segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Você é um evangélico panteísta do B?

Galinha satânica
Publico o artigo abaixo, reverberado do Blog Teologia Pentecostal, por concordar plenamente com o tema.

A situação está ficando muito complicada, na verdade uma verdadeira neurose. Já existem cristãos que não comem isso e aquilo porque o produtor daquele alimento é feiticeiro ou o outro dá dízimo para a Igreja do diabo, etc..., quando a Bíblia orienta:

"E, se algum dos infiéis vos convidar, e quiserdes ir, comei de tudo o que se puser diante de vós, sem nada perguntar, por causa da consciência." 1 Coríntios 10:27

É lógico e perfeitamente natural que devemos nos abster de tudo aquilo que claramente prejudica nossa vida espiritual, no entanto, o momento sugere que em tudo se descubra alguma mensagem subliminar ou oculta que possa criar uma polêmica no meio do povo de Deus, e isso já está ficando insustentável.



Galinha Pintadinha é do diabo. A brincadeira da girafa no Facebook é pacto satânico. O Rei Leão faz uma dança de incentivo à homossexualidade. O castelo da pequena Sereia é a representação do órgão sexual masculino e quer incentivar crianças à sexualidade. O maionese Hellmanns significa "homem do inferno". Há uma articulação escondida da Nova Ordem Mundial atrás da mídia, da maçonaria e da ONU para destruir a família cristã. O Obama ou o papa Francisco são as bestas do Apocalipse etc. e tal. 

Bom, tudo isso você já ouviu de alguns evangélicos. Essa cosmovisão é o panteísmo do B, pois vê o diabo como um deus que está em tudo. E pior: atribui a esse deus um poder inclusive de pactuação involuntária. Um deus arbitrário e todo-poderoso, capaz de romper a própria liberdade humana. Não seria exagero dizer que para alguns evangélicos o diabo é tão poderoso quanto Deus, ou até mais. É uma mistura de panteísmo com maniqueísmo. 

Isso não é cristianismo. É paganismo. Portanto, fuja dessa mentalidade doente. E estou com um sentimento de "vergonha alheia" ao saber que é um assembleiano o divulgador do suposto "pacto oculto com satã mediante a brincadeira da girafa". É muita ignorância para pouco espaço. O panteísmo do B esquece que "do SENHOR é a terra e a sua plenitude, o mundo e aqueles que nele habitam" [Salmos 24.1]. 

E para encerrar não custa lembrar a velha e conhecida observação de C. S. Lewis:

Há dois erros idênticos e opostos nos quais nossa espécie pode cair acerca dos demônios. Um é não acreditar em sua existência. O outro é acreditar e nutrir um interesse excessivo e doentio neles. Os próprios diabos ficam igualmente satisfeitos com ambos os erros e saúdam o materialista ou o mágico com o mesmo deleite. [LEWIS, C. S. Cartas de um diabo a seu aprendiz. 1 ed. São Paulo: Editora Martins Fontes, 2009. p 4.]

Fonte: Teologia Pentecostal

Leia mais:

Pacto Involuntário? por Norma Braga

Aos galinhopintadinhólogos de plantão! por Ciro Sanches Zibordi

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...