quinta-feira, 5 de março de 2015

O que você fará no dia 15 de março?


Por: Pr. Claudionor de Andrade

Sim, o que você fará no dia 15 de março? Quanto a mim, não sairei às ruas a protestar, mas entrarei no meu quarto a orar e a interceder por meu país. Não sou contrário aos protestos. Mas, como haverá muitas vozes gritando palavras de ordem, reservar-me-ei à ordenança do Mestre: “Orai sem cessar”. Ninguém me ouvirá a voz. O Senhor, todavia, haverá de atentar a cada gesto emudecido meu.

O que você fará no dia 15 de março? Exigirá o impedimento da presidente? Quanto a mim, rogarei a Deus que lhe desimpeça o caminho, para que ela cumpra fielmente as suas promessas de campanha, rearranja o governo e faça o que deve ser feito. Sei que lhe será nada fácil; nada fazer, porém, ser-lhe-á muito difícil. Por isso, não sairei às ruas a protestar, mas entrarei no meu quarto a orar e a rogar pela minha nação.

O que você fará no dia 15 de março? Distenderá faixas e cartazes, mostrando os erros e desencontros do governo? Os erros e desencontros, a presidente conhece-os muito bem. Neste momento, todavia, ela carece que Deus lhe ilumine os acertos e inspire-lhe, urgentemente, um reencontro com o bem comum. Por isso, não sairei às ruas a protestar, mas entrarei no meu quarto a orar e a clamar em favor da gente brasileira.

O que você fará no dia 15 de março? Pichará paredes e muros, denunciando a falta de ética na máquina administrativa? Ora, se a economia estivesse bem, estaríamos nós preocupados com a moralidade pública? Privadamente, estaríamos a consumir sem qualquer preocupação com o próximo. Por isso, não sairei às ruas a protestar, mas entrarei no meu quarto a rogar a Deus que nos dê o senso da justiça e a ocasião da verdade.

O que você fará no dia 15 de março? Cercará palácios e câmaras, demandando transparência no trato com o erário nacional? Lembre-se: nós também somos responsáveis pelo rombo dos cofres públicos. Se tivéssemos votado com mais critério, teríamos escolhido os melhores entre os melhores. Mas, engodados por ideologias malsãs, fizemos do país um mundo pior. Por isso, não sairei às ruas a protestar, mas entrarei no meu quarto a implorar a Deus, que nos faça mais sábios nas próximas eleições.

O que você fará no dia 15 de março? Sairá às ruas a protestar? É lícito protestar, mas nem sempre conveniente. Nessas ocasiões, o povo faz-se turba. Daí em diante, tudo pode acontecer. Tumulto, confrontos, pancadarias e até mortes. Em meio às manifestações, imiscuem-se baderneiros profissionais, cujo único objetivo é deslegitimar a voz do povo. Por isso, não sairei às ruas a protestar, mas entrarei no meu quarto a orar, a fim de que Deus intervenha em meu país.

Enfim, o que você fará no dia 15 de março? Não sou contra o protesto, pois a situação do Brasil não é apenas ruim; é para lá de crítica. Nunca, na história deste país, tantos males foram provocados por tão poucos. Mesmo assim, não sairei às ruas a protestar, mas entrarei no meu quarto a orar em favor desta nação ainda prenhe de esperança. A votar eu saí, como também saíram milhões de brasileiros a escolher seus representantes. E, como fruto de nossas escolhas, amarguramo-nos.

Orar? Sim, orar é preciso; protestar nem sempre é preciso. Afinal, a oração de um único justo muito pode em seus efeitos.

Claudionor de Andrade é Consultor Teológico da CPAD, membro da Casa de Letras Emílio Conde, teólogo, conferencista, Comentarista das Revistas Lições Bíblicas da CPAD, apresentador do programa radiofônico “O Som da Profecia” da Rádio CPAD FM 96.1 em João Pessoa (PB), e autor dos livros “As Verdades Centrais da Fé Cristã”, “Manual do Conselheiro Cristão”, “Teologia da Educação Cristã”, “Manual do Superintendente da Escola Dominical”, “Dicionário Teológico”, “As Disciplinas da Vida Cristã”, “Jeremias – O Profeta da Esperança”, “Geografia Bíblica”, “História de Jerusalém”, “Fundamentos Bíblicos de um Autêntico Avivamento”, “Merecem Confiança as Profecias?”, “Comentário Bíblico de Judas”, “Dicionário Bíblico das Profecias” e “Comentário Bíblico de Jó”, dentre outros títulos da CPAD.

Fonte: CPADNews

2 comentários:

Ramiro Machado disse...

Dia 15 de março:
EBD, almoço, trabalhar no meu seminário de Apologética, orar e a noite Culto Evangelístico na minha Igreja. O resto eu deixo para Deus que é quem melhor sabe governar.

Mendes disse...

Como sempre o Pr Claudionor de Andrade cheio de sabedoria.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...