sábado, 3 de julho de 2010

UM APELO AOS PASTORES





UM APELO AOS PASTORES



Pastoreiem o rebanho de Deus, que está entre vós, tendo cuidado dele, não por força, mas voluntariamente, não por torpe ganância, mas de boa vontade” (1 Pe 5.2)

O pastoreio como metáfora para liderança é uma expressão recorrente nas Escrituras. Javé é o pastor de Israel. Líderes políticos também receberam esse mesmo título, mas foram rejeitados porque permitiam que suas ovelhas se dispersassem (Ez 34). Jesus tomou sobre si a função de Bom Pastor, aquele que conhece, conduz, chama, ama, alimenta suas ovelhas e dá a vida por elas.
É comovente a maneira com que Pedro se dirige aos líderes da igreja.
Ele faz um apelo para que eles pastoreiem o rebanho de Deus, no entanto, esse era o seu ministério ("cuide das minhas ovelhas" [Jo 21.18]) quando o Senhor o chamou pela segunda vez, à beira do lago da Galiléia. É provável que Pedro estivesse pensando nisso quando fez o apelo para que os líderes da igreja pastoreassem o rebanho de Deus. Seu apelo inclui três antíteses:

Em primeiro lugar, os pastores devem ter um espírito voluntário.
Devem servir "não por obrigação, mas de livre vontade, como Deus quer" (1 Pe 5.2). A simples idéia de servir a Deus por obrigação é grotesca.

Em segundo lugar, a motivação deles deve ser livre de qualquer interesse.
"Não façam isso por ganância, mas com o desejo de servir" (v. 2). No entanto, ao longo da história, têm surgido muitos interesseiros tentando ganhar dinheiro com o ministério. No mundo antigo, havia um grande número de impostores que ganhavam a vida se fazendo passar por mestres itinerantes. Paulo, entretanto, abriu mão de seu direito de receber ajuda (ex: a igreja de Corinto) e trabalhou para se sustentar, demonstrando assim que a sua motivação era sincera. Infelizmente, ainda vemos muitos evangelistas (?) mal intencionados buscando enriquecer por meio de apelos financeiros.

Em terceiro lugar, a conduta dos pastores deve ser humilde.
"Não ajam como dominadores dos que lhes foram confiados, mas como exemplos para o rebanho" (v. 3). Será que os pastores nunca leram este texto das Escrituras?

Deus nunca nos deu uma procuração transferindo a igreja para nós. A  igreja é Dele! Nós não somos donos de nada! Infelizmente, existem nos nossos meios verdadeiros coronéis da fé, caciques espirituais, que são chefes de tribos, e não pastores de ovelhas!

Jesus advertiu seus discípulos claramente sobre isso. "Os governantes das nações as dominam", ele disse, e "exercem poder sobre elas. Não será assim entre vocês" (Mc 10.42,43). Ao contrário, os líderes cristãos devem exercer seu ministério com humildade. Eles devem liderar não pela força, mas pelo exemplo.

Ó Deus, conceda-nos pastores segundo o teu coração (Jr 3.15)!

Pr Marcelo de Oliveira

19 comentários:

Luciano Vieira disse...

Querido Pr Carlos,
A paz do Senhor!

Artigo completo! Infelizmente muitos pastores estão com suas mentes cauterizadas e não conseguem comer e nem ruminar essa mensagem. Deixaram o alvo que é Cristo de lado, e vivem uma liderança mais empresarial que pastoral. Causa certa impressão que por ser ano de eleição, muitos “pastores” começam a revelar sua verdadeira face diante do jantar de Belsazar, escrevendo até livro, tratando a política como algo espiritual.
Que o Senhor Jesus tenha misericórdia dessas ovelhas, que teoricamente não, mas praticamente sim, sem pastor.

Parabéns mais uma vez pelo blog edificante.

Um Forte abraço de seu servo em Cristo,

Luciano Vieira

Bernardo, Jose Luis disse...

Parabéns, pela matéria, continuem neste propósito de Reino de Deus, Abraços,
José Luis BERNARDO
www.adpisp.net

Doutrina Cristã disse...

Não faz muito tempo, há 12 anos, vinha de um mundo árduo e hipócrita, quando conheci a figura impar do pastor.
Acostumado com padres, nunca tinha convivido com esses homens evangélicos, amante de Cristo por livre opção de voto de pobreza. Eles não tinham casa, nem carro, viviam da ajuda da igreja, eram felizes e nos amava.
Tudo que a gente falava era motivo de exclamação para eles, e tinha sempre uma resposta esclarecedora. Fazia a gente se sentir importante na obra do Senhor. Aliás, Deus, Cristo, o Evangelho, era sempre o assunto principal e nunca se esgotava.
Eles eram incentivadores, otimistas, risonhos, e frequentava nossas casas com simplicidade, sabia o nome de todos os familiares inclusive as idades. Participava da educação escolar dos meninos. As datas comemorativas da família eram importantes, e não se esquecia de nenhuma, em fim, era mais que um pai, era um amigo desses que a gente aceita conselho sem discutir.
Não sei como puderam mudar tanto em tão pouco tempo. Hoje se discordamos de alguma coisa da igreja, eles não brigam, não, fazem pior, dão desprezo. Isso mesmo despreza nossa família, não chama mais a gente pra nada, nem pra varrer a igreja, nada mesmo. Ficamos como mortos vivos ali sentados nos bancos completamente invisíveis para eles. Horrível, essa sensação. E, como se não bastasse ainda incentivam os seus lideres a nos excluir de tudo, carimbando-nos de crentes perigosos.
Só Deus sabe, porque ver tudo, o que esta se passando no coração de milhares de crentes desprezados pelo orgulho pastoral. Ai daquele que discordar de pelo menos um til, nunca mais será o mesmo. É o fim. Livramos-nos da escravidão do mundo para cair na humilhação do abandono, que, nem uma simples oração pode pedir.
As escrituras dizem: “Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida.” (I João 5:12). A igreja do pastor diz também: “Quem tem dinheiro para dar ao pastor tem o apoio da igreja; quem não tem, não tem nada.”

Doutrina Cristã disse...

Não faz muito tempo, há 12 anos, vinha de um mundo árduo e hipócrita, quando conheci a figura impar do pastor.
Acostumado com padres, nunca tinha convivido com esses homens evangélicos, amante de Cristo por livre opção de voto de pobreza. Eles não tinham casa, nem carro, viviam da ajuda da igreja, eram felizes e nos amava.
Tudo que a gente falava era motivo de exclamação para eles, e tinha sempre uma resposta esclarecedora. Fazia a gente se sentir importante na obra do Senhor. Aliás, Deus, Cristo, o Evangelho, era sempre o assunto principal e nunca se esgotava.
Eles eram incentivadores, otimistas, risonhos, e frequentava nossas casas com simplicidade, sabia o nome de todos os familiares inclusive as idades. Participava da educação escolar dos meninos. As datas comemorativas da família eram importantes, e não se esquecia de nenhuma, em fim, era mais que um pai, era um amigo desses que a gente aceita conselho sem discutir.
Não sei como puderam mudar tanto em tão pouco tempo. Hoje se discordamos de alguma coisa da igreja, eles não brigam, não, fazem pior, dão desprezo. Isso mesmo despreza nossa família, não chama mais a gente pra nada, nem pra varrer a igreja, nada mesmo. Ficamos como mortos vivos ali sentados nos bancos completamente invisíveis para eles. Horrível, essa sensação. E, como se não bastasse ainda incentivam os seus lideres a nos excluir de tudo, carimbando-nos de crentes perigosos.
Só Deus sabe, porque ver tudo, o que esta se passando no coração de milhares de crentes desprezados pelo orgulho pastoral. Ai daquele que discordar de pelo menos um til, nunca mais será o mesmo. É o fim. Livramos-nos da escravidão do mundo para cair na humilhação do abandono, que, nem uma simples oração pode pedir.
As escrituras dizem: “Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida.” (I João 5:12). A igreja do pastor diz também: “Quem tem dinheiro para dar ao pastor tem o apoio da igreja; quem não tem, não tem nada.”

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Luciano Vieira,

Graça e Paz!

O único alento que temos disso tudo, é que já estava prevista nas sagradas escrituras quando diz: "Homens amantes de si mesmos" e mais, que isso é prenúncio da volta do Senhor Jesus!

Que Ele nos guarde em seu amor1

Um grande abraço!

Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezado amigo Bernardo,

A Paz do Senhor!

Grato pela honrosa visita e comentário!

Um grande abraço!

Pr. Carlos Roberto

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezado Pr. Luiz Clédio,

A Paz do Senhor!

Seu comentário é um testemunho vivo de que o artigo é pertinente e necessário.

Grato pela visita, comentário e divulgação do texto para sua lista!

Que o Eterno continue iluminando o Pr. Marcello de Oliveira, autor do artigo.

Um grande abraço,

Seu conservo,

Pr. Carlos Roberto

Marcello de Oliveira disse...

Shalom!

Nobre Pr Carlos, agradeço seu carinho, bem como a postagem deste texto em seu conceituado blog.

Que este texto alcançe muitas vidas e ministérios para a glória DELE!

Nele, Pr Marcello

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro amigo e companheiro,
Pr. Marcello de Oliveira,

Graça e Paz!

Postei seu artigo e estou divulgando, por entender que, além de excelente, é também pertinente e necessário.

Continue escrevendo para a glória do Eterno, e para edificação da Igreja.
Um grande abraço!

Seu conservo,
Pr. Carlos Roberto

Pastor Elias Corrêa disse...

Dou graças a Deus que ainda temos pastores que não estão cegos, o maior problema que enfrentamos hoje no meio evangélico são os homens chamados de pastores que estão matando as ovelhas, não tiram somente a lã, estão tirando até o coro com elas vivas. Que Deus possa nestes últimos dias levantar mais pastores Dele para denunciar estas barbaridades no meio do povo de Deus. Olha o que Jesus falou sobre esses tais homens chamados de pastores."Guardai-vos dos falsos profetas, que vêm a vós disfarçados em ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores.Pelos seus frutos os conhecereis. Colhem-se porventura, uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos? Assim, toda árvore boa produz bons frutos; porém a árvore má produz frutos maus.Uma árvore boa não pode dar maus frutos; nem uma árvore má dar frutos bons. Toda árvore que não produz bom fruto é cortada e lançada no fogo.
Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitos milagres? Então lhes direi claramemnte: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade".Mateus 7:15.23

Anônimo disse...

Paz e graça do senhor Jesus!

E maravilhoso ler um artigo baseado na palavra de Deus a *Biblia Sagrada*,Porém nos dia de hoje são pouco que vivem a luz da palavra de Deus, são amantes de si mesmo, quando fazem alguma cousa e para chama atenção para si, pastores,obreiros em geral ja tem conhecimento da palavra. O que vc vai falar para esses homens que são pós graduado nos estudos biblicos- Infelizmente sabemos que muitos so querem chamar atenção para ganharem mais fama e sucesso, e serem convidados a levar a boas novas a varias igrejas, pq estão em alta( NÃO SÃO TODOS, EXISTE AINDA HOMENS E MULHERES DE DEUS). Essa materia é otima para os novos convertidos que tenha a graça de Deus sobre sua vida para não cair em mãos de pastores lobos e amantes de si mesmo,Meu querido um novo convertido em lugar errado sera no futuro um outro lobo, afinal os pastores e obreiros servem de espelhos para seus (A UNÇÃO E TRANSMITIDA) membros e ovelhas, alguns ainda se dizem dono de aquarios , que se vem outro mais esperto na igreja e falando bonito vai logo dizendo: ele veio rouba MEUS peixes, peixes do meu aquario etc.(ELE NAO ESTA PREOCUPADO COM SER HUMANO)E triste saber que para muitos somos apenas peixes que sÓ vamos ter valor de acordo com o que tiver na conta bancaria.Se temos dinheiro , carro importado e uma boa e bela casa somos bem tratados por todos mas se vc esta passando por dificuldade e nao tem qq herança(promessas) para receber no futuro- amigo é melhor nao procura se envolver em nada, entre e saia da igreja calado, para não ser convidado a sair sem muito barulho, afinal eles te colocam no frizzer tão educamente que vc é obrigado a sair , pelo desprezo e humilhações.Eu conheço o lado das duas moedas , passei por muitos disabores, Infelizmente hj tem cantores , pregadores que nao pensa no amor que receberam e recebem das pequenas igrejas de bairros simples, vão logo dizendo nao posso baixa meu cache tenho muitas despezas para manter meu ministerio e depois eu já ralei demais para chega ate aqui. Acabou o tempo que eu cantava, tocava e pregava entroca de condução(pequena oferta), tenho que aproveitar.
Isso e culpa de alguns ministerios e pastores de igreja que dizem que não ajudam, e usam a palavra de Deus para não abençoar. Gente e uma coisa clivel, um assunto chama outro,podemos entrar na idolatria que hj existe nas igrejas evengelicas , podemos entrar no adulterio dentro da igreja evangelica,adulterio na palavra de Deus,onde vai estar nossa igreja evangelica dentro de 10 e 20 anos?
PAZ DE DEUS
ELIANE

Elias Corrêa disse...

Paz.............
As ovelhas de todo mundo estão clamando por pastores e não impostores, o verdadeiro evangélho de ser pegrado, evangélho de perdão, restauração e salvação e não o evangélho de micro ondas. Pastor Elias corrêa, Boston - USA

Natanael Rinaldi, Pr. disse...

Pr. Carlos:

O artigo UM APELO AOS PASTORES recomendado é muito oportuno, mas hoje cada pastor, líder de um campo, age como quer, sem obediência a um governo central como a Convenção Geral das Assembleias de Deus. E como cada cabeça é uma sentença, há uma situção calamitosa de ensinos e práticas diferentes em igrejas usando o título Assembleia de Deus.

Essa situação está crescendo e avançando em todo o Brasil. Até o nosso eminente pregador Pr. Silas Malafaia já criou sua denominação particular Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

PR. NATANAEL RINALDI

walter barros disse...

Suas palavras são as confirmações do Espírito Santo a alguns lideres espirituais que se dizem pastores,apóstolos,bispos e etc. que olhas as igrejas grande fonte de lucro,não espiritual mas material mesmo.Meus artigos sempre foram de encontro as vossas preciosas palavras descritas neste artigo,também fal o dos ídolos da musica gospel que se venderam para a outrora maléfica e maligna Rede Globo e a sua Som livre,e hoje o que vemos são a maioria dos ídolos da musica gospel na telinha da vênus platinada.Que sejamos a cada dia instrumento da verdade doa a quem doer,pois se calarmos a Igreja do Senhor Jesus é que irá sofrer e padecer com a hipocrisia pastoril e a ganância desenfreada,Que o Senhor continue a lhe abençoar com ricas bençãos.

Gilson disse...

Pelo visto, a maioria dos "pastores de si mesmos" rasgaram as páginas que contém esses textos de suas "bribas".

Cleuci Hedlund Rosa disse...

Via e-mail

Assunto: UM APELO AOS PASTORES

"Pastor Carlos,

Eu enviei pra todos os pastores, diáconos, evangelistas, reverendos, apóstolos, pastoras e bispos que tenho como contato.

Exiba a minha lista de contatos para o sr. ver... rsss....

Tomara que todos acessem o seu site pra ler a mensagem...

Não precisa agradecer, fiz de coração.

Anônimo disse...

O QUE FAZER QUANDO O PASTOR JA NÃO CUIDA MAIS DAS SUAS OVELHAS COMO ANTES? A QUEM RECORRER ? A IGREJA JA ESTA QUASE MORTA...

A.A.F disse...

PR. CARLOS
A PAZ DO SENHOR

O Q FAZER QUANDO O NOSSO PASTOR ESTA TOMANDO ATITUDES Q NÃO SÃO DE PASTOR(EX:NÃO VISITA MEMBROS,FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS,NÃO CORRIGE MEMBROS PQ NÃO TEM MAIS CRÉDITO Á FRENTE DO MINISTÉRIO,E MUITAS OUTRAS COISAS...)A QUEM RECORRER ??
SE FOSSE DO SEU MINISTÉRIO O Q O SR. FARIA ?? COMO OS MEMBROS DEVEM SE COMPORTAR DIANTE DESSE PROBLEMA ???

A.A.F disse...

pr carlos estou aguardando conselhos...
o que fazer ????

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...