segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Coreia do Norte executou publicamente 80 pessoas



O regime da Coreia do Norte executou publicamente 80 pessoas em sete cidades do país por delitos menores, como ver filmes da Coreia do Sul, distribuir pornografia ou ter bíblias, noticia hoje o diário sul-coreano Joongang.

As execuções foram levadas a cabo no último dia 03, segundo o jornal, que cita uma fonte anônima "familiarizada com os assuntos internos da Coreia do Norte que visitou recentemente o país".
Segundo a fonte do Joongang, as execuções tiveram lugar num total de sete cidades, incluindo Wonsan, Chongjin e Sariwon, não se tendo registrado casos na capital norte-coreana, Pyongyang.
Visualizar ou contrabandear filmes sul-coreanos, distribuir conteúdos pornográficos, trabalhar na prostituição ou possuir bíblias são os delitos que, segundo a mesma fonte, justificaram as alegadas execuções.
A fonte do diário Joongang cita testemunhas das execuções na cidade de Wonsan (sudeste do país), segundo as quais as autoridades norte-coreanas reuniram dez mil pessoas num estádio para presenciarem o fuzilamento de oito condenados.
No final de agosto, outro diário sul-coreano, o Chosun, noticiou que uma suposta ex-noiva do líder norte-coreano, Kim Jong-un, assim como vários músicos, foram executados por alegadamente produzir e distribuir vídeos pornográficos.
Fonte: RTP
Agradeço ao Pr. José Roberto Melo pelo encaminhamento do link, via e-mail.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...