segunda-feira, 30 de março de 2015

Igreja Presbiteriana dos EUA anuncia ordenação do primeiro casal gay ao ministério pastoral


A Igreja Presbiteriana nos Estados Unidos irá ordenar ao pastorado o primeiro casal homossexual da história, dias após a mudança estatutária da denominação passar a permitir o casamento entre pessoas do mesmo sexo.
Holly e Kaci Clark-Porter serão ordenadas ao ministério pastoral em uma cerimônia na First & Central Presbiterian Church, da cidade de Wilmington, no estado de Delaware, no próximo domingo, 29 de março, segundo informações do Christian Post.
Casadas há três anos, Holly e Kaci formam o primeiro casal homossexual a ser ordenado em conjunto pela Igreja Presbiteriana dos Estados Unidos (PCUSA), a maior convenção de igrejas presbiterianas do país.
As duas pastoras foram criadas em famílias conservadoras, tiveram um casamento heterossexual, mas depois se divorciaram durante o seminário. “Quando comecei a servir aqui na First & Central eu senti que realmente me tornei uma pastora, e que eu era realmente capaz de cuidar de pessoas. Eu finalmente comecei a me importar comigo, e esta comunidade cuidou de mim e me aceitou, e aceitou a minha relação com Holly totalmente”, disse Clark-Porter, que agora será uma pastora auxiliar da congregação que freqüenta.
Já sua esposa, Holly, será a pastora titular da Gay Big Church, uma congregação filiada da First & Central e voltada ao público homossexual.

Igreja Presbiteriana do Brasil

A convenção PCUSA, que acaba de aceitar o casamento gay e a ordenação de homossexuais casados para o ministério pastoral, é uma denominação que não mantém vínculos com a Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB).
De acordo com o reverendo Augustus Nicodemus Lopes, vice-presidente do Supremo Concílio da IPB, “a Igreja Presbiteriana do Brasil não tem nenhum relacionamento com esta ‘igreja’ americana, da qual se desligou faz décadas por causa das posturas liberais da mesma, muito antes dela aprovar o casamento gay”.
Em seu blog O Tempora, O Mores, Nicodemus destacou que a IPB é uma denominação “conservadora”, e que o que está havendo nos Estados Unidos é a “a adequação da constituição da PCUSA à prática já em vigor”, pois os “pastores desta denominação (que para nós é apóstata) já estavam autorizados a realizar casamentos entre pessoas do mesmo sexo faz já algum tempo“A PCUSA é uma denominação liberal que já abandonou faz tempo os principais pontos da Reforma, como a autoridade e infalibilidade das Escrituras […] Muitos não sabem que o termo ‘presbiteriana’ define apenas um sistema de governo, não uma teologia. A rigor, uma igreja presbiteriana é aquela que é governada por presbíteros. Assim, há igrejas que se dizem presbiterianas mas que são renovadas ou de linha pentecostal. No caso da PCUSA, é uma igreja governada por presbíteros e que adota uma teologia liberal”, concluiu.
Texto de Tiago Chagas
Fonte: Gospelmais

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...