quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Bonie - Morreu nosso cãozinho de estimação



Bonie foi por 15 anos nosso cãozinho de estimação. Veio da cidade de Limeira com apenas alguns dias de nascido, doado à nossa família pelo casal, irmã Quitéria e irmão Sebastião.

Bonie, da raça poodle, se tornou o mascote da casa, recebendo a todos os visitantes com alegria e sempre nos proporcionando carinho e fidelidade como é peculiar as cães.

Por causa dele, adquirimos a cadelinha Mila para ser sua companheira, os quais deram como sua cria a Mel, que continua sendo uma alegria lá em casa.

Já na velhice, Bonie foi acometido de uma doença degenerativa sempre com tratamento de uso contínuo, no entanto nos últimos dias o aceleramento da doença fez com que ele fosse internado. 

Ontem, às 22h, após uma parada cardíaca, os médicos conseguiram reanimá-lo, mas logo em seguida veio a falecer.

Todos estamos tristes, mas Sarah Virgínia minha esposa muito mais, pois Bonie não se afastava dela por nada. Todos meus sobrinhos cresceram brincando com ele, mas enfim cumpriu o seu papel.

Fica a saudade de um cãozinho de estimação muito amigo que fez parte da nossa família.

Essa é a comunicação a todos nossos irmãos e amigos que se encantavam com ele e também nossa homenagem!



7 comentários:

Pastor Geremias Couto disse...

Já passamos por essa experiência com o noso Joy, um São Bernardo de estimação. zeles nos tratam com fidelidade e cativam o nosso coração. Afinal, foi Deus quem os criou para o nosso bem. Temos muito a aprender com eles. Partilho dos sentimentos.

Otavio Guerd disse...

sei como é perder essas criaturinhas de Deus. O nosso morreu dia 12 (dia da criança)... um infarto fulminante levou ele... foi umas 2 semanas de muita dor! A GENTE LEMBRA DO OLHAR E DA PUREZA, que é único! Meus sentimentos, Pastor!

Otavio Guerd disse...

sei como é perder essas criaturinhas de Deus. O nosso morreu dia 12 (dia da criança)... um infarto fulminante levou ele... foi umas 2 semanas de muita dor! A GENTE LEMBRA DO OLHAR E DA PUREZA, que é único! Meus sentimentos, Pastor!

Otavio Guerd disse...

sei como é perder essas criaturinhas de Deus. O nosso morreu dia 12 (dia da criança)... um infarto fulminante levou ele... foi umas 2 semanas de muita dor! A GENTE LEMBRA DO OLHAR E DA PUREZA, que é único! Meus sentimentos, Pastor!

Carlos Roberto Silva, Pr. disse...

Caro amigo e pastor Geremias Couto,

Grato pelas condolências. Esse tipo de relação é pra gente de sensibilidade.

Um grande abraço,

Carlos Roberto Silva, Pr. disse...

Caro Otávio Guerd

Grato pela visita, bem como por compartilhar conosco este momento de tristeza.

Saúde & Paz!

Roselane Calhelha disse...

Pastor, passei lá no blogue ontem e deixei um comentário, mas estava no celular e antes que eu pudesse publicar, quando fui visualizar, desapareceu. Por isso, estou passando aqui hoje para deixar os meus sinceros sentimentos. Entendo bem o que vocês estão passando, pois já passamos por isso em nossa casa também. Já perdemos uma cachorrinha muito amada, a Nicole, e também há pouco passamos por isso novamente com o nosso gato Sylvester. Só quem tem essas criaturinhas especiais que são como membros da família pode entender esse sentimento. São especiais, e creio que o Senhor os deu a nós para abençoar as nossas vidas com amor, companhia e muito carinho. Que Deus console o coração de todos nesse momento. Um grande abraço fraterno a todos.

Via Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...