quinta-feira, 1 de abril de 2010

IGREJAS EM DECLÍNIO - Quem me avisa...


SINAIS DA QUEDA DE UMA IGREJA "

Já Dizia o velho Adágio: "Quem me Avisa, Amigo É!"

Nada se desmorona de Uma Hora Para a Outra, ha Sinais Que Dão Conta Que isso ESTÁ Por Acontecer. O Declínio de Uma Igreja Passa Por Cinco Estágios Nem sempre fáceis de Perceber, veja ALGUNS:

"Geralmente, quando se entra em um processo de crescimento descontrolado de uma organização, abandonam-se os princípios sôbre os quais ela foi constituída"
"A Confiança exagerada em si mesmos, nos sistemas que criam, ou na própria capacidade de resolução, faz com que seus líderes não enxerguem seus pontos de fraqueza. Subestimar os problemas e superestimar a própria capacidade de lidar com eles em excesso, é autoconfiança. "
"Um indício claro de Declínio é desencadeado, quando líderes ignoram ou minimizam informação crítica, ou se recusam escutar aquilo que não lhes interessa"
"Quando uma organização reage a um problema, usando artifícios que não são os melhores.".

"Se as coisas saem do eixo, organizações como igrejas, tendem a perder a fé e o Espírito."
Veja Tudo isso e Muito Mais softwares antigos artigo de Gordon MacDonald, no link abaixo:



7 comentários:

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Prezamado pr. Carlos roberto,

A paz do Senhor!

Assim é e assim será! Infelizmente!

Vivemos os últimos dias do Final dos Tempos.

O momento é todo especial para vigiar e orar! O pior está por chegar e enganar a muitos desavisados de plantão. Triste!

É chegado o grande chôro e o grande derramar de lágrimas.

Triste é que muitos ainda, se envolvem com a falaciosa pregação da prosperidade e destroem por egoísmo o sentimento, que deve existir entre os crentes, para que de fato sejam CRENTES de verdade.

O Senhor seja contigo, nobre pastor,

O menor de todos. Certamente.

Bispo Agenor Romão disse...

A Paz Pastor parabéns pela a matéria sobre a Igreja em Declínio, infelizmente e assim que acontece só que muitos Lideres não abre os olhos para enxergar essas verdades

Davi Dutra disse...

Amado Pastor

Infelismente a cada dia que passa ouve-se mais e mais casos de igrejas cujos líderes se desviaram dos caminhos do Senhor, fando com que centenas e até milhares de almas se desviem juntamente com eles.
É passado já a hora de todos, juntos, levantar-mos um clamor em favor de nossos irmãos em Cristo.

IURY RANGEL disse...

Pr. Carlos Roberto e demais irmãos, a paz do Senhor!

Com a vossa permissão, gostaria de aqui citar mais uma lista de fatores que levam uma igreja à ruína. No entanto, desta vez usarei como base o texto bíblico de Isaías 47. Nesta passagem das Escrituras, Isaías prediz a ruína do Império Babilônico e aponta as causas de tal destruição. Percebam que os fatores que arruinaram Babilônia são os mesmos que levam igrejas cristãs a ter o mesmo destino.

1. “não usaste com eles de misericórdia” (Is 47.6). Isaías denuncia a falta de misericórdia dos babilônios. Este povo menosprezou e humilhou o povo israelita. Tal insensibilidade foi a primeira causa da ruína babilônica. Em nosso meio não é diferente. Igrejas que não exercitam a misericórdia, não cultivam o perdão, retém mágoa de seus perseguidores estão fadadas à ruína. Somos um povo escolhido por Deus para sermos modelo de amor, bondade, benignidade, perdão, compaixão, altruísmo, misericórdia, etc. e toda vez que nos distanciarmos deste modelo seremos arruinados e vencidos por Satanás (2Co 2.10).

2. “E dizias: Eu serei senhora para sempre” (Is 47.7). Babilônia achava que jamais precisaria se submeter a alguém. A insubmissão também leva a igreja à ruína. Vivemos num tempo em que os crentes acham que podem manipular a vontade de Deus. Acham que podem colocar Deus na parede e exigir dele o que bem entenderem. Quando Ele não atende ao pedido de suas orações, acham que podem questioná-lo e murmurar contra o Todo Poderoso. Esqueceram-se que Deus continua Soberano, sendo Senhor no Céu e na Terra. Tal insubordinação tem levado muitos crentes à ruína, pois Deus não admite nenhuma atitude contra a sua Autoridade.

3. “Agora, pois, ouve isto, tu que és dada a delícias, que habitas tão segura, que dizes no teu coração: Eu sou e fora de mim não há outra; não ficarei viúva, nem conhecerei a perda de filhos” (Is 47.8). Babilônia estava tão autoconfiante que achava que sua corrupção e imoralidade não lhe trariam maiores consequências. A igreja quando ignora o fato de que aquilo que ela semear também colherá está sujeita à ruína. Há crentes atualmente que se sentem tão autoconfiantes, dizendo que vivem no “evangelho da graça”, achando que nesta dispensação Deus ignora nossos pecados. Tal postura tem levado muitos à ruína. Vivemos sob a graça, mas não devemos usar da liberdade que a graça nos dá para darmos “ocasião à carne” (Gl 5.13). Caso contrário, colheremos corrupção (Gl 6.7,8).

4. “por causa da multidão das tuas feitiçarias, por causa da abundância dos teus muitos encantamentos” (Is 47.9). A feitiçaria destruiu Babilônia e infelizmente esta prática diabólica tem penetrado no seio da igreja. Abandonaram a simplicidade do Evangelho e estão correndo atrás de fetiches, superstições e crendices. É objeto ungido pra cá; é água “abençoada” pra lá; e o povo de Deus continua sendo manipulado por líderes que se afastaram dos princípios da Palavra de Deus. Ou acabamos com as feitiçarias, encantamentos e superstições, ou seremos destruídos por tais elementos.

5. “disseste: Ninguém me pode ver; a tua sabedoria e a tua ciência, isso te fez desviar, e disseste no teu coração: Eu sou, e fora de mim não há outra” (Is 47.10). Babilônia pensava ser dona do conhecimento, mas foi a própria ciência do povo que o fez desviar. A Igreja de Jesus não foi criada para ter a mesma sorte. Portanto, abandonemos nossos achismos e as nossas formas humanas de interpretar a Bíblia e busquemos a sabedoria do alto, que nos faz compreender a revelação de Deus para o seu povo.

Que não tenhamos a mesma sorte de Babilônia. A igreja nasceu para habitar a eternidade!!!

Que Deus abençoe a todos!!!

Alípio Fernandes disse...

Graça e Paz Pr. Carlos

Oportuno este post

Acredito que o declínio de algumas Igrejas e Ministérios se deve pelo simples fato de construirem "grandes impérios" e para manterem todo custo que isto requer, deixam a simplicidade do Evangelho e se enveredam pelo "caminho de Balãao". (vendem tudo. vendem curas, livros espúrios, Bíblias com comentários que alimentam o ego da massa desesperada em prosperidade material, etc)

Nesta semana soube que uma Igreja Assembléia de Deus (histórica) emprega uma arca que é levada de casa em casa para abençoar os seus membros. E o que falar desta mesma Igreja que convidam seus membros a trazerem peças de roupas, fotos e carteira de trabalho para ungirem?

Parece que a mensagem da CRUZ não produz mais efeito. falar de Vida Cristã, salvação, santificação está fora de moda.


è lamentável


Pb. Alípio fernandes
Santo André/SP

Márcio Cruz disse...

Qualaquer semelhança entre o texto e nossa realidade, não é mera conscidência.

"Não vos enganeis; Deus não se deixa escarnecer; pois tudo o que o homem semear, isso também ceifará. Porque quem semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas quem semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna - Gl 6.7,8".


Jesus te abençoe mano.

Nele,

Ir. Márcio Cruz

A Paz do Snehor Jesus.

HELIO ALVES DA COSTA disse...

caro nobre pastor a paz

eu ainda fico com a palavra de Deus e creio nela

mt,16,18 Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;

o Deus que servimos e maior que qualquer declino.

fique na paz
helio costa

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...