sexta-feira, 3 de novembro de 2017

ESCLARECIMENTO DA COMADESPE: Pr. Samuel Câmara se prepara para deixar a CGADB e mais de 25 mil pastores


ESCLARECIMENTO DA COMADESPE sôbre possível saída do Pr. Samuel Câmara da CGADB com mais de 25 mil pastores


Considerando a informação extra oficial sôbre a saída do Pastor Samuel Câmara, Presidente da Assembleia de Deus (Igreja Mãe) em Belém do Pará, da CGADB - Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil, notícia essa veiculada pelo Portal JM Notícia, a qual também menciona que o mesmo seria acompanhado por várias convenções e lideranças de todo território nacional, citando um número de cerca de 25.000 ministros, cabe-me salientar:

  1. A matéria em tela tomou grande repercussão na mídia evangélica, mormente na assembleiana, sem que até o momento houvesse qualquer contestação e ou correção, o que deixa claros indícios de que seja verdadeira, ou  que pelo menos esteja em cogitação o que se propala.
  2. A foto publicada na matéria, onde figuro junto ao pastor Samuel Câmara e outros líderes, também presidentes de convenção, foto essa verdadeira, tirada durante a última campanha das eleições da CGADB, portanto em outra realidade, dá conotação totalmente distorcida dos fatos, numa clara tentativa conecta-la com o texto, estando porém a referida foto, totalmente fora do contexto. 
  3. Em que pese possa haver a possibilidade de que seja real o que se anuncia, não se sabe quem seriam essas convenções, ministérios e ou igrejas, nem mesmo de onde saíra essa expectativa de 25.000 ministros. 
  4. A COMADESPE, por outro lado, não tem qualquer tratativa institucional sôbre o assunto, e nem mesmo seu Presidente conjectura colocar em discussão um tema, até então fora da pauta, muito embora mantenha como sempre, sua independência administrativa e ideológica, logicamente dentro dos princípios legais e cristãos que regem as convenções devidamente credenciadas pela CGADB. 
  5. Este esclarecimento não tem a intenção de criticar, combater ou contestar a decisão de quem quer que seja, compreendendo o direito constitucional de ir e vir de todo cidadão brasileiro, de entrar, se manter, estar, permanecer ou sair de qualquer instituição, mas apenas  colocar "ordem" nos fatos, caso venham se confirmar, distorcidos por uma foto publicada, reitero, fora de contexto.
Em assim sendo, publico este esclarecimento em meu blog pessoal, determinando à Secretaria da Comadespe, que proceda a publicação no site da instituição, para que surta seus efeitos legais diante do quadro de filiados e a quem mais possa interessar.

Pr. Carlos Roberto Silva
Presidente da COMADESPE

 

    

6 comentários:

Pr. Dario disse...

Post perfeitamente claro e elucidativo!
Pr. Carlos Roberto sempre se portando dentro da ética e boa compostura.
Parabéns pelo zelo da transparência dos fatos!

João Edson disse...

Parabéns pastor pelo seu posicionamento e esclarecimento, o senhor tem meu respeito e ganhou meu apoio.

Jeferson Martiniano disse...

Mt bem explicado Rev Carlos Roberto Silva.

Anônimo disse...

Nem deveria existir convenção. Essa CGADB foi criada em 1930 para banir Gunar Vingren do Brasil só que agora a coisa ficou pior nessas eleições. Vc sabe do que aconteceu . PR. Amarildo

Jackson Oliveira disse...

Quero parabenizar o mui digno servo de Deus que com clareza e transparência se posicionou acerca dessa situação ora resposta na internet Deus o abençoe servo de Deus

Aurélio e Cia. disse...

Precisamos ver de q lado ficamos,oq não pode acontecer é ficar em cima do muro.
Pois quem fica em cima do muro,apanha de ambos os lados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...