quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Ana Paula Valadão pede perdão pelo comentário sobre pastores barrigudos

Ana Paula Valadão
Nesta terça-feira (6) a cantora Ana Paula Valadão escreveu em seu blog um PEDIDO DE DESCULPA para todas as pessoas que se sentiram ofendidas com suas palavras durante o culto de mulheres que aconteceu na última quarta-feira de outubro.
Na ocasião ela ministrava sobre os benefícios do jejum,dizendo que não consegue entender como pode ter pastores barrigudos. “Gente, não combina com uma liderança”, disse ela diante de milhares de mulheres que lotavam a sede da Igreja Batista da Lagoinha, em Belo Horizonte.
No blog Ana Paula Valadão diz que se expressou mal e que a obesidade não é nenhum impedimento para que a pessoa exerça um cargo de liderança nas igrejas.
“Quero pedir desculpas às pessoas que se ofenderam com algumas colocações que fiz em um dos cultos de mulheres. Eu me expressei mal. Obesidade não é um impedimento para o exercício da liderança e da espiritualidade”.
Mesmo se desculpando, a líder do Diante do Trono aproveita o momento para reafirmar suas posições a respeito do jejum dizendo que é uma ferramenta essencial para os cristãos, sendo líderes ou não.
“De qualquer forma, continuo acreditando que a prática do jejum, da oração, da leitura da Bíblia e das disciplinas espirituais são fundamentais, não apenas para os líderes, mas, para todos os cristãos”.

Fonte: Gospelprime

4 comentários:

Alexandre Barbosa disse...

Parabéns pastor pelo Blog.

Quem não lembra do comentário de Ana Paula Valadão quando em mais uma infelicidade postou em seu blog um comentário que colocou em check a idoneidade da letra da música "Cem ovelhas" de Oséas de Paula, e na oportunidade o Dr.Francisco Caramuru lhe ensinou que só comenta quem entende, colocando-a em seu lugar. É lamentável que seu pensamento seja tão retrógrado, preconceituoso e sem respaldo bíblico algum. Usar a estética como critério de escolha para o exercício ministerial é lastimável.

Matias Borba disse...

Cada dia mais estranha e praticando infantilidades. cego é quem segue tais conselhos...

Abraços!

ROBSON SILVA disse...

Neste caso, que se dirá dos que sofrem de anorexia, que vivem uma espiritualidade acima da média???

Isso é papo furado dessas patricinhas que vivem uma luta ferrenha contra a balança e fazem regime sob pretesto de jejum, e usam isso como um "crédito espiritual"...

Ah, faça-me o favor, Aninha!!!

Jorge L G Cruz disse...

eu nao faço jejum pra perder peso ou barriga, ja postei sobre glutonaria e hoje eu tenho cuidado na hora de colocar a comida no prato, para nao comer alem da medida.
Se eu operar para tirar a barriga, serei mais espiritual?
vou ficando por aqui.
Paz do Senhor

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...