sexta-feira, 3 de novembro de 2017

FAMILÍA DE CLOE - FOFOQUEIROS OU ZELOSOS?


Publicado originalmente em 11.09.2009

FAMÍLIA DE CLOÉ – FOFOQUEIROS OU ZELOSOS?

"Porque a respeito de vós, irmãos meus, me foi comunicado pelos da família de Cloe que há contendas entre vós." 1. Coríntios 1: 11 (o grifo é meu)

Uma das peculiaridades do Apóstolo Paulo, sempre foi distinguir, quando falava em nome do Senhor ou em seu próprio nome.

Em algumas situações Paulo dizia: “O Senhor”, mas em outras: ” não o Senhor, mas eu mesmo digo”.

É interessante destacar isso, em tempos, quando as pessoas, no afã de corroborarem e agregarem credibilidade às suas próprias palavras, atribuem tudo ao Senhor e à revelações.

No caso que aqui menciono, chama a minha atenção, a participação de um grupo de irmãos pertencente a uma família, que não é citada em nenhuma outra situação, a não ser nesta, a família de Cloe.

Neste capítulo, Paulo reconhece as qualidades e o caráter espiritual da Igreja de Corinto, e louva ao Senhor por elas, senão vejamos:

"Graça e paz da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo. Sempre dou graças ao meu Deus por vós pela graça de Deus que vos foi dada em Jesus Cristo. Porque em tudo fostes enriquecidos nele, em toda a palavra e em todo o conhecimento. Como foi mesmo o testemunho de Cristo confirmado entre vós. De maneira que nenhum dom vos falta, esperando a manifestação de nosso Senhor Jesus Cristo, O qual vos confirmará também até ao fim, {para serdes} irrepreensíveis no dia de nosso Senhor Jesus Cristo. Fiel é Deus, pelo qual fostes chamados para a comunhão de seu Filho Jesus Cristo nosso Senhor." 1 Coríntios 1: 3-9

Mais à frente, o Apóstolo passa a ter uma tratativa corretiva nessa mesma Igreja, porém, foi muito claro quando diz que fora comunicado pelos da família de Cloe, acerca das dissensões existentes, motivadas pelo partidarismo que havia tomado conta da Igreja.

"Porque a respeito de vós, irmãos meus, me foi comunicado pelos da família de Cloe que há contendas entre vós. Quero dizer com isto, que cada um de vós diz: Eu sou de Paulo, e eu de Apolos, e eu de Cefas, e eu de Cristo. Está Cristo dividido? foi Paulo crucificado por vós? ou fostes vós batizados em nome de Paulo? Dou graças a Deus, porque a nenhum de vós batizei, senão a Crispo e a Gaio. Para que ninguém diga que fostes batizados em meu nome. E batizei também a família de Estéfanas; além destes, não sei se batizei algum outro." 1 Coríntios 1: 11-16 (o grifo é meu)

Por certo os membros dessa família, tiveram muito zelo, e tomaram a iniciativa de comunicar ao Apóstolo Paulo, quando pressentiram que aquela politicagem não agradava a Deus e era um fermento nefasto no meio da Igreja do Senhor.

É necessário que alguém tome a iniciativa, de maneira certa, para alertar que há veneno na panela, e mais do que isso, clamar a quem tem farinha para tirar esse veneno, assim como aconteceu com Elizaeu e os filhos dos profetas, quando um deles por inexperiência colocou parras venenosas na sopa. II Reis 4: 38-41

Quem sabe se isso acontecesse em nosso meio nos dias de hoje, os membros da família de Cloe, seriam logo chamados de "os fofoqueiros da Igreja", porém, muito pelo contrário, Paulo entendeu que eles zelavam pela saúde espiritual da Igreja, e tanto é assim, que não teve qualquer receio em declarar que havia sido comunicado por eles, acerca de tal anomalia espiritual que estavam vivendo, e para tanto aplicou-lhes o remédio da Palavra, a única fonte de cura para os problemas que surgem no seio da Igreja.

Que o Senhor nos dê da sua graça, para colaborarmos, alertando e denunciando o pecado, e tudo que é prejudicial ao Reino de Deus.
Soli Deo Glória
Vosso conservo,
Pr. Carlos Roberto Silva

Em tempo:

Segundo Richard R. Losch - Todos os personagens da Bíblia de A a Z, Cloe tratava-se de uma mulher, por certo de grande importância e conhecimento da Igreja de Corinto, tanto que sua família fora identificada por seu nome e não do marido.

24 comentários:

Newton Carpintero, pr. disse...

Prezamado pr. Carlos Roberto,

A Paz do Senhor!

Viajo ao computador, antes de me despedir em sono e encontro a sua essencial matéria, sobre o que está ocorrendo às denuncias relacionadas aos acontecimentos denunciados em tantos blogs.

Parabéns pelo objetivo e claro exemplo, que informa e nos faz entender que não podemos calar, mas utilizar de todo o cuidado para que se tome providências aos necessários ajustes para o bem da vida espiritual de cada um.

O Senhor seja contigo!

pr. Newton Carpintero
www.pastornewton.com
Contra a Falácia da Prosperidade!

Uilson Camilo disse...

Pr. Carlos,
Paz do Senhor!

Bom seria se na Igreja tivesse mais pessoas zelosas como os da família de Cloé, assim acredito que algumas coisas que tem contribuido para o declínio de algumas igrejas e denominações, poderiam ser evitados com a aplicação do santo remédio que é a Palavra de Deus.
Que o Senhor tenha misericórdia.
Um grande abraço Pastor!

Uilson Camilo

Daladier Lima disse...

Pois é o que eu digo. O pecado tem que ser denunciado. Porém, com amor e perdão, de maneira sábia, moderada e firme!

Pb Uilton disse...

A Paz do Senhor Jesus

Pr Carlos

Ontem enquanto o senhor no ensinava esta palavra, fiquei pensando sobre esta familia, que era uma familia de confiança do Apostolo Paulo, pois uma informação dessa, para ter credito tem quye vir de uma familia de confiança como a de Cloe.
Que o Senhor levante nas Igrejas muitas familias de Cloe, falimias de confiança do Pastor e que zelam pela Igreja do Deus Vivo.


Um Abraço



Pb Uilton

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Pr. Newton Carpintero,
A Paz do Senhor!

Grato pela visita!

Percebemos claramente, o Espírito Santo preparando a noiva para o arrebatamento.
Há um inequívoco testemunho, o qual atravessa continentes tocando nos corações.
Aleretemos contra o pecado, e o Eterno providenciará as demais coisas.

Um grande abraço!
Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro amigo e irmão,
Pb. Uilson Camilo,

Graça e Paz!

Concordo plenamente com vc.
Que o Senhor levante pessoas assim, comprometidas com a saúde espiritual das Igrejas.

Um grande abraço!
Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Pr. Daladier Lima,

A Paz do Senhor!

Foi exatamente desse jeito que o Apóstolo Paulo fez!

Que o Senhor nos dê essa graça!

Um grande abraço!

Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro irmão e companheiro,
Pb. Antônio Uilton,

A Psx do Senhor!

Exatamente amado, famílias comprometida com a Palavra de Deus!

Grato pela visita e participação!

Seu conservo,
Pr. Carlos Roberto

Maxmiler Freitas disse...

Muito bom, eu estava estudando sobre isso ontem.

Realmente esta família foi muito zelosa com a obra de Deus, acredito eu, que eles até foram colocados como fofoqueiros (eu prefiro chamar de "fofo" assim fica mais bonito, e ninguém sabe), mas eles agiram certo!

Peço permissão para colocar esta abordagem no site da minha igreja: http://ceofamiliaevida.webnode.com

Deus lhe Abençoe!

Ev.Anderson Araujo disse...

Caro Pr. Carlos,
Shalom;

Parabéns pela abordagem deste texto, existem muitos que estão se calando, para não levar a fama de fofoqueiro, dedo duro e etc, e o pecado continua se aproveitando desse silêncio, que possamos tomar o exemplo da família de Cloé e colocar a boca no trombone denunciando contra o pecado;

Que o Eterno continue lhe usando...

seu conservo;
Ev. Anderson Araújo.

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Maxmiler Freitas,
Graça e Paz!

Gostei da nova terminologia:
"fofo"!

Tenmha liberdade para postar o artigo, onde achar que pode contribuir.

Grato pela participação!

Um grande abraço!

Seu conservo,
Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro irmão e companheiro,
Ev. Anderson,

Graça e Paz!

Perfeito, é isso aí!
Se a anomalia espiritual coloca em risco a integridade da Igreja, tem que por a "boca no trombone"!rsrs

Grato pela participação!

Seu conservo,
Pr. Carlos Roberto

Marcello de Oliveira disse...

Shalom!

1. Nobre Rev Carlos, ilustre amigo! Parabenizo por este texto tão edificante, e alegre está o meu coração em saber que o Eterno lhe mostrou este lado positivo da irmã Cloe! Como nos falamos muitas vezes vemos o aspecto "negativo" do texto, e não o lado "positivo".


um abraço do amigo amado,

Pr Marcello Oliveira

Pr. Carlos Roberto disse...

Nobre irmão e companheiro,
Pr. Marcello de Oliveira,

Graça e Paz!

O Senhor é misericordioso, e através do seu Santo Espírito, nos revela em um mesmo texto, os dois lados da moeda.
Glória a Deus por isso!

Grato pela visita e participação!

Seu conservo,
Pr. Carlos Roberto

Anônimo disse...

Caro Pr Carlos.
Graça e Paz.
Entendemos toda inspiração das sagradas escrituras,até mesmo o registro
das contendas que deturpam e corroem a puresa e saúde doutrinária da igreja do nosso Senhor Jesus Cristo.Eu faço as minhas conjecturas; QUE PREÇO a familia de Cloe pagou para denunciar as faccões que existiam na igreja de corinto.E olha que os denunciados não eram pessoas sem influencia na igreja.Eram lideres que promoviam divisões dentro da própria igreja.Este é um trabalho dificil,pois a denuncia não deve ser comparada a uma fofoca,porém vinda de pessoas comprometidas com a Palavra e a Igreja serve como um antídoto para que tais doenças espirituais não se proliferem no meio do povo de Deus.
Um abraço
Seu Conservo.
Pr Jasiel G. Sobral

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Pr. jasiel Sobral,
A Paz do Senhor!

Grato pela honrosa visita e participação com comentários que agregaram valores a este singelo post.


Um grande abraço!

Pr. Carlos Roberto

Anônimo disse...

Estimado Prº Carlos Roberto Silva
A paz do Senhor Jesus Cristo

Espero que tudo esteja bem.

Sobre o assunto, dou meu parecer.

Os resultados narrados na primeira carta de Paulo aos coríntios mostram que ele "Paulo" soube administrar muito bem a informação que ainda hoje fazem a diferença na vida daqueles que amam a Palavra de Deus. Como será que a liderença atual trataria este tipo de informação ou o seu portador ???
"Há crentes que quando o obreiro maneja bem a Palavra na tratativa de assuntos como este, saem bravos afirmando que foi por que elguém contou, "fofocou".

Este é um exêmplo claro de que nem sempre Deus falará direto ao líder.
A maneira como o apóstolo dos gentios deu ouvidos e tratou a informação nos dá um excelente exêmplo de como tratar os informações na obra do Mestre, mesmo por que, Deus não conta tudo o que queremos a exêmplo do que fez com o proteta Samuel quando o direcionou até a casa de Jessé. Deus também não contou nada ao profeta Eliseu quando a Sunamita se dirigia a ele no monte. Penso que os nossos ouvidos devem estar pronto a ouvir as multiformas de operar do Deus de Israel em revelar ao seu povo a sua vontade, a exêmplo do que fez: usou a família de Cloe.

Que o milagre continue......

Fraternalmente em Cristo Jesus
José Roberto Santana
Vila Ema - São Vicente -SP.

Oberdam Soares, Pb. disse...

A Paz do Senhor, Pr. Carlos.

Como sempre os comentários em seu Blog são de grande valor.

Concordo pelas pessoas que se preocupam pelo anseio da Igreja.
. Oberdam Soares
Só saliento que todas as informações sejam devidadamente apuradas para que não haja duvidas pois que conta um conto aumenta um tanto, para que não cause danos a outros, pois as consequencias as vezes são graves e severas.

Pb

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro irmão e companheiro,
Pb. José Roberto de Santana,

A Paz do Senhor!

Grato pela visita e comentário!

É lógico que o apóstolo Paulo sabia da credibilidade da família Cloe, no entanto, mesmo com as dificuldades dos dias atuais, esse continua sendo um exemplo, que o líder precisa de pessoas de confiança e dirigidas por Deus, que o auxiliem, até porque não é Deus e portanto não poderá estar em todos os lugares ao mesmo tempo.

Um grande abraço!

Seu conservo,
Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Pb. Oberdam Soares,
Graça e Paz!

Louvo a Deus pela sua vida e visita aqui neste singelo blog.

Realmente, tudo precissa ser analisado e também qual a credibilidade de quem emite a informação, no entanto, o líder precissa confiar em pessoas sérias, afinal não é onisciente pafra que esteja em todos os lugares ao mesmo tempo.

Que o Eterno levante famílias sérias com a de Cloe em nosso tempo.

Um grande abraço!
Pr. Carlos Roberto

sillermo disse...

Olá Pr. Carlos, meu amigo.

Exitem dois textos que chamam a atenção pela reação que causou.
Um é esse, claro. O outro é o de At 6.1-7. São textos muito interessantes. Um abração.

Carlos Roberto Silva, Pr. disse...

Caro amigo e pastor Silas Palermo,

Concordo plenamente. Digo sempre que nem tudo é murmuração, às vezes, se trata da constatação de uma necessidade. O resultado mostra exatamente isso.

Grato pela contribuição!

FREEMANN IMÓVEIS disse...

Porque as pessoas pressupõe que Cloe é um nome feminino, sendo que naquela época eles jamais se refeririam a uma mulher como chefe de uma família: Familia de Cloe.

Rosangela Rios disse...

Glória DEUS EU ENTENDI PERFEITAMENTE A REFLEXÃO DO TEXTO. CLIENTE UMA MULHER QUE COM CERTEZA TINHA UM ZELO PELA IGREJA DO SENHOR. E HOJE NÃO É DIFERENTE NÓS TEMOS MUITAS CLEES TRABALHANDO NA OBRA DO SENHOR.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...