segunda-feira, 4 de agosto de 2014

"Templo de Salomão" da Igreja Universal - insulto ao cristianismo

Templo de Salomão - IURD

1. Não existe nem poderá existir "Templo de Salomão" algum desde 587 aC, quando o Templo do Senhor, construído pelo Rei Salomão, foi incendiado pelos babilônios. Este era o chamado Primeiro Templo dos judeus.

2. Nem mesmo no tempo de Jesus havia um "Templo de Salomão". Havia sim, o Segundo Templo, construído pelos judeus que voltaram do Exílio de Babilônia entre 537-515 aC. Foi nesse Templo, reformado, ampliado e embelezado por Herodes Magno, que Jesus nosso Senhor pregou. Foi sobre esse Templo que Ele afirmou tratar-se de uma imagem Dele próprio, morto e ressuscitado: "Destruí este Templo e em três dias Eu o edificarei!".

3. O Templo de Salomão em si não tem significado algum para o cristianismo. Também não pode ser reconstruído, pois já não seria o Templo "de Salomão", mas de outra qualquer pessoa! O que se construiu em São Paulo foi um "Edifício do Edir Macedo", nem mais nem menos...

4. Quanto ao Templo dos judeus, somente pode ser construído sobre o Monte do Templo, chamado Monte Moriá, em Jerusalém. Os judeus nunca reconstruíram o seu Templo por isso: porque ali já estão erguidas duas mesquitas muçulmanas...

5. Os cristãos jamais poderão ou deverão reconstruir Templo judaico algum! Isto é negar Nosso Senhor Jesus Cristo, é voltar ao Antigo Testamento! O Segundo Templo era imagem do Corpo do Senhor. Ele mesmo o declarou. Aqui coloco de modo explicado o que Jesus quis dizer: "Vós estais destruindo este Templo! Podeis destruí-lo; ele já cumpriu sua função de figura, de lugar de encontro de Deus com os homens! O verdadeiro Templo é Meu corpo imolado e ressuscitado! Vós destruireis o Meu corpo como estais destruindo este Templo! Mas, dentro de três dias Eu o ressuscitarei, edificando o verdadeiro Templo, lugar de encontro entre Deus e o homem: o Meu corpo, que é a Igreja!"

6. Arca, sacrifícios antigos, utensílios do antigo Templo, já não têm sentido algum no cristianismo. Mais ainda: não passam de pura e vazia falsificação que ofendem a resta consciência cristã e desrespeitam os judeus, imitando de modo grosseiro e falseando de modo superficial o real significado dos seus símbolos religiosos.

Conclusão: É uma pena ver como o charlatanismo, a ignorância, o grotesco prosperam em certas expressões heterodoxas de cristianismo... E tudo por conta do tripudio sobre a ignorância e falta de bom senso de toda uma população insensata. Só isto.

Por Dom Henrique Soares da Costa
Bispo da Diocese de Palmares-PE


Meu comentário:

Em que pese o artigo seja da lavra de um Bispo católico e este blogueiro um pastor evangélico, publico a matéria justamente por concordar plenamente com a linha de raciocínio.

Por outro lado, em que pese seja a referida obra um ponto turístico de destaque para a cidade de São Paulo, a motivação é um verdadeiro desserviço ao cristianismo. Diria um famoso humorista que já se foi: "É isso que enfraquece".

Para os católicos que, via de regra, colocam todos os evangélicos no balaio das seitas e do charlatanismo, finda sendo um "prato cheio".

A IURD, na sua volúpia proselitista de envolver as massas, navega pela teologia da prosperidade, todo tipo de sincretismo religioso,  passando por imitações híbridas do catolicismo, espiritismo e, agora apela para o judaísmo, isso sem falar no apoio declarado do seu líder maior, o Bispo Edir Macedo, ao aborto.

Na verdade, esse povo não tem mesmo como falar de Jesus, nem do Calvário, nem da cruz e, muito menos do céu. É lamentável que a referida igreja seja considerada por muitos, bem como pelas estatísticas, como evangélica.

Oremos!

Pr. Carlos Roberto Silva

3 comentários:

sillermo disse...

Estou de pleno acordo com o comentário do bispo. Que triste ver que existem "cristãos" que fazem esse tipo de coisa. Realmente é um insulto ao cristianismo. O melhor, é anular o sacrifício de Jesus, porque o templo deixou de ser o lugar de adoração, Jo 4.23,24. Esse são os que se aproveitam dos que tem falra de conhecimento bíblico e estão a busca de emoções. Lamento por ele. Pobre Brasil.

Newton Carpintero, pr. e servo. disse...

Caro amigo pr. Carlos Roberto,

Paz amado!

São Paulo ganhou um novo ponto turístico e um grande momento para espalhar o Evangelho, quando todos os pastores que seguem a verdade proclamarem a GRANDE mentira lavrada por este sórdido meliante do Evangelho com Simplicidade.

Reconheci Jesus Cristo como o meu Salvador no ano de 1976, e com pouca experiência na vida cristã, percebi de imediato, dois anos depois, a carnificina que viria nos próximos anos.

Era dirigente em um culto residencial, congregação da igreja na qual fazia parte, e quando membros da IURD, nos visitavam, era como que impressionante: Caiam com demônios, e eram libertos.

Era eu agredido em palavras por irmãos de várias denominações, quando afirmava com certeza total total que a IURD era uma falsa igreja.

Passados todos estes anos e depois de grandes pregadores terem apoiado a este cético, encontramos a sua loucura sendo despontada com grande envergadura aoas cegos e sedentos de prosperidade, serem visitados com o pomposo prédio que estampa na sua frente em letras garrafais: Mentira e ABOMINAÇÃO diante de Deus.

O Senhor seja contigo,

O menor dos seus irmãos para serví-lo quando queiras e da melhor forma possível.

Newton Carpintero, pr. e servo. disse...

Caro amigo pr. Carlos Roberto,

Paz amado!

São Paulo ganhou um novo ponto turístico e um grande momento para espalhar o Evangelho, quando todos os pastores que seguem a verdade proclamarem a GRANDE mentira lavrada por este sórdido meliante do Evangelho com Simplicidade.

Reconheci Jesus Cristo como o meu Salvador no ano de 1976, e com pouca experiência na vida cristã, percebi de imediato, dois anos depois, a carnificina que viria nos próximos anos.

Era dirigente em um culto residencial, congregação da igreja na qual fazia parte, e quando membros da IURD, nos visitavam, era como que impressionante: Caiam com demônios, e eram libertos.

Era eu agredido em palavras por irmãos de várias denominações, quando afirmava com certeza total total que a IURD era uma falsa igreja.

Passados todos estes anos e depois de grandes pregadores terem apoiado a este cético, encontramos a sua loucura sendo despontada com grande envergadura aoas cegos e sedentos de prosperidade, serem visitados com o pomposo prédio que estampa na sua frente em letras garrafais: Mentira e ABOMINAÇÃO diante de Deus.

O Senhor seja contigo,

O menor dos seus irmãos para serví-lo quando queiras e da melhor forma possível.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...