quarta-feira, 1 de junho de 2011

HOMOFOBIA - Movimento ABGLT anuncia queima da Bíblia Sagrada para hoje em Brasília

Agenda LGBT anuncia queima de Bíblia Sagrada
Em site da ABGLT,
ativista gay classifica a Bíblia como um livro homofóbico.
"Em frente a Catedral, nós ativistas LGBT, iremos queimar um exemplar da Bíblia Sagrada. Um livro homofóbico como esse não pode existir em um mundo onde a diversidade é respeitada. Amanhã iremos queimar a homofobia. - COMPAREÇA"
A manifestação está marcada para hoje, 01.06.2011 em Brasília no DF. Com certeza, isso é um contraponto à manifestação que acontecerá também em Brasília, às 15h, contra a aprovação do PL 122/06.

Essa atitude mostra claramente a intenção do PL 122/06 por parte dos ativistas gays, de classificarem a Bíblia como um livro homofóbico. Essa é a maior prova. No meu entender é a verdadeira "prova crime".

Está instalada uma guerra ideológica acerca do assunto. É hora de resistência e atitudes, além de, é claro, orarmos incessantemente acerca do assunto.

6 comentários:

Fábio José Lima disse...

Graça e Paz Pr. Carlos,

Vamos fazer uma comparação, para quem sabe chegar a uma solução.
Todos nós sabemos que os símbolos nacionais: a Bandeira Nacional, o Hino Nacional, as Armas Nacionais e o Selo Nacional, são protegidos pela Lei n.° 5.700/1971, sendo que estes símbolos representam o Estado Brasileiro, ou seja, não posso associar estes símbolos a qualquer outro país do mundo, por esta razão devem ser respeitados e qualquer ato atentatório contra os símbolos nacionais serão passíveis de punição, pois, segundo a mesma Lei 5.7000/1971, art. 35 constitui contravenção penal.
Pois Bem, paralelamente, temos em nosso país a Lei n.° 7.716/1989, que define os crimes de raça e cor, sendo que ela diz no o Art. 1º Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional.
Ora, para nós Evangélicos a Bíblia é nosso símbolo máxima, pois é nosso único livro de fé e prática, sendo que o ato de queimá-la constitui, a meu ver, uma afronta a nossa religião, pois fere, mortalmente a dignidade daquilo em que cremos.
Sendo que a própria Lei n.° 7.716/1989 no Art. 20. Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional.
Pena: reclusão de um a três anos e multa.
E, como eles estão usando a internet, que é um meio de comunicação, ainda se aplica o parágrafo deste artigo citado, que é o seguinte: § 2º Se qualquer dos crimes previstos no caput é cometido por intermédio dos meios de comunicação social ou publicação de qualquer natureza:
Pena: reclusão de dois a cinco anos e multa.
Não sei se me fiz entender, mas acho que devemos nos impor, dentro da Lei, nossa manifestação é pacífica e não estamos lá para ridicularizar ninguém.
Pensem nisso.
Fiquem na Paz.

Jônatas Araújo disse...

Esse é o maior exemplo de que os Homosexuais são intolerantes e querem nos fazer engolir garganta a baixo suas ideologias.
Eles querem igualdade e menos discriminação e discriminam e agem de tal maneira?
Onde estaria o respeito?

Ridiculo.
#Eusoucontrapl122

Marcelo Mitrach disse...

Gostei do Fábio. Simples e direto.

Anônimo disse...

se nos possicionarmos como cristão genuinos seremos respeitados como tal.paz pastor

Nill disse...

Só que os dirigentes do site já emitiram nota dizendo que foram raqueados. Ou seja, até isso vão botar a culpa nos evangélicos.

Reinaldo Carlos da Silva disse...

Com cereza meu irmão, estamos vendo um movimento que quer calar o povo de Deus.

Estamos vendo a omissão de muitos lideres evangélicos a tudo isso: cadê os grandes lideres e até fundadores de igrejas no Brasil, que estão e até são donos de emissoras de TV?

Se fizermos oque estes estão fazendo certamente os projetos de ataques a família serão empurrados guela abaixo.

Deus te abençoe.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...