quinta-feira, 20 de setembro de 2007

CAMPANHA DE ARREPENDIMENTO


A comunidade evangélica, já há muitos anos, tem se utilizado das chamadas CAMPANHAS, no sentido de animar o povo para alcançar algo de especial.

Passamos na frente dos templos, e isso em qualquer cidade, e o que mais vemos são os mais diversos títulos de CAMPANHAS, como por exemplo:
CAMPANHA DAS MURALHAS DE JERICÓ,
CAMPANHA DAS SETE SEMANAS,
CAMPANHA DAS SETE SEGUNDAS-FEIRA,
CAMPANHA DAS SETE SEIXTAS-FEIRA,
CAMPANHA DA QUEDA DOS GIGANTES,
CAMPANHA DA FAMÍLIA, etc.

Sinceramente, até hoje não vi nenhuma vinheta de Rádio ou TV com uma chamada especial para qualquer CAMPANHA DE ARREPENDIMENTO.

Venhamos e convenhamos, uma CAMPANHA GERAL DE ARREPENDIMENTO seria totalmente bíblica.
Vejamos a convocação do profeta Joel:

EM PRIMEIRO LUGAR A ORDEM É FAZER A MAIOR PUBLICIDADE POSSÍVEL, DE TAL MANEIRA QUE AS PESSOAS SINTAM-SE INCOMODADAS.

Tocai a buzina em Sião e clamai em alta voz no monte da minha santidade; perturbem-se todos os moradores da terra. Joel 2:1ª
JOEL TAMBÉM ORIENTA QUAL A MANEIRA DE PARTICIPAR DA CAMPANHA.

Ainda assim, agora mesmo diz o SENHOR: Convertei-vos a mim de todo o vosso coração; e isso com jejuns, e com choro, e com pranto. E rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes, e convertei-vos ao SENHOR, vosso Deus; porque ele é misericordioso, e compassivo, e tardio em irar-se, e grande em beneficência e se arrepende do mal. Quem sabe se se voltará, e se arrependerá se deixará após si uma bênção, em oferta de manjar e libação para o SENHOR, vosso Deus? Tocai a buzina tem Sião, santificai um jejum, proclamai um dia de proibição. Joel 2: 12-15.

A CAMPANHA NÃO DEVE SER SOMENTE PARA ALGUNS – A CHAMAMENTO É GERAL

Congregai o povo, santificai a congregação, ajuntai os anciãos, congregai os filhinhos e os que mamam; saia o noivo da sua recâmara, e a noiva, do seu tálamo. Chorem os sacerdotes, ministros do SENHOR, entre o alpendre e o altar, e digam: Poupa o teu povo, ó SENHOR, e não entregues a tua herança ao opróbrio, para que as nações façam escárnio dele; porque diriam entre os povos: Onde está o seu Deus?

SERÁ QUE TEMOS DO QUE NOS ARREPENDER?
A confissão dos pecados e o perdão por Cristo
Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça. Se dissermos que não pecamos, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós. 1 João 1: 8-10
A tricotomia espírito, alma e corpo, é dotada originalmente de algo chamado CONSCIENCIA, e ela existe exatamente para isto, chamar a atenção e incomodar sobre todo desvio de conduta do ser humano.

A CONSCIENCIA funciona independente de todos os sentimentos que possamos ter. É uma espécie de CAIXA PRETA da alma e do espírito. Assim como nos aviões e trens, pode tudo se acabar, a CAIXA PRETA guardará todos os acontecimentos e acusará qualquer desvio de conduta, até mesmos aqueles na esfera dos pensamentos. Na consciência estão gravados os princípios do criador, uma espécie de DNA divino, afinal de contas fomos criados à Sua imagem e semelhança. Gênesis 1: 26.

Uma campanha assim faria com que de uma maneira coletiva, voltássemos a um estado original, limpeza total, acerto completo.
Nesse caso o acerto é infalível, não teremos mais que andar atrás das bênçãos, mas elas nos alcançarão:
E todas estas bênçãos virão sobre ti e te alcançarão, quando ouvires a voz do SENHOR, teu Deus. Deuteronômio 28:2
Soli Deo Glória

15 comentários:

Mauro Veiga disse...

Graça e Paz meu Pastor

Arrependimento não traz retorno financeiro, por isso não é pregado.

Falar de arrependimento é falar da realidade do pecado, da necessidade de humilhação...esse tipo de mensagem não leva nenhum pregador para Camboriú..

Mas com certeza, aqueles que buscam pregar o arrependimento estarão trazendo a Deus o fruto de um ministério genuinamente centrado na vontade do Pai.

Que Deus lhe abençoe

Ciro Sanches Zibordi disse...

Isso que é campanha!
Mais do que aprovada!
Parabéns pela criatividade!
Em Cristo,
Ciro Sanches Zibordi

Vitor Hugo da SIlva disse...

A paz do Senhor Jesus pastor Carlos!

Este tipo de campanha poderia ser feita de uma maneira unânime, ou seja, em todas as igrejas evangélicas. Já imaginou, o que Deus iria fazer em nosso meio?

Vamos nos vestir de pano de saco e cinzas e também apregoar um jejum total, para que Deus tenha misericórdia de nossas vidas. Depois do arrependimento, Deus derruba as muralhas de Jericó, derruba os gigantes......enfim, Deus demosntrará o Seu poder!

Vitor Hugo.

Anônimo disse...

Eu que já fiz muitas campanhas, sei que eles não se importam muito com campanha de arrependimento como encontramos na Bíblia.
Até porque se as pessoas se arrependerem, elas saem de lá rsrsrsrs.
Um abraço e a paz do Senhor!
Pr. Osenildo
Jd. Porã - São Paulo - SP

Ester disse...

Uma campanha com certeza de benção! Para alcançar vitória é necessário o arrependimento!

Não basta parecer crente, os outros acharem, o cristão tem que ser autêntico e verdadeiro. O irmão pode não ver ou saber, mas Deus sabe e vê todas as coisas!! A razão de ser crente é a vida eterna com Cristo e para isso é necessário arrepender-se!!

Essa campanha iria conscientizar muitos cristãos!!

Que Deus abençoe a todos!

Valmir Nascimento Milomem disse...

Ótimo Pr. Carlos Roberto.

O problema que poucos frequentarão tal campanha, afinal, todos só querem benção e vitórias, arrependimento que é bom, ninguém. Como disse um colega: Vamos criar tb o Culto da Derrota, quero ver quem vai?!

paz

Valmir Milomem

Robson Silva disse...

Louvado seja Deus!

Em Sua Palavra o Senhor nos diz: "Se o meu povo, que se chama pelo meu nome..."(não os que se dizem chamar) "...se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra. Estarão abertos os meus olhos e atentos os meus ouvidos à oração que se fizer neste lugar”. 2Cr 7.14,15).
Essa sim é a verdadeira campanha que nós cristãos devemos fazer, não apenas uma, mas todas as vezes em que nos encontrar-mos tristes, abatidos, distantes da comunhão com o Senhor, seja qual for o motivo que nos tenha levado a tal condição.
Que o Senhor tenha misericórdia de nós!

Parabéns pela postagem!

Anônimo disse...

Pr. Carlos

Parabéns pelo artigo, fico feliz pois eles(artigos) tenhem edificado minha vida, e com certeza esse não foi difetente, pois precisamos de um verdadeiro arrependimento e rasgar os nossos corações diante de Deus.
Fica na Paz.
Pr.Eliseu Lara

andersonaraujo@carbocloro.com.br disse...

A Paz Pr. Carlos,
É exatamente Isso que estamos precisando nesses últimos dias, campanhas de arrependimento... avivamento só acontece após um verdadeiro arrependimento sincero que venha da alma,como podemos ver em joel cap 2:1ao32, muito boa colocação Amigo, Deus continue te usando como desbravador e arauto na sua obra.
Um Grande abraço....
Pb. Anderson Araújo.

Giovani disse...

A Paz do Senhor, Pr CArlos. Mais uma vez o Sr. trata de um assunto super interessante e atual. Há campanhas hoje das mais variadas (e pra todos os gostos), mas são ineficazes por contrariar a Palavra de Deus, na maioria das vezes, e por propiciar o surgimento das heresias e falações. Parabéns. P.S. embora não tenha comentado tanto, sempre estou no seu blog (diariamente). Se me permitir, gostaria de extrair artigos para passar para outras pessoas. PAZ. Giovani Nery- AD Conceição da Barra de Minas

conselheiro disse...

Bispo Luiz Henrique
Á Paz Pastor Carlos
Creio que a tradução da palavra grega para arrependimento descreve bem o que queremos. "METANÓIA" = mudança de Mente.
Em um mundo onde o "TER"é mais importante do que o "SER", louvo a Deus por ter pessoas que ainda se preocupam com temas que esvasiam igrejas mas que são parte da SÃ DOUTRINA.
uM ABRAÇO

Carlos Roberto Silva, Pr. disse...

Caros Comentaristas!
A Paz do Senhor!
Quero registrar a todos, meus sinceros agradecimentos pelos comentários aqui postados.
A maior felicidade que este artigo me trouxe, é que, para a Glória de Deus, recebí um telefonema de uma irmã, por sinal muito contente, pois, ao ler o presente post, indicou-o para um missionário que apresenta um programa de rádio e o mesmo já lançou a CAMPANHA DO ARREPENDIMENTO através do seu programa.
Sábado dirigindo a Reunião do Conselho de Pastores em Cubatão, um dos pastores presentes também manifestou-se expontaneamente dizendo que já lançou a mesma campanha em sua Igreja.
Queira Deus a idéia tenha sido realmente entendida e dê os resultados esperados conforme a Palavra de Deus.
Sei perfeitamente que é preciso postura para emplacar uma contra- cultura evangélica em tempos de massificação.
Soli Deo Glória

Faculdade Teológica disse...

Que Deus continue abençoando seu trabalho e nos edificando com seus post Fica Na Paz!!!!
Abs!
Faculdade Teológica

Gilson disse...

A paz do Senhor Jesus. Tema excelente. So devemos ter cuidado com a CLONAGEM ESPIRITUAL.
Adoração deve ser pessoal, sem clonagem de personagens bíblicos. Clonar ou imitar Davi, Ester, Elias, Moises ou qualquer outro servo denota falta de personalidade e pouca intimidade com Deus e sua Palavra, sobrando religiosidade.
Imitar a fé não significa imitar os atos ou praticas pessoais que foram realizadas dentro de um determinado contexto e dinâmica de acontecimentos no tempo e espaço em que se sucederam. Isto literalmente significa isolar texto fora de contexto. Hermenêutica e exegese não são meros ornamentos de interpretação de textos e devem ser usadas todo o tempo, mas principalmente devemos atentar para o Espírito Santo no interior do nosso ser, nos guiando em toda a verdade, se o tivermos, é claro. Nenhum ato externo produzira mudança interior de arrependimento, seja ele qual for, poderemos rasgar vestes, colocar pano de saco como se fosse roupa de humildade, derramarmos uma tonelada de cinza sobre a cabeça com a maior das “boas intenções”, (Isso no A.T. deveria ter um ótimo visual já que era necessário ver para crer), nada disso mudara o coração (ou o quebrantara). Poderíamos oferecer uma boiada gigantesca (no A.T) que não agradaria a Deus. Salmo 40, 50, 51. Coração quebrantado e contrito, Deus não desprezara. Alguns por não conhecerem a palavra e seus significados mais profundos, blasfemam dizendo: Deus virou açougueiro?. So quer o coração? Ficam cegos com o significado de quebrantado e contrito. So visualizam o ritual e o ritualismo. São os fariseus modernos, com seu farisaísmo mórbido, sem fruto e sem eternidade.

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Gilson,
A Paz do Senhor!
Mais uma vez sou agradecido pelo seu comentário que agregou valores à este post.
Concordo plenamente com o irmaõ quanto a imitação de atitudes externas.
O que precisa haver é arrependimento de fato, que venha do interior do coração, aí sim, as atitudes externas serão fruto desse.
Um grande abraço!
Volte sempre por aqui.
Fique na Paz do Senhor.
Seu conservo.
Pr. Carlos Roberto

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...