terça-feira, 25 de junho de 2013

CUBATÃO - Manifesto, vandalismo e caos no centro da cidade

Caos em Cubatão

Os congestionamentos ocasionados pela manifestação no trevo da Rodovia Dom Domênico Rangoni em Cubatão, agora se transformou em um verdadeiro caos no centro da cidade.

Os manifestantes entraram em confronto com a polícia no centro da cidade, queimaram ônibus, depedraram e saquearam lojas na Avenida Nove de Abril.

O comércio está totalmente fechado neste momento, escritórios fechados e a dispersão é geral. Algo jamais visto na cidade.

Seria isso uma manifestação pacífica?

Não discuto aqui a veracidade e a justiça das causas, mas o "modus operandis" da manifestação é absurda.

Segundo as informações veiculadas pela própria imprensa, a manifestação iniciou com um grupo de 30 pessoas, quando fecharam a Via Anchieta. Mesmo que agora já se contabilizem 100 ou 200 manifestantes, não é um número que justifique milhares serem prejudicadas em suas atividades.

Oremos pelo Brasil!

Veja mais fotos do caos no centro de Cubatão aqui:
Face de JANI PEREIRA

Atualização do post - 13,57h

Louvo a Deus pela chuva que cai sobre a cidade neste momento. Providencial para acalmar os ânimos.

5 comentários:

Eliseu Antonio Gomes disse...

Pr. Carlos Roberto.

Acho extremamente importantes manifestações ordeiras. Mas me preocupa não existir uma liderança clara, pois sem ela não há como as reivindicações serem negociadas com os governos criticados. Também, o desprezo pela classe política é preocupante, pois generaliza colocando bons e ruins no mesmo nível, ataca Executivo e Legislado (federal, estaduais e municipais) de maneira simplista demais, e isso desmoraliza a Democracia e o Brasil no exterior.

Abraço.

Carlos Roberto Silva, Pr. disse...

Caro Elizeu Gomes,

Essa falta de liderança e organização, bem como os excessos, tiram o foco dos problemas. Veja bem, do ponto de vista político estão dizendo: Fora Dilma, fora Alckimin e também os prefeitos.
A continuar desse jeito os militares vão achar que a nação está com saudade deles. rsrsr
Parece uma brincadeira, mas foi assim em 64 - Quando os civis nõ conseguem colocar ordem na casa, os militares se apresentam, e isso vira um golpe na democracia. Oremos.

ROBSON SILVA disse...

A quem será que tudo isso beneficia?

Carlos Roberto Silva, Pr. disse...

Caro amigo Robson,

O que disse no meu comentário acima, não é uma afirmação, mas não deixa de ser uma possibilidade.

Vejamos que, com a instalação na Comissão da Verdade, se levantou uma espécie de desmoralização do regime militar, mas agora, bem em cima disso, os civis estão precisando dos militares pra botar ordem na casa. A coisa é séria...

Mateus Emilio Mazzochi disse...

Minha opinião é de que demoramos (nós povo brasileiro) muito tempo para começar uma manifestação nacional, mesmo cansados de tudo o que nos sobreveio durante todo este período posterior ao regime militar, e pós década de 90 com seus "caras-pintadas". Se o país acordou só as urnas ano que vem dirão. Se nossa indignação trará algum resultado prático também não sei afirmar. Mas não posso deixar de ver as manifestações com bons olhos, pois pelo que percebi a imensa maioria dos manifestantes nasceu depois da década de 90 e isso é sinal de que se minha geração se acomodou esta geração, ao menos aparentemente, não se contenta tão facilmente com a política do "pão e circo". Apesar de muitos se aproveitarem da situação para praticar atos de vandalismo, os movimentos são importantíssimos e mesmo sem uma liderança em específico, a opinião pública é poderosíssima. Desculpe o comentário tão extenso. Deus nos abençoe.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...