quarta-feira, 8 de setembro de 2010

ELEIÇÕES 2010 - Posicionamento do Pr. Paschoal Piragine Jr.





Conheça o PNDH -3

13 comentários:

wally disse...

olá, pr. Carlos Roberto, apz.

parabéns pela coragem de postar o vídeo do pr. Piragine.

estou seguindo seu blog, e o conheci naquela série de vídeos do Genizah sobre as "sementes".

convido-o a conhecer meu blog:

http://wallysou.com

onde tb postei, desde a semana passada o vídeo do pr. Piragine, bem como o vídeo SUA FAMILIA CORRE PERIGO:

http://wallysou.com/2010/08/28/sua-familia-corre-perigo/

abs.

wally.

Edinelson Lopes disse...

Graça e paz Pr. Carlos Roberto

Estou passando para agradecer pela parceria, nossas estatísticas mostraram que o POINT RHEMA tem nos direcionado muitos leitores.
Pensando nisso estamos preparando um espaço para retribuir este apoio de forma aina mais eficiente, neste novo espaço o banner do POINT RHEMA estará em destaque juntamente com outros dois maiores indicadores, o Cabeça Jovem e o pessoal do Caminho Plano.

Esta é nossa modesta forma de agradecer pelo apoio, pois sua parceria tem nos permitido chegar a mais de 13500 visitas em apenas QUATRO mêses. São mais de 13500 almas que puderam receber uma palavra de ânimo para SEGUIR O MESTRE.

Deus os abençoe!

Edinelson Lopes
SIGA O MESTRE

Anônimo disse...

Ipatinga, 13 de setembro de 2010

Prezado Pr. Paschoal Piragine
Saudações em Cristo,

“Sede meus imitadores, como eu sou de Cristo” - I Coríntios 1:11

Uma das expressões do Apóstolo Paulo que sempre me incomodaram foi sua afirmação enfática e repetida para que o imitássemos. Não tenho dificuldade nenhuma em afirmar que aqui, em não cumprindo esta orientação, o cristianismo se perdeu por completo.

O Evangelho perdeu mesmo o primeiro lugar como objetivo da igreja, o negócio, devido à baixa qualidade de vida espiritual de nossa gente e da total falta de testemunho cristão daqueles que se declaram evangélicos, as lideranças resolveram investir em outra área que está mais rentável para a exposição da igreja e para a propaganda denominacionais.

Confesso que fiquei de bobeira, estarrecido e perplexo ao ver o irmão fazendo a sua condenação do “PT” e por persuasão e por indução, inflamando o povo a votar contra candidatos deste partido. Lógico, pelo que ficou nas entrelinhas o irmão estimula os evangélicos a votarem em evangélicos, uma vergonha, uma falta do que fazer. Uma prática deplorável. Pior, como um homem que afirma conhecer a Bíblia com trinta anos de ministério, T R I N T A, o irmão ainda comete um erro infantil, primário e que mostra até onde nós evangélicos estamos reféns de homens sem compromisso com as Escrituras e com a cruz. O pastor, em dado momento do seu acalorado discurso em defesa da sua fé - não a minha, claro - TRATA ABERTAMENTE O CATOLICISMO COMO IGREJA, algo inadmissível, impensável e deprimente para quem verdadeiramente tem compromisso com Deus e com a sua causa.

Eu, como crente em Jesus Cristo, lamento que o irmão esteja usando a influência e o púlpito de sua igreja - sua mesmo, pois se fosse a NOIVA DO CORDEIRO seria tratada de maneira diferente e não estaria metida nestas confusões - para demagogicamente fazer política partidária. As lágrimas me vieram aos olhos quando vi com meus próprios olhos o senhor fazendo as suas declarações naquele humilhante vídeo. Sei que vivemos uma situação perigosa no País, mas a culpa é dos evangélicos que abandonaram o cristianismo - não são cristãos - e se filiaram a uma onda religiosa que anda de largo daquilo que regem as Escrituras.

Lamentavelmente os evangélicos - não os cristãos - estão buscando na podridão da política uma desculpa para pregarem o pobre e desmoralizado evangelho do século XXI. Assim, diante da inércia da igreja, da mediocridade espiritual dos evangélicos, do descaso de nossas lideranças, as coisas descambaram de vez a ponto de pastores fazer o que o irmão fez e está fazendo.

Esta democracia religiosa é uma ameaça velada, pois permite que atitudes sejam tomadas â mercê de uma consulta prévia ao povo que se declara cristão pelo Brasil afora. Eu em particular fui surpreendido com o que vi e pensei que fosse apenas uma brincadeira de mau gosto, uma pegadinha. Mas não foi!!!

Com a desculpa satânica, esfarrapada e pífia de participarem ativamente do momento político defendendo questões importantes para o Brasil a crentada resolveu baixar de vez no chiqueiro político e ai vale tudo uma vez que o Evangelho que pregam não consegue mais transformar nada. O rosário de “EVANGÉLICOS” - não são cristãos - que estão na disputa é algo assustador, assombroso e vergonhoso.

Perdoe-me pastor Paschoal Piragine, mas iniqüidade é fazer o que o irmão e outros milhares estão fazendo, desviando o alvo da pregação para fins políticos partidários e eleitoreiros. Quem sabe se o irmão ORIENTASSE, ESTIMULASSE e COBRASSE de seus membros e dos evangélicos do Brasil uma postura de fiscal de seu voto, nós não precisássemos transformar o púlpito em palanque?

Continua...

Anônimo disse...

continuação...


Iniqüidade é perverter a mensagem, é de maneira sutil, pressionar as pessoas a fazerem algo que elas não querem, é induzir as pessoas ao erro e a agirem sem pensar. Isto sim é iniqüidade e das grandes. É perversidade. Iniqüidade maior ainda é chamar o catolicismo de igreja meu irmão. Põe iniqüidade nisto. Qual é o conceito de igreja para o irmão? Será que esta matéria não foi estudada no seminário? Ou será conveniência tratar o catolicismo como “NOIVA DO CORDEIRO”?

Me desculpe, mas não deu para digerir o que o irmão falou. Creio que se falta alguma coisa nesta exortação, esta coisa é Deus. Posso afirmar que o irmão agiu por impulso e por interesses, não por causa da fé que prega ou defende. Confesso que estou chocado. Não sou petista e não tenho nenhuma ligação com qualquer partido, para mim e para os meus conceitos de vida cristã, política não é lugar de crente em Jesus Cristo. Pode ser de “EVANGÉLICO”, isto eu não discuto, pois que o pobre evangelho perdeu-se no emaranhado de relações entre a igreja e o mundo. Um cristão sincero, honesto, correto, integro e regenerado pelo sangue de Jesus, jamais se envolve com este mar de lamas que é a política. Se de fato ele é alguém com intimidade com Deus, ele vai saber usar o voto - instrumento dado a ele por Deus - para escolher, cobrar e acompanhar aqueles que ele escolheu para representá-lo nas várias esferas da vida política do Brasil. Se ele fizer isto com sinceridade e com a intenção de fiscalizar com certeza as coisas não chegariam até onde chegou.

Meu caro Pr. Piragine ainda há tempo do irmão se redimir da besteira que fez, há tempo de regravar outro vídeo orientando os evangélicos a exercerem o direito e o dever de cobrarem dos políticos SEM PRECISAREM SER UM DELES. Paulo orientou-nos a imitá-lo e pelo que sei, ele Paulo, não se envolveu com as questões políticas de sua época, para ele o Evangelho era prioridade numero um. Pela sua origem, pela sua formação, pela sua convicção ele poderia ter se metido com a desgraça da política, mas se ele assim tivesse agido o Evangelho não teria chegado até nós.

Se continuarmos nesta onda de politicagem dentro de nossas igrejas, com absoluta certeza o Evangelho não irá chegar às próximas gerações, no máximo irão conhecer a história de um povo que tropeçou e foi abatido ao longo da caminhada.

Sede meus imitadores como eu sou de Cristo é a declaração daqueles que amam a Cristo, que seguem no caminho do discipulado, que não se interessam por nenhuma outra coisa que não seja Cristo e sua perfeita humanidade, que não desejam nada a não ser a comunhão com sua vida, sofrimento, alegria e glória. Ela é uma declaração que os evangélicos que se envolvem com o mundo cão da política não podem fazer de forma alguma.

Pr. Paschoal, a minha oração é para que Deus mude a cabeça do irmão e que a preocupação seja de fato anunciar as Boas Novas, na pregação de um Evangelho verdadeiro, longe das siglas e dos partidos políticos. Que Deus o abençoe. Por favor, medite no Salmos 1, ele vai ajudá-lo.

Fraternalmente em Cristo,


Carlos Roberto Martins de Souza

Harlley Queiroz disse...

estamos caminhando para o fim dos tempos,o mundo jaz no malígno,votando ou não no PT as coisas vão acontecer!o que tiver de acontecer vai acontecer!o que nos resta é buscar é nos fortalecer em Deus pregar a salvação em cristo e nos preparar par a grande volta de nosso Pai.Que Deus os abênçõe!

WRamiro disse...

Eu e meus amigos petistas não vamos mudar o destino do mundo, mas é divertido ver tanta gente completamente sem rumo.
Se alguém ataca o pastor tão duramente e navega em tantos sites para atacá-lo, Não deve ser de graça, deve ser petista disfarçado e cristão.

javatar disse...

Pastor Carlos Roberto, que a Paz de Jesus Cristo seja contigo, sua família e igreja!

Amado pastor, não permita que seu Blog sirva de trampolim para pessoas descompromissadas com Cristo como esses comentários de “anônimos”, delete esse lixo. Esse negócio de liberdade de expressão nos sites dos outros é balela. Eles que criem seus sites e vomitem suas imundícias por lá! Não dê espaço para as trevas em seu Blog, pois o seu compromisso é com a Luz que é Jesus.

Eu no meu Site estou dando todo o apoio ao pastor Paschoal, eu não votarei em nenhum candidato do PT, do PSDB ou qualquer outro que apóie o divórcio, o casamento homossexual, e muito menos o aborto. Nós evangélicos ficamos calados por muito tempo, tempo demais. Esta declarada à guerra “santa”? Que seja! Não podemos mais ficar encima do muro.

Seu irmão na fé e na esperança em Jesus Cristo: André M. dos Santos

Site BJCV disse...

Pastor Carlos Roberto, que a Paz de Jesus Cristo seja contigo, sua família e igreja!

Amado pastor, não permita que seu Blog sirva de trampolim para pessoas descompromissadas com Cristo como esses comentários de "anônimos", delete esse lixo. Esse negócio de liberdade de expressão nos sites dos outros é balela. Eles que criem seus sites e vomitem suas imundícias por lá! Não dê espaço para as trevas em seu Blog, pois o seu compromisso é com a Luz que é Jesus.

Eu no meu Site estou dando todo o apoio ao pastor Paschoal, eu não votarei em nenhum candidato do PT, do PSDB ou qualquer outro que apóie o divórcio, o casamento homossexual, e muito menos o aborto. Nós evangélicos ficamos calados por muito tempo, tempo demais. Esta declarada à guerra "santa"? Que seja! Não podemos mais ficar encima do muro.

Seu irmão na fé e na esperança em Jesus Cristo: André M. dos Santos

jefferson santos disse...

Creio que os senhores "anônimos" devem conhecer muito bem o PNDH-3, a ponto de criticar alguém que se pronuncia contrário a este, devido à possiveis práticas divergentes dos preceitos bíblicos. Gostaria de, numa próxima ocasião, ler a respeito da motivação aos seus posicionamentos favoráveis a tal projeto. Seria enteressante, principalmente se vier assinado e não como simplesmente "anônimo".

Luis Silva disse...

MINISTÉRIO DA SAÚDE
PREVENÇÃO E TRATAMENTO DOS AGRAVOS RESULTANTES DA VIOLÊNCIA SEXUAL
CONTRA MULHERES E ADOLESCENTES
NORMA TÉCNICA
1ª EDIÇÃO
BRASÍLIA
1998
I - APRESENTAÇÃO
As mulheres vêm conquistando nas últimas décadas direitos sociais que a história e a cultura reservaram aos homens durante séculos. no entanto, ainda permanecem relações significativamente desiguais entre ambos os sexos, sendo o mais grave deles a violência sexual contra a mulher.
É dever do Estado e da Sociedade civil delinearem estratégias para terminar com esta violência. E, ao setor saúde compete acolher as vítimas, e não virar as costas para elas, buscando minimizar sua dor e evitar outros agravos.
O braço executivo das ações de saúde no Brasil é formado pelos estados e municípios e, é a eles que o Ministério da Saúde oferece subsídios para medidas que assegurem a estas mulheres a harmonia necessária para prosseguirem, com dignidade, suas vidas.

José Serra
Ministro da Saúde


O número de mulheres que engravidam em decorrência do estupro e demandam interrupção da gravidez é
pequeno. Em média, os serviços de referência atendem um a dois casos por mês. Por isso, compete aos gestores estadual e municipal definir unidades de referência e capacitar equipes para prestar o atendimento adequado. Cabe ainda aos gestores e aos diretores dos serviços estabelecer mecanismos de avaliação das ações desenvolvidas.

Procedimentos para a interrupção da gravidez
O procedimento deverá ser diferenciado, de acordo com a idade gestacional.
?

Luis Silva disse...

NOTA TÉCNICA EDITADA POR JOSÉ SERRA COMO MINISTRO DA SAÚDE DO BRASIL

MINISTÉRIO DA SAÚDE
PREVENÇÃO E TRATAMENTO DOS AGRAVOS RESULTANTES DA VIOLÊNCIA SEXUAL
CONTRA MULHERES E ADOLESCENTES
NORMA TÉCNICA
1ª EDIÇÃO
BRASÍLIA
1998


I. Até 12 semanas, podem ser utilizados, para o esvaziamento da cavidade uterina, os dois métodos identificados a seguir.
1.Dilatação do colo uterino e curetagem
Deverá ser realizada em centro cirúrgico equipado adequadamente, com todos os cuidados de assepsia e antissepsia, sob anestesia, devendo-se evitar a anestesia paracervical. A dilatação do colo uterino deverá ser suficiente para a introdução de pinça de Winter, que servirá para a tração das membranas ovulares. Depois, será procedida a curetagem da cavidade uterina. É recomendável que se introduza um comprimido de misoprostol 200mcg (Cytotec) intravaginal, no mínimo 12 horas antes do procedimento, destinado ao preparo do colo uterino com vistas ao menor traumatismo durante a dilatação.
2.Aspiração Manual Intra-Uterina (AMIU)
A aspiração manual compreende um jogo de cânulas plásticas flexíveis de tamanhos que variam de 4 a 12mm dediâmetro, além de um jogo de dilatadores anatômicos nos mesmos diâmetros, seringas de vácuo com capacidadepara 60ml e um jogo de adaptadores para conectar a cânula à seringa. Preferentemente, deve ser feita sob anestesia local (paracervical) ou outra anestesia.
A técnica consiste em dilatar o colo uterino até que fique compatível com a idade gestacional. Introduz-se a cânula correspondente e se procede à aspiração da cavidade uterina, tomando-se o cuidado de verificar o momento correto do término do procedimento, ocasião esta em que se sente a aspereza das paredes uterinas, a formação de sangue espumoso e o enluvamento da cânula pelo útero, e em que as pacientes sob anestesia paracervical referemcólicas.
II. Idade Gestacional entre 13 e 20 semanas
A interrupção da gravidez dar-se-á mediante a indução prévia com misoprostol na dose de 100 a 200mcg no fundo de saco vaginal, após limpeza local com soro fisiológico, a cada 6 horas. A critério clínico, poderá ser associado o uso de misoprostol oral ou ocitocina endovenosa. Após a eliminação do concepto, proceder-se-á a complementação do esvaziamento uterino com curetagem, se necessário. Deve ser considerado que há um risco de complicações, que varia de 3 a 5%, nos casos de interrupção da gravidez neste período.
III. Idade Gestacional acima de 20 semanas
Nesses casos, não se recomenda a interrupção da gravidez. Deve-se oferecer acompanhamento pré-natal e psicológico, procurando-se facilitar os mecanismos de adoção, se a mulher assim o desejar.


Esta foi uma ação e José Serra. É recomendável que o cristão vote em José Serra?

Luis Silva disse...

NOTA TÉCNICA EDITADA POR JOSÉ SERRA COMO MINISTRO DA SAÚDE DO BRASIL

MINISTÉRIO DA SAÚDE
PREVENÇÃO E TRATAMENTO DOS AGRAVOS RESULTANTES DA VIOLÊNCIA SEXUAL
CONTRA MULHERES E ADOLESCENTES
NORMA TÉCNICA
1ª EDIÇÃO
BRASÍLIA
1998


I. Até 12 semanas, podem ser utilizados, para o esvaziamento da cavidade uterina, os dois métodos identificados a seguir.
1.Dilatação do colo uterino e curetagem
Deverá ser realizada em centro cirúrgico equipado adequadamente, com todos os cuidados de assepsia e antissepsia, sob anestesia, devendo-se evitar a anestesia paracervical. A dilatação do colo uterino deverá ser suficiente para a introdução de pinça de Winter, que servirá para a tração das membranas ovulares. Depois, será procedida a curetagem da cavidade uterina. É recomendável que se introduza um comprimido de misoprostol 200mcg (Cytotec) intravaginal, no mínimo 12 horas antes do procedimento, destinado ao preparo do colo uterino com vistas ao menor traumatismo durante a dilatação.
2.Aspiração Manual Intra-Uterina (AMIU)
A aspiração manual compreende um jogo de cânulas plásticas flexíveis de tamanhos que variam de 4 a 12mm dediâmetro, além de um jogo de dilatadores anatômicos nos mesmos diâmetros, seringas de vácuo com capacidadepara 60ml e um jogo de adaptadores para conectar a cânula à seringa. Preferentemente, deve ser feita sob anestesia local (paracervical) ou outra anestesia.
A técnica consiste em dilatar o colo uterino até que fique compatível com a idade gestacional. Introduz-se a cânula correspondente e se procede à aspiração da cavidade uterina, tomando-se o cuidado de verificar o momento correto do término do procedimento, ocasião esta em que se sente a aspereza das paredes uterinas, a formação de sangue espumoso e o enluvamento da cânula pelo útero, e em que as pacientes sob anestesia paracervical referemcólicas.
II. Idade Gestacional entre 13 e 20 semanas
A interrupção da gravidez dar-se-á mediante a indução prévia com misoprostol na dose de 100 a 200mcg no fundo de saco vaginal, após limpeza local com soro fisiológico, a cada 6 horas. A critério clínico, poderá ser associado o uso de misoprostol oral ou ocitocina endovenosa. Após a eliminação do concepto, proceder-se-á a complementação do esvaziamento uterino com curetagem, se necessário. Deve ser considerado que há um risco de complicações, que varia de 3 a 5%, nos casos de interrupção da gravidez neste período.
III. Idade Gestacional acima de 20 semanas
Nesses casos, não se recomenda a interrupção da gravidez. Deve-se oferecer acompanhamento pré-natal e psicológico, procurando-se facilitar os mecanismos de adoção, se a mulher assim o desejar.


Esta foi uma ação e José Serra. É recomendável que o cristão vote em José Serra?

Luis Silva disse...

14/06/2009 - 20h57
Serra defende união homossexual,
durante a Parada Gay de São Paulo
Agência EFE

José Serra na parada gay: em defesa da luta contra hemofobia

O governador de São Paulo e líder nas pesquisas para a eleição presidencial no país no próximo ano, José Serra, defendeu hoje a união estável de pessoas do mesmo sexo durante a 13ª Parada do Orgulho Gay, que segundo seus organizadores, reuniu mais de três milhões de pessoas. Em um encontro com líderes das comunidades homossexuais e com os organizadores da maior manifestação gay do mundo, Serra afirmou que é "propício" à união estável entre pessoas do mesmo sexo e adiantou: "Temos um projeto sobre isso, está realmente andando porque o apoiamos".

Esta é uma ação de José Serra.
É recomendável que o cristão vote em José Serra?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...