sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

"norte-americanos estão vivenciando guerra contra o Natal", segundo Franklin Graham

Franklin Graham

Os Estados Unidos estão passando por uma "guerra contra o Natal", de acordo com Franklin Graham.
Escrevendo para a revista Decision de dezembro, o líder evangélico e fundador da agência missionária Samaritan´s Purse disse que nas últimas décadas os EUA "têm assistido a um aumento hostilidade para com a natureza sagrada do Natal".
Ele continuou: "Lojas, escolas e comunidades em toda a América do norte continuam a encontrar novas razões intolerantes para remover todas as referências religiosas do Natal, retirando-lhe qualquer significado sagrado ou histórico das músicas cristãs, orações e outras conexões espiritualmente vitais do Senhor Jesus Cristo".
Ele citou casos em todo o país, nos quais as autoridades haviam retirado os símbolos cristãos ou remarcado as férias de Natal, alegando que no condado de Ramsey, Minnesota (EUA) o tribunal proibiu as "poinsettias" vermelhas (flores vindas do México) e que a cidade de Pittsburgh que se refere às férias de Natal como "Dias de Faísca".
Graham concluiu que "na sua raiz e essência, a guerra contra Natal não se foca apenas nas festas, mas em tudo que se refere ao Filho de Deus. A guerra contra o Natal é uma guerra contra Cristo e seus seguidores".
Ele se referiu também a profecias de perseguição nos "últimos dias", dizendo: "Nós não devemos ser tomados de surpresa, então, quando um dia que deveria ser dedicado a meditar sobre o nascimento maravilhoso, do Senhor Jesus Cristo é tratado de uma forma escandalosamente secular, que nega a Sua divindade".
No entanto, ele diz: "A guerra contra o Natal e contra Cristo está fadada ao fracasso. Cristo veio a primeira vez para nos salvar dos nossos pecados e Ele está vindo pela segunda vez para estabelecer Seu reino para sempre sob seu reinado justo".
Fonte: CPADNews

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...