pedido de desculpas. 

Thiago conta que ficou extremamente emocionado quando leu o bilhete. “Não sabia se ria ou chorava, só ficava tremendo. Achei a atitude deles muito bonita, não tenho raiva do que aconteceu.” 

Após ver o vídeo, o marceneiro reforçou seu sentimento de perdão e diz que caso encontrasse com os homens iria abraçá-los. “Não podemos julgar as pessoas. Acredito que houve um arrependimento por parte deles e senti verdade nisso, vou guardar essa carta para sempre”, finaliza. 

Da história, a única coisa que Thiago se arrepende foi de ter compartilhado o vídeo com amigos. A filmagem viralizou na internet nos últimos dias e dividiu a opinião dos internautas. Alguns acharam a atitude dos homens bonita, enquanto outros duvidaram da intenção por trás da carta.


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...